Perda óssea: Compreenda mais sobre a osteopenia.

osteopenia

Osteopenia é o termo médico usado para designar a baixa densidade óssea.

O diagnóstico indica que o paciente pode estar em risco de desenvolver uma forma mais grave de enfraquecimento dos ossos, a osteoporose, informa a Fundação Nacional da Osteoporose.

Caso você já sofra de osteopenia, é hora de proteger ainda mais seus ossos contra o enfraquecimento. Quanto mais baixa a densidade óssea, maior o risco de sofrer uma fratura.

A fundação sugere realizar exercícios de peso, ingerir bastante cálcio e vitamina D, limitar o consumo de álcool e evitar o fumo.

Cuide da sua saúde bucal com uma clínica odontológica especializada e presente em mais de oito países. Conheça a Clínica Branemark Center. 
www.branemark.com.br

Algumas pessoas que sofrem de osteopenia podem precisar de medicações para estabilizar ou reverter a perda de massa óssea. Talvez seja também necessário realizar consultas médicas e exames de densitrometria óssea com mais frequência.

Consulte seu médico sobre o que pode ser recomendado para o seu caso.

Fonte: iG Saúde

Fisioterapia pode ajudar a aliviar os sintomas de bruxismo

bruxismo

O bruxismo, ato de apertar ou ranger os dentes, tem sintomas bastante desagradáveis, como fortes dores nos músculos da mastigação, pescoço e cabeça, além de alterações no sono e na saúde bucal.  Mas, de uns tempos para cá, a fisioterapia tem sido citada como forma alternativa de lidar com o problema, para relaxar a musculatura da face e melhorar os movimentos da mandíbula.

Apesar de não ter causa específica, fatores psicológicos influenciam muito no aparecimento dessa condição. E é aí que a fisioterapia entra, para aliviar a tensão muscular causada pelo ato de ranger os dentes. Através de massagens, auto relaxamento, luz infravermelha, tratamentos com correntes elétricas, ultrassom ou compressas é possivel trazer alívio às tensões.

CLÍNICA BRANEMARK CENTER, ESPECIALIZADA NO QUE HÁ DE MELHOR EM TRATAMENTOS ODONTOLÓGICOS PARA A SUA SAÚDE BUCAL.

www.branemark.com.br

Com as sessões de fisioterapia alguns problemas decorrentes do bruxismo – desgaste dental, retrações de gengiva, quebra de dentes, problemas periodontais, movimentações dentárias e problemas musculares e posturais – podem ser aliviados e até evitados.

Porém, é importante a cooperação de quem sofre com o problema. Muitas vezes é necessária uma mudança de hábitos e comportamentos. Uma combinação de tratamentos com fisioterapia, psicologia e odontologia demanda muita confiança mas traz resultados excepcionais.

Acupuntura também ajuda
Já a acupuntura tem como objetivo buscar o equilíbrio do corpo. Para isso, são feitas aplicações de agulhas (estímulos) na pele em pontos específicos de canais energéticos. Alguns estudos mostram que ela diminui o nível de atividade muscular reduzindo os sinais e sintomas dessa doença.

Cuidados com a sua gengiva

cuidados com a gengiva

As gengivas são estruturas essenciais para a estética e a saúde do seu sorriso. Além de servirem como um apoio para os dentes elas protegem a raiz. Mas, alguns descuidos podem fazer com que  as gengivas sofram inflamações, também chamadas de gengivites. Veja alguns cuidados para quem quer proteger as suas gengivas.

Continuar lendo Cuidados com a sua gengiva

Dia Mundial de Combate a Hepatite: A hepatite e a saúde bucal

hepatiteC-saudebucal

Hoje é o Dia Mundial de Combate a Hepatite, data instaurada pela Organização mundial da saúde como conscientização e incentivo ao combate das hepatites em suas diferentes formas, mas principalmente as do tipo viral.

A hepatite, mais particularmente a hepatite C, vem sendo associada com a piora da condição de saúde bucal de pacientes infectados com a doença. Esses pacientes apresentam problemas não apenas relacionados com a saúde dos seus dentes e boca, mas também com sua qualidade de vida na sua relutância em interagir com outras pessoas em um convívio social normal por conta de sua saúde bucal.

