Segundo estudo uma soneca leve durante o dia pode reduzir o risco de infarto

cochilar

Um estudo indica que sonecas na hora do almoço diminuem a pressão sanguínea e o risco de infarto ou AVC.

Segundo o estudo, feito por pesquisadores gregos e apresentado no congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, dormir por meia hora ou mais durante o dia diminui o risco de ataque cardíaco em até 10%.

Encontrar tempo para dormir durante o dia é quase um luxo, mas se uma pessoa possui tempo para fazer isso e assim conseguir dormir por 30, 40 ou 50 minutos é provavelmente uma atitude bastante positiva segundo os autores do estudo.

A pesquisa revela que as pessoas que possuíam o quadro de hipertensão arterial e tiravam as chamadas sestas, o sono depois do almoço, tinham a pressão sanguínea 4% mais baixa quando acordadas e 6% mais baixa durante o sono noturno, quando comparadas com as  pessoas que não tiravam sonecas.

Os pesquisadores pretendem fazer mais estudos sobre os efeitos de dormir durante o dia, mas já podemos afirmar que é uma prática bastante agradável de ser feita. Quem sabe assim as pessoas não sorriem mais, umas para as outras. Afinal de contas, dormir faz bem e agrada muita gente.

Cuide da sua saúde bucal no lugar certo. Procure a Clínica Branemark Center.
www.branemark.com.br

 

Fonte: Terra

Sua cárie pode ter uma causa inesperada: o seu cafezinho

homem-tomando-cafe

Você pode acabar na mesma condição desse caso que aconteceu com o engenheiro Guilherme. Ele tinha uma rotina corrida na profissão mas sempre deu atenção à saúde bucal, escovando os dentes três vezes por dia, ou duas quando almoçava na rua. Mas sempre havia o momento do cafezinho durante o trabalho.

Na última ida ao dentista, descobriu que estava com cárie e tentando descobrir a casa lembrou dos cafés com açúcar habituais. O açúcar pode ser sim o responsável pelo aparecimento da cárie. A quantidade de açúcar  que a pessoa coloca no café deve ser levada em conta. E mais importante que a quantidade é a ingestão desse açúcar.

Sempre que há ingestão de açúcar, há uma queda de pH na boca e o ambiente fica mais ácido, essa acidez provoca a perda de minerais dos dentes. Porém, a saliva possui o potencial de neutralizar os ácidos e repor parte desses minerais, mas geralmente quem possui o hábito de tomar café com açúcar sempre ingere mais quantidades e começa um novo ciclo de perda de minerais. Essa recorrência leva ao aparecimento da cárie dentária. 

PROCURE A CLÍNICA BRANEMARK CENTER E CUIDE DA SUA SAÚDE BUCAL COM UMA EQUIPE ESPECIALIZADA E RENOMADA.
www.branemark.com.br 

A solução
Escovar os dentes depois do café funcionaria, mas isso não aconteceria. Ninguém escovaria os dentes 8 vezes ao dia. O indicado é reduzir a frequência da ingestão. Uma alternativa ainda melhor é não adicionar açúcar ao café.

Outras atitudes que podem ajudar a neutralizar os ácidos são os bochechos ou mascar goma sem açúcar.  Mas, se a frequência de consumo continuar alta não vai ajudar. Nesse caso específico, a mudança de hábito é mais importante.

Para manter a saúde dos dentes sem cáries, reduza a ingestão de café com açúcar, escove os dentes de 2 a 3 vezes por dia e consulte um dentista regularmente para receber as orientações necessárias.

Uma ameaça a saúde bucal: os aparelhos falsos

aparelhos_falsos-1

Uma ameaça à saúde bucal circula pelas ruas em uma moda perigosa para os adolescentes e adultos desavisados. Feita com elásticos coloridos e trançados aparelhos dentários falsos são vendidos por camelôs e falsos profissionais no centro de São Paulo e através das redes sociais.

O conjunto de peças coladas e unidas por elástico ou fio pode alterar a posição dos dentes e causar, entre outras coisas, retração na gengiva, perda óssea e dos próprios dentes.

O Crosp (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) iniciou uma cruzada para impedir a comercialização desses aparelhos, através de blitze e apreensões de materiais falsos e também vendidos em lojas autorizadas.

