Como uma boa alimentação pode ajudar na sua saúde bucal

Você é o que você come”. Esta é afirmação que vem sendo difundida nesta época onde as dietas, que restringem a ingestão de diferentes tipos de alimentos, alteram as refeições. Certamente, uma boa nutrição contribui para uma saúde bucal perfeita e equilibrada, inclusive a dos dentes.

Hoje, pouco se ouve falar dos alimentos que têm o potencial de destruir tudo o que citamos acima e também os dentes naturais, visto que o ambiente da cavidade oral é contaminado e suscetível a transformações quando na presença de determinados alimentos.

1- A dieta pode ocasionar mau hálito? Por quê?

Resposta: Sim. De acordo com a Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca, a halitose é um problema que atinge cerca de 30% da população. O mau hálito (halitose) é a liberação de odores desagradáveis provenientes da boca. Embora, não seja uma doença, o mau hálito é a consequência de uma alteração em alguma parte do nosso organismo e, portanto, deve ser corretamente diagnosticado e tratado.

Mau hálito possui mais de 50 causas

Há mais de 50 causas possíveis para o mau hálito. Ele pode ser consequência de alimentação inadequada e mastigação incorreta, dieta descontrolada, jejum prolongado, má higiene oral e baixo fluxo salivar. Além disso, remédios que induzem à baixa produção de saliva, como antidepressivos, medicamentos contra diabetes, problemas cardíacos e remédios para dormir, são agentes influenciadores. Sessões de radioterapia e quimioterapia, doenças provocadas pela falta de higienização, como gengivite e cárie, e o uso de prótese dental, também podem ser considerados causadores do mau hálito. Outro fator muito comum é a saburra lingual, que é um deposito de bactérias sobre a língua que pode produzir odor ruim.

2- Uma restrição alimentar pode afetar a acidez bucal e estimular o aparecimento de caries?

Resposta: Para os dentistas, existem alimentos “adesivos”, “ácidos” e “detergentes”. Esta classificação poderá ajudar na escolha de alimentos para nossa dieta alimentar. Os “alimentos adesivos” tendem a aderir aos dentes e são os responsáveis pela cárie. É um grupo composto por biscoitos, bolachas, doces e balas.

Em relação aos alimentos ácidos como abacaxi, laranja, limão, kiwi e cítricos, em geral os sucos, bebidas de frutas e refrigerantes favorecem o que chamamos de erosão ácida, que se manifesta sob a forma de “desgaste” da estrutura do dente, na região do dente próximo à gengiva, mesmo na ausência da doença cárie e em bocas bem higienizadas.

Já os chamados “alimentos detergentes” eliminam resíduos de outros alimentos que ficam aderidos à superfície dental. Nessa categoria encontram-se as frutas, os legumes e as verduras de modo geral, preferencialmente crus ou cozidos no vapor. Esses alimentos necessitam de um maior tempo de mastigação, o que promove uma autolimpeza pelo atrito do alimento com o dente. Além disso, fornecem ao organismo muitos nutrientes essenciais para o seu bom funcionamento, como as vitaminas A, B6, B12, C, D, E, K e ácido fólico.

3- Por que uma pessoa que sofre de anorexia tende a apresentar alterações na saúde dos dentes?

Resposta: O jejum prolongado ou vômito, provocado constantemente pelos pacientes com anorexia, causam manifestações bucais como: hipersensibilidade dentária, edema de glândulas salivares, problemas gengivais, aumento de incidência de cárie, erosão dentária e bruxismo. Muitas pessoas que sofrem de anorexia podem esconder o distúrbio alimentar de outras pessoas, mas é difícil mantê-lo em segredo de seus dentistas. As mudanças dentro da boca podem ser detectadas durante um exame dental rotineiro. Portanto, o dentista passa ser um dos profissionais mais indicados a detectar o problema.

4- Uma dieta alimentar para perda de peso pode afetar o equilíbrio da flora bacteriana existente na boca e estimular as doenças bucais, como gengivite e periodontite?

Resposta: Uma dieta saudável deve conter ainda vitaminas, sais minerais e fibras presentes no arroz, no feijão, no peixe, no leite e nos ovos, imprescindíveis para o bom andamento de nosso organismo. Cabe lembrar que a má nutrição e deficiências vitamínicas provocam a diminuição no fluxo salivar, gengivite e outras alterações na gengiva e no periodonto.