O que é Hepatite?

Antes de continuar a discutir o estado da saúde bucal das pessoas com hepatite, vamos primeiro entender o que é  a hepatite, especialmente hepatite do tipo C. Hepatite é o termo geral utilizado para descrever uma inflamação ou infecção do fígado. A variação mais comum é a hepatite C. A hepatite C é causada por um vírus (VHC ou vírus da hepatite C) que infecta o fígado.

Muita gente não está ciente da infecção e podem possuir o vírus, isso se dá por conta da falta de sintomas ou a infecção leve. Pode demorar anos para que os sintomas comecem a aparecer e quando isso acontece, significa que o fígado já está muito danificado.

Mapa-Hepatite

Mapa Hepatite

CUIDE DA SAÚDE DO SEU SORRISO E TENHA UMA VIDA COM 
MAIS CONFIANÇA E AUTO-ESTIMA. 
CLÍNICA ODONTOLÓGICA BRANEMARK CENTER. 
www.branemark.com.br

Causas

Existem várias causas de hepatite C, as formas em que uma pessoa pode adquirir a infecção. Os mais comuns:

1. A maioria das infecções da hepatite C é causada por agulhas infectadas. Os que têm maior probabilidade de infecção são de agulhas utilizadas na administração de drogas ilícitas e também as agulhas utilizadas para a tatuagem.

2. A transfusão de sangue também é uma causa provável, mas isso tem se tornado mais raras especialmente desde 1992, quando os testes foram finalmente desenvolvidos para indicar infecção por hepatite C no sangue dos doadores.

3. Outras causas prováveis são através de relações sexuais e uma mãe grávida com hepatite C transferir a infecção para o feto. Estes dois últimos são menos comuns do que de transfusões de sangue e agulhas.

Saúde Bucal

Fatores entre saúde bucal e hepatite C

Agora, na relação entre hepatite C e de saúde bucal de pacientes infectados, essas pessoas são mais propensas a ter cáries e outras anomalias dentárias. Os dentes estragados causam grande perda de auto-estima em pacientes com hepatite C. Geralmente eles estão desconfortáveis com a sua aparência e preferem não interagir com outras pessoas. As queixas mais comuns de saúde bucal desses pacientes são a dor, dor de dente crônica na boca, especialmente com as gengivas e dificuldade em relaxar, devido à dor.

Fonte: CulturaMix

Uma alimentação ruim compromete a saúde dos dentes


O que é uma nutrição adequada?

Nutrição adequada é a ingestão de uma dieta equilibrada para que seu corpo possa assimilar os nutrientes necessários para uma boa saúde. A cada dia, o corpo humano se renova, isto é, renova seus músculos, sua matéria óssea, sua pele e seu sangue. As substâncias que você ingere são a base para a formação destes novos tecidos. Se sua dieta contiver poucos nutrientes essenciais ao corpo, consequentemente sua boca estará mais vulnerável a infecções. Quando uma criança não se alimenta corretamente, seus dentes podem não se desenvolver de maneira adequada. Para ter dentes fortes e resistentes à formação de cáries, a criança precisa de uma dieta rica em cálcio, fósforo e flúor.

Quais são os diferentes tipos de nutrientes?

Uma boa alimentação deve conter os seguintes nutrientes:

– Carboidratos;
– Ácidos graxos essenciais (contidos em produtos gordurosos);
– Aminoácidos (encontrados nas proteínas);
– Quinze vitaminas;
– Cerca de vinte e cinco minerais;
– Água

Como o nosso corpo não pode fabricar todos nutrientes de que precisamos, principalmente certas vitaminas, precisamos obtê-los dos alimentos e suplementos alimentares que ingerimos. O Ministério da Agricultura Americana recomenda à população em geral a ingerir diariamente:

– 6 a 11 porções de pão e cereais;
– 3 a 5 porções de verduras;
– 2 a 4 porções de frutas;
– 2 a 3 porções de produtos derivados do leite;
– 2 a 3 porções de carne, aves, peixe, ovos, feijão ou nozes

Por que é importante ter uma alimentação correta?