CONHEÇA NOSSA FAN PAGE NO FACEBOOK:
www.facebook.com/branemarkcenter

Um projeto de lei estadual circula com a intenção de restringir a venda de material apenas a profissionais.

Entre o material encontrado a venda é possível encontrar de tudo até cerda colorida de vassoura e os responsáveis pela instalação são jovens sem nenhuma formação odontológica e cobram em média 120 reais pela colocação e 50 pela manutenção.

aparelhos falsos

A moda pode trazer vários problemas, há uma força aplicada no local que provoca a movimentação dos dentes levando para posições erradas, causando perda óssea, reabsorção da raiz e a perda do dente, em alguns casos.

A colocação errada das peças metálicas pode romper o nervo e fazer com que o dente saia do osso. Além de todos os problemas ainda há o risco da cola usada para as aplicações irregulares causar intoxicação levando a lesões na boca por conta do uso de material errado.

O ideal nesses casos é buscar a ajuda profissional, sem orientação a higienização da boca fica comprometida, provocando gengivites e outros problemas mais sérios. Procure auxílio profissional em uma das clínicas da Branemark Center.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2014/02/1414866-moda-entre-jovens-aparelhos-falsos-trazem-riscos-a-saude.shtml

Clareamento dental caseiro enfraquece os dentes e favorece a cárie

clareamento_caseiro

Quem não quer ter dentes branquinhos e esbanjar um sorriso brilhante? Como todo mundo quer, é claro que não faltam estratégias caseiras para conseguir o feito rapidinho e sem custo algum. O problema é que não há garantias de resultado e pior: além de não clarear, técnicas como passar suco de limão ou água oxigenada podem causar outros danos, como cárie e sensibilidade excessiva nos dentes.

Dentes amarelados são comuns. É o resultado do envelhecimento natural dos dentes, do tabagismo e do consumo de alimentos com corantes, como o café e o vinho. Em algumas pessoas, a segunda dentição – a permanente – já nasce com uma coloração acinzentada, por conta do excesso de medicamentos ingeridos ainda na infância.

A única forma segura é a que custa mais caro: procurar um dentista e fazer o procedimento no consultório. Atualmente, o preço já está mais razoável, já dá para pagar em torno de R$ 500, bem mais confiável do que o suco de limão, o bicarbonato de sódio, o carvão ou a água oxigenada.

Suco de limão não clareia os dentes

Além de não deixar mais branco, o suco de limão é ácido e corrói os dentes. Se a pessoa usar com muita intensidade e frequência, vai acontecer uma corrosão do esmalte, fragilizando o dente e deixando mais sensível, além de facilitar o surgimento de cáries. É um mito achar que suco de limão clareia os dentes. Tanto como o limão, os refrigerantes e sucos ácidos também causam sensibilidade e fragilização. A maioria dos tratamentos para sensibilidade dentária é à base de flúor, aplicando no consultório.

Escovar os dentes com… carvão?

E para as pessoas que esfregam carvão nos dentes? Além da boca preta, ele realmente limpa os dentes, mas não mais do que uma pasta de dentes normal faria. Esse costume é antigo, os índios costumavam limpar os dentes com o carvão. Faziam um pó e esfregavam nos dentes, depois enxaguavam. Realmente limpa, mas hoje não faz sentido. E não clareia os dentes.

CLAREAMENTO DENTAL FEITO COM ALTA PERFORMANCE É SÓ NA BRANEMARK
www.branemark.com.br

Bicarbonato de sódio é esfoliante

A ilusão de alvura proporcionada pelo bicarbonato de sódio é apenas uma limpeza mais intensa no dente. Ele também não clareia, e pode danificar o esmalte do dente se for usado com frequência.

Água oxigenada é como água

A água oxigenada usada para assepsia de ferimentos não clareia os dentes. A água oxigenada é um peróxido de hidrogênio. O que ela faz é uma leve limpeza, não funciona como clareamento.

A água oxigenada é um excelente antisséptico, mas é muito raro ser recomendada para uso em bochechos. Existem outros antissépticos mais eficazes.

Embora haja uma especulação de que a água oxigenada ao entrar em contato com a mucosa bucal poderia causaria câncer, essa afirmação não é confirmada. Não existe nenhum estudo mostrando essa associação, que poderia causar câncer de boca. É certamente especulação.