Se a dieta exigir jejum prolongado, isso leva a hipoglicemia e a queima de gordura, que produz gases de odores fortes. O uso de fórmulas para emagrecer, costuma provocar desidratação pelos laxantes contidos na composição e, por este motivo, leva à diminuição do fluxo salivar e formação de saburra lingual, levando ao mau hálito.

CUIDAR DA BOCA É PROTEGER O SEU CORPO. SAIBA COMO AQUI

5- Existe alguma forma de evitar o aparecimento de caries, mau hálito?

Resposta: O primeiro passo é manter uma boa higiene bucal após as refeições, principalmente, antes de dormir e usar o fio dental entre os dentes. Isso ajuda a eliminar as bactérias que são a principal causa do mau hálito e das caries. Além disso, no intuito de manter a boca livre de doenças, devemos procurar ter uma alimentação balanceada, evitando alimentos prejudiciais à nossa saúde e ingerindo alimentos saudáveis.

O açúcar é o principal alimento das bactérias causadoras da placa bacteriana, que está associada ao aparecimento da cárie e ao mau hálito. Sendo assim, devemos evitar a ingestão de balas, chocolates e alimentos doces (com muito açúcar) no período entre as refeições. Já alimentos como alho, cebola, alimentos ricos em proteínas como ovos, feijão, carnes, leite, álcool, sucos cítricos e café são causadores de mau hálito.

Do outro lado, os vegetais, frutas, fibras entre outros alimentos não provocam cáries nem mau hálito. Estes alimentos são importantes para a manutenção da saúde oral. Importante também é a ingestão de dez copos de água por dia, que auxilia na higiene bucal.

Veja quanto custa para correr as principais maratonas do mundo

As corridas de rua têm atraído cada vez mais pessoas a diversas cidades pelo mundo. Além da preparação física para participar de uma meia-maratona ou de uma maratona, os atletas amadores também precisam preparar o bolso, já que as viagens internacionais sair bem caras.

Levantamento do site de viagens Kayak apontou o preço médio dos pacotes de viagens nos períodos das principais provas no segundo semestre de 2017. Os valores só não incluem as taxas de inscrição dos eventos.

“Planejamento é a chave para quem vai correr alguma prova no exterior. É preciso programar a viagem assim como se preparar fisicamente para correr”, diz Eduardo Fleury, gerente do Kayak. “Mais do que eventos esportivos, essas provas de rua têm se tornado verdadeiras atrações turísticas.

O pacote de viagem para correr a maratona de Berlim, na Alemanha, é o mais caro: 5.207 reais. Já a viagem para participar da corrida da meia-maratona de Montevidéu, no Uruguai, é a mais em conta: sai por 1.301 reais, segundo o site.

Para fazer o levantamento, o Kayak considerou os valores dos pacotes (hospedagem e passagens aéreas) partindo de São Paulo. O período da viagem é de quatro dias e três noites, de acordo com a data de cada corrida.

Os preços apresentados são uma média das cinco ofertas mais baratas, considerando um adulto, em hotéis com no mínimo 3 estrelas. Além disso, todas as buscas de voos são para ida e volta de classe econômica. As pesquisas foram realizadas no dia 5 de julho, com exceção do destino Punta del Este, que foi orçado em 10 de julho.

Meia-maratona de Bogotá

Data do evento: 30 de julho
Preço do pacote: 2.141 reais
Data de partida: 28 de julho
Data de volta: 31 de julho

Meia-maratona de Montevidéu

Data do evento: 13 de agosto
Preço do pacote: 1.301 reais
Data de partida: 11 de agosto
Data de volta: 14 de agosto

Meia-maratona de Buenos Aires

Data do evento: 10 de setembro
Preço do pacote: 1.847 reais
Data de partida: 8 de setembro
Data de volta: 11 de setembro

Maratona de Punta del Este

Data do evento: 10 de setembro
Preço do pacote: 2.036 reais
Data de partida: 8 de setembro
Data de volta: 11 de setembro

Maratona de Medellín

Data do evento: 17 de setembro
Preço do pacote: 1.793 reais
Data de partida: 15 de setembro
Data de volta: 18 de setembro