Uma alimentação incorreta pode causar gengivite e cáries. Os alimentos que têm elevado teor de carboidratos, açúcares e amidos contribuem muito para a produção dos ácidos que formam a placa bacteriana que ataca o esmalte dos dentes. Com o passar do tempo, esses ácidos destroem o esmalte, formando a cárie.

Caso tenha que ingerir produtos com muito açúcar ou amido, consuma-os durante as refeições e não entre refeições. Evite alimentos que grudem nos dentes, pois eles podem aumentar a formação da placa bacteriana. A maior parte dos alimentos já tem ingredientes que produzem ácidos. Por isso, quanto menos você expuser seus dentes a esses ingredientes menor força terão os ácidos da placa bacteriana de atacarem o esmalte. Um aspecto positivo é o fato da produção de saliva aumentar durante as refeições, removendo os detritos alimentares da boca.

PROCURANDO UMA CLINICA ESPECIALIZADA EM IMPLANTES DENTÁRIOS EM SANTOS OU SÃO PAULO?
SAIBA MAIS


Fonte: iG

Escovar os dentes com força pode causar hipersensibilidade

escovando-os-dentes-com-força-500x322

Quem sofre com a sensibilidade dental sabe que essa sensação chata vem na forma de uma dor curta e aguda assim que o dente entra em contato com algum alimento muito quente, gelado ou ácido. Porém, se não for tratada com procedimentos ou produtos certos, essa dor pode se tornar forte e contínua, causando um desconforto físico e psicológico.

A sensibilidade dentária acontece quando a superfície do dente se desgasta ou quando há a retração gengival.

Isso pode  surgir a partir de hábitos do dia-a-dia. A retração gengival pode acontecer pelo excesso de força que a pessoa usa ao escovar seus dentes. Bebidas ácidas, por sua vez, têm o poder de causar erosão do esmalte dentário e a exposição da dentina.

Problemas bucais sem o devido tratamento, como bruxismo, cárie profunda, gengivite, ou até mesmo um dente quebrado ou lascado podem causar a retração gengival ou expor a dentina (parte interna do dente que protege o nervo) e provocar a sensibilidade.

Alguns tratamentos odontológicos também podem ser responsáveis por essa sensação. O clareamento dental quando há o uso de substâncias agressivas, a limpeza profunda feita no consultório ou a restauração dentária também podem deixar o esmalte do dente mais fino, diminuindo sua proteção, ou retrair a gengiva, expondo o nervo.

 

PARA MANTER A SUA SAÚDE BUCAL EM DIA, PROCURE UMA CLÍNICA ODONTOLÓGICA ESPECIALIZADA NOS MELHORES TRATAMENTOS, COM TECNOLOGIA DE PONTA E UMA ESTRUTURA DEDICADA AO PACIENTE. CLÍNICA BRANEMARK CENTER.
www.branemark.com.br 

 

PEQUENAS MUDANÇAS CONTRA A SENSIBILIDADE

 

O melhor tratamento depende do diagnóstico correto do seu problema e de sua causa. Geralmente isso envolve diversos fatores. Mas, na maioria dos casos, as mudanças nos hábitos podem ajudar. Uma escova mais macia, outra técnica de escovação e um creme dental com mais fluor pode ajudar no alívio dos sintomas.

dentes-sensiveis-500x354

Hipersensibilidade nos dentes é um problema incômodo que pode significar um problema maior na sua saúde bucal.

 

Algumas pastas de dentes especiais podem ajudar na manutenção diária do problema.

Elas formam uma espécie de barreira mecânica protegendo a dentina exposta e diminuindo a dor. Porém esse efeito é temporário.

Se você já sofre com a hipersensibilidade deve evitar as que possuem efeito clareador. Elas possuem substâncias na sua composição que acentuam a sensação de sensibilidade.

Já no consultório, o cirurgião-dentista poderá determinar um plano de tratamento mais completo, com aplicações de verniz de flúor, restauração nas áreas de dentina exposta ou realizar aplicações de laser no local.

O uso do laser é considerado uma ótima forma de auxílio terapêutico, já que atua no tratamento da inflamação local, na regeneração dos tecidos e na nova formação de uma dentina secundária, promovendo alívio.