Clareamento feito no consultório não enfraquece os dentes

Embora haja um mito de que o clareamento enfraquece os dentes, isso não é verdade. O tratamento feio no consultório faz uso de um gel clareador na concentração e tempo de exposição corretos.

A questão está na sensibilidade: o clareamento feito por moldeira – aquele tipo de placa que se põe com gel à noite por alguns dias – traz dor quando se tem contato com algum alimento frio. Para quem tem dentes sensíveis é melhor optar pelo clareamento a laser.

O laser serve para remover a sensibilidade, e quem ativa o gel clareador é a luz azul – que não é laser. O problema é que muitos consultórios afirmam que usam laser mas não usam. Eles colocam apenas apenas a luz azul. Sem o laser, a sensibilidade fica à flor da pele, causando uma dor terrível.

Por tudo isso, é melhor fazer a coisa certa: ou clareie seus dentes com a supervisão de um dentista ou acostume-se com o tom amarelado. Usar produtos caseiros vai fazer com que o barato saia muito caro.

Fonte:  IG

Ligação entre diabetes e problemas bucais

diabetes_doencas bucais

Pesquisas sugerem que há uma existência maior de doenças gengivais, gengivite e periodontite, entre as pessoas que possuem diabetes, somando as doenças gengivais a uma lista de complicações associadas ao diabetes, como as doenças cardíacas, acidentes vasculares encefálicos isquêmicos (derrames) e doenças renais.

Há uma via de mão dupla entre diabetes e problemas bucais?

Pesquisas recentes sugerem que a relação entre doenças gengivais e a diabetes é uma via de mão dupla. As pessoas com diabetes são suscetíveis às doenças gengivais, mas ela pode ter o poder de afetar o controle glicêmico no sangue e contribuir para a progressão do diabetes.

Pesquisas sugerem que as pessoas com diabetes têm um alto risco de adquirirem problemas bucais, como a gengivite e a periodontite. Diabéticos possuem um risco aumentado para doenças gengivais porque eles são geralmente mais suscetíveis às infecções bacterianas e têm capacidade reduzida de combater as bactérias que invadem o tecido gengival.

Mantenha uma boa higiene bucal, escove os dentes e visite um dentista regularmente.
Acesse www.branemark.com.br

Diabéticos correm um risco maior de ter problemas com os dentes?

Se seus níveis de glicose no sangue estiverem sob controle, o diabético tem maior chance de desenvolver doença gengival avançada e de perder dentes quando comparado a pessoas que não têm diabetes. Como todas as infecções, a doença gengival pode ser um fator que eleva o açúcar do sangue e pode tornar o controle do diabetes mais difícil. Outros problemas bucais relacionados com diabetes são: candidíase (sapinho – uma infecção causada por um fungo que cresce na boca), boca seca que pode causar aftas, úlceras, infecções e cáries.

Como evitar problemas dentários associados ao diabetes?

O mais importante é controlar o nível de glicose no sangue. Depois, cuidar bem dos dentes e gengiva e fazer exames minuciosos a cada seis meses. Para controlar as infecções por fungo, controle bem seu diabetes, evite fumar e, se usar dentadura, remova-a e limpe-a diariamente. O controle adequado da glicose do sangue também ajuda a evitar ou aliviar a boca seca causada pelo diabetes.

Devo contar ao dentista que tenho diabetes?
As pessoas que têm diabetes precisam de cuidados especiais e do preparo do seu dentista para ajudá-lo. Mantenha seu dentista informado sobre toda e qualquer alteração em seu estado de saúde e sobre os medicamentos que estiver tomando. Exceto em caso de emergência, não se submeta a qualquer procedimento dentário se o açúcar no sangue não estiver bem controlado.

Fonte: Colgate

Vacina universal contra a gripe pode estar mais próxima, graças à descoberta

vacina_gripe_universal

A gripe é uma das doenças que mais dizimaram a humanidade durante a nossa história e o que sabemos sobre ela é que o seu vírus é mutável. Por essa razão, sempre ficamos gripados e as vacinas precisam ser atualizadas ano a ano. Mas uma descoberta pode mudar o jogo no combate à doença.