Maratona de Berlim

Data do evento: 24 de setembro
Preço do pacote: 5.207 reais
Data de partida: 22 de setembro
Data de volta: 25 de setembro

Maratona de Munique

Data do evento: 8 de outubro
Preço do pacote: 4.791 reais
Data de partida: 6 de outubro
Data de volta: 9 de outubro

Meia-maratona de Londres

Data do evento: 8 de outubro
Preço do pacote: 4.188 reais
Data de partida: 6 de outubro
Data de volta: 9 de outubro

Maratona de Chicago

Data do evento: 8 de outubro
Preço do pacote: 4.460 reais
Data de partida: 6 de outubro
Data de volta: 9 de outubro

Maratona de Amsterdã

Data do evento: 15 de outubro
Preço do pacote: 4.157 reais
Data de partida: 13 de novembro
Data de volta: 16 de novembro

Maratona de Buenos Aires

Data do evento: 15 de outubro
Preço do pacote: 1.192 reais
Data de partida: 13 de outubro
Data de volta: 16 de outubro

Maratona de Porto

Data do evento: 5 de novembro
Preço do pacote: 3.242 reais
Data de partida: 3 de novembro
Data de volta: 6 de novembro

Maratona de Valência

Data do evento: 19 de novembro
Preço do pacote: 2.947 reais
Data de partida: 17 de novembro
Data de volta: 20 de novembro

Hong Kong: uma viagem gastronômica

Comer, comprar e relaxar: este é o lema não oficial do turismo de Hong Kong. Com cada vez mais novidades contribuindo para fortalecer esta fama, é bem provável que o primeiro dos três itens esteja se tornando o principal. O Ritz-Carlton Hong Kong, por exemplo, ostenta dois restaurantes com estrela Michelin, além de um famoso bar em seu rooftop.

Mesmo para quem vai à região para uma estadia curta, poucas refeições são o suficiente para sentir o potencial da cena gastronômica local – até no avião é possível provar refeições de altíssima qualidade.

Nas alturas

Comece com um coquetel no bar mais alto do mundo, localizado no hotel mais alto do mundo: o Ritz-Carlton Hong Kong, aberto em 2011 entre os andares 102 e 118 do International Commerce Centre, em Kowloon. Na realidade, o estabelecimento não ficam em Hong Kong, mas sobre Hong Kong, já que a propriedade é um santuário deslumbrante que, quase literalmente, toca as nuvens.

No mar

Você poderia permanecer no Ritz para o jantar: a propriedade também é a casa do Tin Lung Heen, restaurante chinês com duas estrelas Michelin, e do Tosca, italiano com uma estrela do mais prestigiado guia gastronômico. Mas, se você tem pouco tempo, mude de perspectiva. A alguns minutos do Ritz Carlton está o renomado InterContinental Hong Kong, tão perto da baía Victoria Harbour que faz seus visitantes se sentirem como se estivessem em um cruzeiro. É um cenário digno de uma das novidades mais quentes da cidade: o Rech by Alain Ducasse, a primeira unidade internacional do famoso restaurante parisiense de frutos do mar, aberto em 1925. O hotel, conhecido por fundir-se a restaurantes renomados – o SPOON by Alain Ducasse abriu em 2003 e o NOBU em 2006 – se superou com o Rech, onde as ofertas sazonais são buscadas de pescadores independentes na França e o cenário elegante passa uma sensação de leveza e elegância, como um veleiro luxuoso iluminado por lanternas de papel feitas à mão pela designer parisiense Céline Wright.

CONHEÇA O VO EXPERIENCE

A VO Experience é uma novidade da Clínica Vasconcelos. Nesta modalidade você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos.

Nos ares

O festival gastronômico não precisa acabar simplesmente porque você está voltando para casa – não se você estiver na primeira classe ou na classe executiva de um voo da companhia Cathay Pacific. Entre as especialidades da empresa está a culinária local. No lounge, com vistas verdes das montanhas de Hong Kong, sente-se no noodle bar e prove a sopa de papaia com frango, o siu mai de porco e os cogumelos com molho de ostras. Durante o voo, há um excelente peixe halibute com molho sha cha e, a melhor parte: um café da manhã com um dim sum melhor do que qualquer outro servido em Nova York, para onde a companhia voa direto, arroz de frango, camarão siu mai, bolinho de frango e chiu chow fun gor.