 

Fonte: Terra

O estado da boca e sua importância para a aparência física

aimportancia da boca

Padrões de beleza variam de cultura para cultura, mas a maioria das pessoas valoriza muito mais características faciais bem equilibradas, principalmente na região da boca. A boca é um foco de atenção porque nós consistentemente comunicamos e expressamos nossos sentimentos através dela. A maioria das pessoas está muito consciente sobre a aparência dos dentes, muito embora esta percepção possa ser subconsciente.

Num estudo de 75 crianças, com idade entre 9 e 14 anos, cada uma delas foi mostrado fotografias faciais que variavam desde dentes protruídos como coelhinhos, mandíbulas retraídas por falta de crescimento, até sorrisos ideais, onde os dentes se encaixavam apropriadamente. Foi pedido para cada criança selecionar um desenho que se parecia com ele ou ela. Invariavelmente, a fotografia da criança com uma mordida ou sorriso ideal foi escolhida.

Em outro estudo de crianças com menos de 8 anos foi mostrado uma série de fotografias de pessoas mutiladas, algumas sem braços, ou sem pernas, outras sem orelhas, ou cegos, ou sem dedos, e também pessoas com fendas labiais e/ou palatinas. Foi perguntado às crianças quais das situações seria a mais difícil para se conviver. Quase a maioria delas escolheu a fotografia das pessoas com fendas labiais e/ou palatinas, mostrando assim a percepção que até mesmo as crianças têm com aparência facial.

A necessidade de aceitação é algo que nunca é superada. Um adulto ou uma criança que não se sente atraente devido aos dentes tortos ou arcadas desalinhadas podem tornar-se inibidos, acanhados, constrangidos, envergonhados e preocupados com sua aparência. Ela ou ela podem muitas vezes cobrir a boca durante uma conversa ou dando risadas, sorrir pouco, ou mesmo tentam esconder ou mascarar seu perfil.

PROCURANDO UMA CLINICA ESPECIALIZADA EM IMPLANTES DENTÁRIOS EM SANTOS OU SÃO PAULO?
SAIBA MAIS

Além de melhorar a saúde bucal, ortodontia é um caminho para melhorar a fisionomia e a auto-estima de uma pessoa. O tratamento ortodôntico pode dar a uma pessoa a sensação de controle, pois proporciona uma oportunidade de participar na melhoria da aparência das pessoas. Aumento na autoconfiança é observado quase sempre antes do tratamento ter sido completo. Uma aparência melhorada através do tratamento ortodôntico pode melhorar enormemente a auto-estima das pessoas, e melhorando a auto-estima pode definitivamente melhorar a qualidade de vida.

 

Fonte: Jornal do Oeste

Arte e cultura para o fim de semana 24, 25 e 26 de julho

24,25 e 26 de julho
Confira algumas dicas para aproveitar o final de semana em São Paulo. 
arnaldo-antunes

Arnaldo Antunes

As músicas Muito Muito Pouco, Sou Volúvel e Ela É Tarja Preta, que compõem o álbum Disco (2013), dividem espaço no repertório com canções de outras fases da trajetória do cantor e compositor em um show diferente dos que ele andava fazendo. Acompanhado apenas de dois músicos, Arnaldo Antunes mostra novas sonoridades para essas faixas e para os clássicos que marcaram sua carreira, como O Pulso, Não Vou Me Adaptar e Essa Mulher.