Uma nova vacina, pode combater todas as mutações do vírus Influenza, incluindo as gripes aviária (H5N1) e a do tipo A (também conhecida como gripe suína). Os pesquisadores Antonietta Impagliazzo, Fin Milder, Harmjan Kuipers, Michelle Wagner, Xueyong Zhu e Ryan M. B. Hoffman coordenaram o estudo que mostrou resultados de proteção total em ratos de laboratório  contra a influência do vírus. A descoberta histórica que pode evitar milhares de mortes anualmente foi divulgada nesta segunda-feira (24) nas duas mais importantes revistas científicas: Science e Nature.

Essa nova vacina foi desenvolvida a partir de uma proteína que está presente em todas as mutações do vírus Influenza, trata-se da hemaglutinina (HA). Ela faz com que o vírus se ligue à célula que está infectando. parte dessa proteína é mutável e parte dela continua n os vírus da mesma forma.

gripe-aviaria

Os cientistas isolaram essa parte permanente da proteína e criaram uma vacina que força o corpo a produzir anticorpos contra essa parte do vírus. Como essa parte é imutável e está presente em todas as mutações do vírus ela acaba sendo super eficiente em diversos casos da doença. Mesmo em animais infectados com doses letais do H5N1 a vacina protegeu quase todos os animais da morte induzida.

Mais pesquisas ainda são necessárias para determinar se a vacina funciona em humanos e para entender exatamente como o mecanismo da vacina funciona. O objetivo dos pesquisadores é criar um remédio para proteger contra todos os tipos de gripes, das pequenas epidemias, temporárias até as mais fortes.

Sua escova de dentes pode estar abrigando coisas nojentas. Veja por que trocar

escova velha

Frocar a escova de três em três meses não é frescura. Nem golpe de marketing. Mesmo com uma higienização exemplar, as cerdas escondem bactérias, vírus, e fungos que fazem mal para a saúde. Além do fato das cerdas não limparem mais como deveriam.

Veja algumas coisas nojentas que podem estar escondidas na sua escova de dentes velha.

Bactérias das fezes

Na saliva estão entre 700 mil e 5 milhões de bactérias em um mililitro e ingerimos isto na vida durante a alimentação. É o equivalente a 5 gramas de fezes ao dia.

Ao dar a descarga no vaso sanitário, as bactérias das fezes se espalham no ar e ali ao lado, em cima da pia está a sua escova de dentes. Um ato leviano, como esse pode contaminar a escova de dentes, principalmente se alguém da casa estiver com diarreia.

Bactérias da cárie

A Streptococcus mutans é muito mais comum na escova de dentes. É a grande responsável pela cárie para se proliferar na sua escova e isso acontece quando ela é guardada úmida em um local fechado, como armários ou caixinha.

Na boca não existem apenas bactérias ruins, a flora bucal contribui para a digestão dos alimentos e a defesa biológica. As bactérias “boas” que vivem na boca defendem contra a invasão das bactérias nocivas que tentam se instalar, causando doenças como cáries e periodontites em muitas outras.

CUIDE DOS SEUS DENTES NA CLÍNICA BRANEMARK CENTER
www.branemark.com.br

Comida para bactéria

Restos de alimento que ficam alojados na boca são um prato cheio para as bactérias que vivem na sua escova de dentes, assim como as que ficam na boca. Se você vir restos de comida no meio das cerdas, preste mais atenção na hora de limpar a sua escova.

Vírus

HPV, herpes e gripes podem estar na espreita em sua escova de dentes, apenas esperando o momento certo para atacar a boca. Segundo uma pesquisa da Faculdade de Saúde Pública da USP,  72% dos casos de câncer de cabeça e pescoço apresentaram o vírus HPV do tipo 16 – o mais relacionado ao desenvolvimento de câncer nessas regiões. O HPV é transmitido sexualmente, mas pode ser contaminado ao compartilhar a escova de dentes com alguém que tenha o vírus. No caso do herpes, quando uma pessoa que está com as feridas estouradas na boca escova os dentes, o vírus pode ficar na escova por até uma semana.

Fungos

O fungo Candida albicans causa uma infecção chamada de candidíase oral, popularmente conhecida como “sapinho”. A doença causa dor, desconforto e uma mancha branca na boca. Na maioria das vezes, o contágio se dá pelas mãos contaminadas ou ainda por objetos infectados com o fungo. Em crianças que têm infecções por Cândida, cerca de 15% têm reservatórios desse fungo em suas escovas de dentes.