Conheça os benefícios que um aparelho ortodôntico pode trazer para sua saúde

O que é Ortodontia?

Essa é a área da Odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições decídua (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as más oclusões dentárias.

Por que realizar esse tratamento?

São tratamentos ortodônticos preventivos, interceptivos e corretivos com o objetivo de proporcionar ainda mais conforto aos seus pacientes, abrangendo todas as idades.

LEIA TAMBÉM Ortodontia Preventiva pode evitar dentes tortos ou problemas de má oclusão

A primeira avaliação ortodôntica deve ser feita a partir dos 6 anos de idade, preferencialmente após o início da troca dos dentes de leite pelos permanentes. A partir desta idade, não há restrições para se realizar o tratamento ortodôntico, desde que o indivíduo apresente boa saúde periodontal.

A Ortodontia é dividida em:

  • Ortodontia Preventiva: para a prevenção da má-oclusão na dentição decídua e mista, ou seja, impedir que a má-oclusão se instale.
  • Ortodontia Interceptiva: nos casos onde a má-oclusão já está instalada, necessitando assim de aparelhos específicos para cada caso.
  • Ortodontia Corretiva: que envolve os dentes em qualquer fase, depois da troca dos dentes de leite pelos permanentes.

A integração da Equipe Multidisciplinar da Vasconcelos Odontologia permite potencializar os resultados clínicos, especialmente em tratamentos reabilitadores. Em casos que envolvem perdas dentárias, as movimentações ocorrem de forma compensatória. A Ortodontia tem como objetivo o restabelecimento da posição normal dos dentes previamente a instalação de implantes e/ou reabilitação com próteses. Este processo é dinâmico para permitir agilidade no tratamento e menor desconforto ao paciente.

 

 

ORTODONTIA VASCONCELOS ODONTOLOGIA

Compromisso e eficiência comprovada por mais de 20 anos de prática clínica, o Dr. Mauricio Cardoso apresenta experiência reconhecida no tratamento das más oclusões e de suas repercussões faciais em crianças, jovens e adultos. Além do tratamento, torna-se imprescindível a adoção de condutas individualizadas na prevenção das más oclusões e na preservação dos resultados obtidos. AGENDE SUA CONSULTA

Vasconcelos Odontologia

 

A estética do sorriso será resgatada e mantida por protocolo de acompanhamento específico adotado após o término do tratamento. A Ortodontia se insere na ciência da Odontologia que cada vez mais oferece oportunidades para uma saúde bucal preservada ao longo da vida que, felizmente, cada vez mais é longeva. Viva!

ORTODONTIA E SEUS BENEFÍCIOS

Nem todas as pessoas sabem os benefícios que um aparelho ortodôntico pode trazer. A maioria acha que a finalidade é somente estética, o que na verdade não é. Os benefícios vão desde um sorriso bonito até a melhoria da saúde. Veja quais são resultados do tratamento:
• Prevenção e tratamento de problemas e dores nas mandíbulas. O tratamento cessa as dores que algumas pessoas sentem durante a mastigação, que são causadas por uma oclusão desnivelada;
• Melhor digestão, pois com o nivelamento da mandíbula, consequentemente, há uma melhora na mastigação, trazendo assim eficácia na digestão;
• Melhor dicção e fala. Pacientes que se queixam de enrolar a língua ou cuspir enquanto fala, tem uma melhora nesse sentido também;
• Higienização mais fácil. Com os dentes alinhados, a escovação fica mais fácil, alcançando áreas onde não alcançaria antes do tratamento. E consequentemente facilita o uso do fio dental.

 

Tipos de Aparelhos

Aparelho Essix: uma nova opção ortodôntica totalmente transparente, que proporciona um ótimo resultado e total estética. O sistema desse aparelho é constituído por alinhadores removíveis termoplásticos, que promove a correção dos dentes. Com isso, de maneira rápida, confortável e removível, o paciente tem os dentes alinhados sem a necessidade de colocar aparelhos fixos.

Aparelhos fixos são unidos aos dentes através de uma substância adesiva ou cimento; são compostos por bráquetes (metálicos, plásticos ou cerâmicos), tubos e anéis, que suportam o arco metálico responsável pela movimentação dentária. Permitem maior movimentação dos dentes e independem da colaboração do paciente.