Centro Cultural da Juventude – Ruth Cardoso
Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 (ao lado do terminal Cachoeirinha) – Limão – São Paulo – SP
as-mocas-do-arcozelo
Cândido Portinari
Assim que retornou da Europa, em 1931, Portinari participou, a convite do arquiteto Lucio Costa, de uma provocante exposição de ares modernistas, o Salão Revolucionário. Apresentou na ocasião dezessete obras. O evento, realizado no Rio de Janeiro, serve como ponto de partida da mostra Portinari e a Poética da Modernidade Brasileira, organizada por Denise Mattar. São 35 telas do pintor nascido em Brodowski, no interior de São Paulo, em 1903. Predominam no conjunto elementos típicos do Brasil, como palmeiras, frutas tropicais e jangadas, sem que isso signifique uma representação exuberante. A inocência de crianças que empinam pipas em Brodowski é contrastada com os trabalhos mais duros de temática social. Até 15/8/2015.
Galeria Almeida e Dale
Rua Caconde, 152 – Jardim Paulista – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3887-7130
CUIDE DA SAÚDE DOS SEUS DENTES COM A CLÍNICA BRANEMARK CENTER.
 www.branemark.com.br
kandinsky
Tudo começa num ponto
Duas telas dispostas lado a lado na mostra Tudo Começa num Ponto traduzem bem como Kandinsky (1866-1944) trabalhava as cores para expressar sentimentos como alegria e tristeza. Na primeira delas, Dois Ovais (1919), tons vibrantes de amarelo, azul e vermelho saltam aos olhos do visitante numa composição abstrata, mas com objetos reais escondidos nas pinceladas, como cúpulas de igreja e barcos. Em Crepuscular (1917), por outro lado, o pintor russo carrega na paleta escura, de fundo marrom, como se quisesse deixar clara a sua angústia. Não espere, portanto, pinturas frias só porque são abstratas. “Ele foi único em dar expressões gráficas a emoções”, diz Rodolfo de Athayde, diretor-geral da montagem que ocupa o CCBB. Nascido em 1866 e filho de um mercador de chá na Sibéria, o artista foi fortemente influenciado por rituais xamânicos da região, aspecto presente tanto nos quadros quanto nas peças que integram o conjunto, entre elas colares e máscaras. É bom avisar que, apesar de ser o tema da mostra, parte das 150 obras em cartaz não é de autoria de Kandinsky. Há itens de outros pintores russos que viveram na mesma época, caso de Mikhail Larionov, Nikolas Roerich e Vassily Ivánovitch Deníssov. Desse último, a monumental O Fundo do Mar (1907), de 2 metros de altura, rouba a atenção em uma das salas. A importância de Kandinsky na história da arte, como um dos precursores do abstracionismo, é justificada numa montagem abrangente, minuciosa nas informações e visualmente deslumbrante. De 8/7/2015. Até 28/9/2015.

Evite filas: a organização da montagem recomenda o agendamento de horário de visita pelo site ou aplicativo do Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br).

Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3113-3651
Fonte: Veja SP

Descubra algumas maneiras de controlar o colesterol

cuidando do colesterolDe acordo com informações do Ministério da Saúde, aproximadamente 40% dos brasileiros têm colesterol alto e desenvolveram doenças associadas a isso, como infarto e AVC. Os dados da OMS revelam que quase 17 milhões de pessoas morrem no mundo por conta das doenças do coração. Anualmente, no Brasil, cerca de 300 mil sofrem infarto.

Antes de aprender meios de controlar o colesterol, é preciso saber o que ele é e como ele atua no nosso organismo. O colesterol é encontrado em todas as células do corpo e tem funções importantes. Ele é produzido pelo próprio corpo, mas também pode ser adquirido por alimentos. Como é uma substância oleosa não se mistura com o sangue, que é à base de água.

Ele é transportado através da corrente sanguínea pelas lipoproteínas, uma delas é a lipoproteína de baixa densidade (LDL – o colesterol transportado por ela é o “mau” colesterol) e a lipoproteína de alta densidade (HDL – o colesterol dela é “bom”).

O LDL se deposita nas artérias e provoca o entupimento. Já o HDL retira o excesso de colesterol para fora das artérias, impedindo o seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura.

 

PROCURANDO UMA CLINICA ESPECIALIZADA EM IMPLANTES DENTÁRIOS EM SANTOS OU SÃO PAULO?

 

Como controlar o colesterol “ruim”

A combinação de vários fatores são fundamentais para quem batalha contra o LDL. Veja a seguir duas dicas importantes de como controlar o colesterol ruim:

Mantenha uma atividade física regular

Um dos fatores que contribuem para o colesterol alto e as doenças cardiovasculares é a inatividade física. De acordo com o Ministério da Saúde, apenas 33,5% da população adulta pratica o nível recomendado de atividades físicas em seu tempo livre. O recomendado é que seja feita pelo menos três vezes por semana, sendo cinco o ideal.