Proteja-se. Higienize sua escova

Para proteger sua escova desses perigos, basta higieniza-la e secá-la adequadamente. “Após a escovação, limpe lave e mergulhe a escova por 10 minutos em uma solução de água sanitária diluída a 1/10. Enxague, seque e guarde no copo exposto ao ar. Mas lembre-se que as escovas de dente são de uso pessoal e não devem ser compartilhadas. Também é preciso trocá-las a cada três meses ou logo após uma infecção ou gripe”, diz o professor.

Bons programas para o fim de semana (21/08 até 23/08)

ensaio-final-constellation

Já tem programa para o fim de semana? Ainda não? Então aproveite essas dicas de programas culturais para este final de semana em São Paulo. Tem bastante coisa boa acontecendo na cidade e você não perde em conferir.

Musical – Constellation

A primeira viagem do luxuoso avião Super Constellation, do Rio de Janeiro a Nova York, nos anos 50, e a base para o musical de Cláudio Magnavita. Moradora de Copacabana, uma garota (a atriz Jullie, ex-participante do reality show The Voice) se candidata a um concurso da Rádio Nacional para embarcar na viagem. Na empreitada, conta com a ajuda da mãe (a afinada Lovie Elizabeth) e da abusada tia (Andrea Veiga, ex-paquita). O elenco,  entoa canções da época, como Only You, Blue Moon e Stand by Me. Vai até 27/9/2015 no espaço. No Teatro Espaço Promon – Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1830 – Vila Nova Conceição – São Paulo – SP

little_freddie_king

Bourbon Street Fest

São Paul ficará com o ar mais parecido com a Louisiana, nos Estados Unidos durante esta semana por causa da 13ª edicção do tradicional Bourbon Street Fest. O evento começa com uma apresentação gratuíta no Parque do Ibirapuera neste domingo 23/08 e segue com exibições de nomes reconhecidos do jazz e blues na casa em Moema, com o mesmo nome do evento.  Os nomes são o brilho desse evento: Leon “Kid Chocolate” Brown, Little Freddie King, Dwayne Dopsie, The Zydeco Hellraisers além do brasileiros da Orleans Street Jazz Band.

sp-arte-foto

SP-Arte / Foto

Agosto é o mês das fotos. São Paulo tem o programa certo para quem é fã do gênero ou entusiasta: o SP-Arte/Foto, uma mostra dirigida por Fernanda Feitosa, a principal feira da América Latina voltada para a arte. A 9ª edição do evento tem entrada gratuita e reuni 31 galerias com imagens e itens de artistas brasileiros e internacionais. Até domingo você pode comprar ou admirar obras de nomes modernos e contemporâneos, como Thiago Rocha Pitta, exibindo telas do vídeo Atlas/Oceano. Não perca. A mostra está no Shopping JK Iguatemi, Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Nova Conceição – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3152-6800.

CUIDE DO SEU SORRISO NA CLÍNICA BRANEMARK CENTER, ESPECIALIZADA EM IMPLANTES DENTÁRIOS E REFERÊNCIA EM ODONTOLOGIA EM MAIS DE 9 PAÍSES.
www.branemark.com.br

Fonte: Veja SP

Você comete alguns desses erros comuns ao escovar os dentes?

erros comuns ao escovar os dentes

Escovar os dentes é muito importante e merece atenção aos cuidados. Isso começa do modelo de escova ao tempo de escovação. São diversos elementos que precisam ser levados em conta para evitar danos ao sorriso saudável. Confira sete erros comuns:

1 – Enxaguar muito os dentes

A maioria das pessoas pensa que é importante enxaguar muito bem após a escovação, mas não é bem assim. Bocheche e cuspa, mas não lave. Assim o flúor fica nos dentes por pelo menos 30 minutos após a escovação.

2 – Escovar logo após as refeições

Nada de comer e ir direto para o banheiro escovar os dentes. É importante esperar 30 minutos. Tempo para equilibrar o pH da boca e evitar o desgaste da acidez.