Aparelhos removíveis são encaixados na boca, podendo ser retirados pelo paciente ou pelo ortodontista, e dependem da colaboração do paciente. Podem ser ortodônticos, os quais realizam pequenas movimentações dentárias; ou ortopédicos, utilizados nas correções de alterações esqueléticas (ósseas).

Imagine ter uma experiência luxuosa de um jantar privado em Paris

Há cerca de sete anos, o casal de brasileiros Celia Miranda Mattos e Gustavo Dalla Colletta começaram a receber em sua residência, em Paris, grupos para jantares com proposta exclusiva e diferenciada. Ambos são formados em gastronomia pela Cordon Bleu e integrantes da seleta Académie Culinaire de France, entidade que conta com 300 chefs – entre eles apenas cinco brasileiros.

Batizado de “Chez Nous Chez Vous”, o clube de jantares de Celia e Gustavo funciona no apartamento localizado no 15ème arrondissement, com vista privilegiada para a Torre Eiffel.

Cada evento atende, no máximo, 10 pessoas, que pagam entre € 120 e € 150. Além do jantar convencional, também é possível interagir no preparo do cardápio ou escolher os ingredientes na companhia dos chefs.

A VO Experience é uma novidade da Clínica Vasconcelos. Nesta modalidade você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos. AGENDE UMA CONSULTA

O ambiente é charmoso e conta com móveis do designer Philippe Starck, além de uma atraente biblioteca. A cozinha também recebeu atenção e investimento especiais: para maior interação, ela é aberta e se conecta com a sala.

Antes da empreitada, a dupla passou por restaurantes como o Apicius (2 estrelas Michelin), Je The Me e La Maison Blanche (2 estrelas Michelin).

Erros mais comuns ao cuidar de plantas (e como evitá-los)

Mesmo no inverno dá para ter flores e folhagens lindas dentro de casa – o importante é escolher bem as espécies e evitar deslizes na hora de cuidar de suas plantinhas.

Um ambiente cheio de plantas é sempre mais agradável. Se bem cuidadas, elas ainda têm um poderoso efeito terapêutico e melhoram a qualidade do ar dentro de casa. Mas para mantê-las bonitas, é preciso alguns cuidados básicos como controle da água, luminosidade e nutrientes.

Se você sempre acaba matando suas plantinhas, mesmo seguindo à risca essas técnicas, pode estar cometendo alguns deslizes comuns. Christan Summers e Ivan Martinez, especialistas da Tula House, em Nova York, ensinam que dá para ter flores e folhagens lindas dentro de casa – o importante é escolher bem as espécies e evitar esses seis erros na hora de cuidar de suas plantinhas. Confira:

1. Tratar a planta como se fosse um objeto

As plantas são organismos vivos, que respiram e até sentem a gravidade e a utilizam para orientar seu crescimento. Portanto, para cuidar bem de sua plantinha, é preciso aprender um pouco mais sobre a vida vegetal e entender sua ligação com a terra, temperatura, umidade e demais fatores — e não achar que ela é um ser inanimado.

2. Não pensar no habitat ideal

Ao comprar uma planta, primeiro pense em nas condições de sua casa. Tem muita luz solar? Você prefere um ambiente mais quente ou ameno? Em seguida, encontre uma planta que irá prosperar em um ambiente semelhante ao de sua casa. Uma boa maneira de fazer isso é decidir qual planta você gostaria de comprar e pesquisar de onde ela vem. Se for nativa dos trópicos, por exemplo, calor e umidade são ideais. Se ela nascer no deserto, precisa de muito calor e sol.

LEIA TAMBÉM Dicas de como fazer horta em apartamento

3. Não tocar no solo antes de regar

A maioria das plantas domésticas requerem um solo seco entre 1 e 5 polegadas abaixo da superfície, antes de regá-las novamente. Uma boa dica é colocar o dedo no solo para saber quão seco ele está para evitar aguar demais e acabar matando sua plantinha.