Cuide da alimentação

Para quem quer aprender como controlar o colesterol, o uso de fitoesterol pode fazer parte da rotina. Estudos mostram que o seu consumo diário auxilia na redução das concentrações de LDL em até 10%. O fitoesterol é encontrado em sementes oleaginosas, laranja, tomate, cenoura, maçã e pão integral, entre outros, e permite que, durante o processo de absorção dos alimentos no intestino delgado, a absorção do “colesterol ruim” seja reduzida. Dessa forma, o colesterol não absorvido é eliminado pelas fezes.

Porém, o consumo de fitoesterol na quantidade necessária para a obtenção desse benefício é bastante difícil.

É impraticável consumir quase 40 laranjas por dia para obter 1 grama de fitoesterol, por exemplo. A suplementação pode ser um procedimento a mais e é recomendada por diretrizes internacionais.

Fonte: Doutissima

Hábitos que parecem inofensivos para a boca, mas não são.

habitosinofensivosparaabocaCárie. Pronto, na sua mente você já pensa em doces, guloseimas, balas, chocolates e pouca higiene bucal. Mas não é apenas isso que causa o problema, alguns costumes, velhos hábitos e atitudes que eram tidas como saudáveis podem ser armadilhas para você e sua saúde bucal.

Isotônico bebido frequentemente

Esse tipo de bebida está associado à prática de esportes e a saúde, pois é fonte de reposição de água e vitaminas. Logo, é impossível que eles façam algum mal à saúde, certo? Errado! Por conterem em sua composição carboidratos e açúcar, o consumo exagerado dessa bebida, sem os cuidados necessários, pode causar outros problemas além da cárie.

O isotônico é uma bebida que está associada à prática de esportes, reposição de água e vitaminas, então é totalmente benéfico para a saúde. Ledo engano, ele contem carboidratos e açúcar fazendo com que o consumo exagerado da bebida possa causar outros problemas. Além do mais, a maior parte dos isotônicos são ácidos e podem acabar iniciando uma erosão dental, desgastando os dentes e facilitando o surgimento da cárie.

 

Tomar chocolate quente para se aquecer à noite

Tomar chocolate quente, cair no sono e dormir sem escovar os dentes é a mesma coisa que preparar o terreno para que as bactérias façam a festa na sua boca. Durante o sono a boca produz menos saliva e o alimento acaba fermentando por muito tempo no dente. Amplificando o poder de destruição das cáries. A única maneira de evitar isso é fazendo a higiene bucal após o consumo de qualquer alimento, principalmente os doces.

Comer uma maçã na cama antes de dormir

O problema nesta situação é que as chances de você se render à preguiça e esquecer de escovar os dentes é grande. Aí, até a maçã, que é um alimento detergente e que ajuda a limpar as superfícies do dente por ser fibrosa, se torna um obstáculo a mais para a sua saúde bucal. Qualquer resto de comida na boca pode virar placa bacteriana.

UM BOM HÁBITO PARA PROTEGER A SAÚDE BUCAL É VISITAR O SEU DENTISTA COM FREQUÊNCIA. AGENDE UMA CONSULTA NA CLÍNICA BRANEMARK CENTER. 
www.branemark.com.br

Escovar os dentes logo depois de comer

Escovar os dentes é importantíssimo para mantê-los saudáveis e bonitos, mas escová-los na hora errada pode não ser bom. Se os alimentos ingeridos forem muito ácidos o indicado é escovar após 30 minutos da ingestão. Essa recomendação se dá pelo fato de que ao comê-los a acidez da boca se eleva e ao escovarmos os dentes essa acidez se espalha na superfície dental podendo causar danos ao esmalte e deixando-o vulnerável.

Água de garrafa

Não se espante, beber água continua fazendo muito bem para a saúde bucal e geral, mas a água engarrafada pode não ser tão boa para os dentes. Isso porque durante a purificação dela, ela pode se tornar um pouco mais ácida do que a água da torneira e nem todas elas possuem os níveis padrão de flúor (entre 0,7 e 1,2 ppm).

Fonte: Terra