3 – Escovar muito forte

Escovar com muita força pode danificar os dentes e a gengiva. Cuidado com a força que você aplica. Use cerdas suaves.

escove os dentes por 2 minutos

4 – Escovar por menos de dois minutos

O tempo médio de escovação deve ser de dois minutos. Se você escova por menos de dois minutos, é mais do que provável que esteja deixando depósitos de tártaro e comida nos dentes, assim como todas as manchas.

CUIDE DA SUA SAÚDE BUCAL NUMA CLÍNICA ODONTOLÓGICA ESPECIALIZADA.
CONHEÇA A CLÍNICA BRANEMARK CENTER. COM UNIDADES EM SÃO PAULO E SANTOS.
www.branemark.com.br

5 – Fazer vários petiscos durante o dia

Beliscar muito ao longo do dia pode trazer problemas de saúde nos dentes e danos que podem ser causado durante o processo de escovação por conta da desregulação dos níveis de pH da boca que fica mais ácida.

escovando as faces intenas dos dentes

6 – Escovar apenas a parte da frente dos dentes

Há quem escove apenas a parte da frente dos dentes, porque é ela que fica visível ao sorrir e falar. Olha o erro. A placa se acumula na parte de trás dos dentes também. Escove todas as faces dos dentes.

7 – Escovar no chuveiro

Escovar os dentes no chuveiro pode parecer um meio de economizar tempo, mas também é um erro, porque você acaba focando menos atenção no processo de escovação. É importante escovar os dentes em frente a um espelho para ter atenção no que está fazendo.

Fonte: Terra

Ela descobriu que tinha câncer na cadeira do dentista.

dentista-câncer de boca
Quando você vai ao dentista, o diagnóstico mais esperado é o de uma cárie, um problema de canal ou tártaro. Mas uma senhora de 80 anos teve um resultado diferente. A história começa quando essa senhora sentia uma sensação estranha na boca, passava a língua no lábio superior e notava pequenas bolinhas que de vez em quando estavam ora grandes, ora pequenas e se movimentavam.

Após uma conversa com a sobrinha que era dentista, a suspeita era que provavelmente era uma glândula salivar entupida que deveria ser tirada se estivesse incomodando. Foi quando seu dentista removeu as bolinhas e desconfiado, resolveu fazer uma análise. Para o espanto geral, era um câncer de glândula salivar, um adenocarcinoma.

Ela foi encaminhada para um médico de cabeça e pescoço, que solicitou todos os exames e marcou cirurgia para retirada de um pedaço maior dessa região e para ver se não havia outras células malignas.

Atualmente, a senhora realiza acompanhamento com o cirurgião de cabeça e pescoço e o dentista. Graças ao diagnóstico precoce, não foi necessário passar por químio ou radioterapia. Se o dentista não tivesse retirado o material, ela não haveria descoberto o problema há tempo de ter um tratamento de câncer eficiente.

cancer_boca
Na fase inicial, a chance de cura é acima de 80%, já em fase avançada cai para 40-50%

O cirurgião-dentista tem um papel fundamental na prevenção e no diagnóstico precoce. Como o paciente passa por consultas odontológicas com mais frequência do que a uma consulta médica. Consultas regulares podem ter um peso fundamental, e podem ser revertidas em índices de cura maiores. Na fase inicial, a chance de cura é acima de 80%, em fase avançada esse índice cai para 40%-50%.

E não é só o câncer de boca que pode ser identificado na cadeira do dentista. Existem outros que quando estão em fase avançada de metástase, começam a se manifestar também na boca, como o câncer de mama. Nesses casos é possível encontrar nódulos, feridas e lesões ósseas na boca (mandíbula e maxila).

VISITE O SEU DENTISTA A CADA SEIS MESES
CONHEÇA A CLÍNICA BRANEMARK CENTER.
www.branemark.com.br

Atenção em feridas com mais de 15 dias

Os sintomas comumente relatados por pessoas que têm câncer de boca costumam ser de ardência, dormência e desconforto bucal. Em casos avançados, dores fortes em toda a boca. Os dentistas por sua vez detectam placas esbranquiçadas, áreas avermelhadas e feridas que não cicatrizam a mais de 15 dias.

Mas é importante ressaltar a importância de manter uma autoanálise mensalmente e de fazer visitas frequentas ao dentista, que devem ser feitas a cada seis meses. O câncer de boca não apresenta sintoma e até o paciente sentir alguma diferença pode demorar muito.

Fonte: iG