Vasconcelos Odontologia

Somos pioneiros na técnica de implantes no Brasil, com uma história de mais de 20.000 implantes realizados. 
Em mais de duas décadas de experiência nos tornamos referência no segmento de implantes odontológicos, símbolo de qualidade, segurança e eficiência. Além disso, realizamos tratamentos completos de reabilitação oral e estética graças a uma equipe qualificada e multidisciplinar que trabalha de forma totalmente integrada. AGENDE SUA CONSULTA

4. Não limpar as folhas de sua planta

Quando colocarmos as plantas dentro de casa, não existem chuvas e ventos para ajudar a manter a poeira e demais sujeiras livres das folhas. Portanto, é recomendável limpar suas plantas com água pelo menos duas vezes por mês. Você pode usar um borrifador de água ou um pano úmido e limpar suavemente as folhas. Isso manterá a planta limpa, respirando e longe de pragas.

5. Transplantar em excesso

Uma regra geral para transferir uma planta para outro vaso é quando o solo fica seco apenas 1 ou 2 dias depois de você ter regado em abundância. Normalmente, é um sinal de que o vaso tem pouca ou nenhuma retenção de umidade e acaba ficando cheio de raízes. Quando você transplanta, acaba apenas aumentando o tamanho do vaso em alguns centímetros, o que não significa que as plantas crescerão mais rápido. Na verdade, isso significa mais solo e mais umidade, que podem levar à podridão das raízes se você não estiver regando as plantas cuidadosamente.

6. Esquecer de nutrir sua planta

Frequentemente esquecido, o fertilizante é muito importante para a saúde das plantas. Adube durante a temporada de crescimento delas, que normalmente é da primavera até o verão. No mercado, há diversos tipos de fertilizantes que fornecem fornecem nutrientes necessários para alimentar as plantas.

Fonte: Casa.com.br.

Arraial Gastronômico Beneficente em Boiçucanga reúne chefs em prol do Projeto Buscapé

Projeto Buscapé arma VI edição do Arraial Gastronômico em Boiçucanga

Boiçucanga, no litoral de São Paulo, vai ficar mais agitada nos dias 21, 22 e 23 deste mês. O motivo? O Projeto Buscapé, que existe desde 2006 e oferece aulas de culinária, além de atividades culturais e esportivas para crianças e jovens de baixa renda da região, organiza nessas datas a VI edição do Arraial Gastronômico, que tem como principal objetivo arrecadar dinheiro para o projeto criado pelo chef Eudes Assis.

Canjica com farofa de paçoca salgada do Chef Patisserie Igor Arantes.

Neste ano, vários chefs já confirmaram presença, entre eles Lucas Corazza, Marcelo Corrêa Bastos, do Jiquitaia, Igor Arantes do SoulDoce, Ivan Ralston, do Tuju, Juliano Valese, do Torero Valese, Norberto, do Frangó, Checho Gonzales, da Comedoria Gonzales – é a oportunidade de provar iguarias locais receitas premiadas  e saborosas como a Canjica com farofa de paçoca salgada(foto) do Chef Patisserie Igor Arantes. Tudo em clima de lá em casa, com música boa e animação nas alturas. Todos os pratos custarão entre R$5 e R$15 e a arrecadação será revertida em prol da instituição. Agende-se!

Arraial Gastronômico do Projeto Buscapé
Entre os dias 21 e 23 de julho – 19h às 0h
Praça do Por do Sol – Praia de Boiçucanga – São Sebastião – SP
Entrada Grátis

Fonte: http://glamurama.uol.com.br

O Brasil está entre os 10 locais do mundo com maior procura para a realização de tratamento odontológico.

Uma pesquisa da Patients Beyond Borders – editora americana de guias de viagem especializada nesse setor – colocou o país na 8ª colocação, conforme matéria da Revista Veja. E a cidade de São Paulo é o destino mas procurado pois além da cidade oferecer uma completa estrutura com hotéis, restaurantes, e museus há clinicas odontológicas de referência mundial.

Esse tipo de serviço no Brasil é tendência por duas razões principais: o câmbio favorável a quem recebe em dólar ou euro e a qualificação dos profissionais brasileiros, reconhecidos pela atenção aos detalhes, especialmente na área da Odontologia Estética.

Preparamos algumas dicas na hora de escolher a clínica para realizar os tratamentos em São Paulo.

  1. Atenção na escolha da Clínica

Procure locais que possam atender dentro da especialidade desejada e de forma rápida, já que, ao contrário dos habitantes locais, a pessoa que busca pelo turismo odontológico conta com menos tempo para finalizar o tratamento. É ideal que o espaço conte com estrutura própria, sendo capaz de realizar exames e procedimentos necessários sem perder tempo.

  1. Busque referências

Ao se escolher um tratamento de outro país, por vezes, é preciso confiar no trabalho do profissional e optar por um centro odontológico com valores como transparência, eficiência e comprometimento. Nesse caso, procure encontrar pessoas que tenham realizado tratamento na clínica e com os profissionais para saber como se sentiram e qual foi o resultado atingido.

Vasconcelos Odontologia

  1. Expertise na área buscada

Está interessado em fazer implante dentário ,  facetas de porcelana, clareamento dental ou outros procedimentos ligados à Odontologia Estética, por exemplo? Procure uma clínica que tenha uma ótima estrutura, profissionais experientes  que tenham expertise na área, com cursos e experiência de trabalho. Além disso, os materiais usados no tratamento precisam ser certificados.

  1. Localização

A localização da Clínica é importante para quem realiza turismo odontológico em São Paulo. Busque por lugares centrais e próximos aos pontos de metrô, o que torna seu deslocamento mais simples de ser feito e, por vezes, permite aliar o tratamento à facilidade de conhecer pontos turísticos.

  1. Alinhe tudo antes de viajar

Tenha todos os detalhes definidos antes da viagem: preço do tratamento; formas de pagamento; datas de consulta; período necessário de permanência, entre outros aspectos.

 

Sinais de que você está se tornando um verdadeiro CEO

Existem duas formas de se tornar CEO. A primeira e mais tradicional é se destacar na organização até chegar à maior posição de liderança possível. A segunda maneira – muito mais fácil – é começar o seu próprio negócio e se autonomear CEO.

Obviamente, subir os degraus do mundo corporativo leva anos de trabalho duro, assim como apoio e aprovação de pessoas dentro e fora da companhia. É um processo de avaliação como nenhum outro e, frequentemente, as pessoas que ascendem às maiores posições da empresa são capacitadas e experientes. Se autoproclamar CEO do seu próprio empreendimento, por outro lado, é fácil. E foi isso que Chris Myers, cofundador e CEO da BodeTree, especializada na gestão financeira de pequenos negócios, pensou ao fundar sua empresa aos 26 anos.

LEIA TAMBÉM Ter um sono tranquilo pode garantir um dia produtivo

O empreendedor afirma que seu cartão de visita avisava que ele era o CEO da empresa, mas que, na realidade, ele não possuía as habilidades de um líder. Foram necessários sete anos de trabalho duro e inúmeros erros para apenas começar a merecer o título.

Enquanto ainda tem um longo caminho a percorrer em sua jornada profissional, Myers afirma já ter conquistado sabedoria o suficiente para apontar as diferenças entre um verdadeiro líder e alguém que apenas se autodenomina CEO.

Você enxerga seu sucesso fazendo dos outros pessoas bem-sucedidas

Falsos CEOs se preocupam com eles mesmos e seus sucessos pessoais. Os verdadeiros líderes, por outro lado, definem sucesso como a habilidade de tornarem outras pessoas bem-sucedidas.

Steve Jobs afirmou certa vez: “Não faz sentido contratar pessoas inteligentes e dizer a elas o que fazer. Nós contratamos pessoas assim para que elas possam nos dizer o que fazer”. Obviamente, isso é algo mais fácil de dizer do que de fazer. Verdadeiros CEOs têm a habilidade de ajudar pessoas inteligentes a saírem de seus próprios caminhos e embarcarem em desafios para que eles possam ter a chance de compartilhar o quão brilhantes são.

Ótimos líderes podem alimentar a grandiosidade em outras pessoas e ajudá-las a alcançar suas “mais altas e melhores funções”. Segundo Myers, quando você perceber que está se preocupando em como explorar a grandiosidade da sua equipe, você já terá dado o primeiro passo na direção de se tornar um verdadeiro CEO.

Você transforma estratégia em ação em toda a empresa

Qualquer um pode apresentar uma ideia e executá-la. Entretanto, só um verdadeiro líder pode desenvolver uma estratégia e inspirar os outros a assumirem e executarem. “Eu lembro a primeira vez que dei esse passo vital na minha jornada de liderança. Há algum tempo, eu comandei pessoalmente o desenvolvimento de alguns produtos. Minha equipe complementaria meu projeto, mas eu era o único a trazer as ideias”, conta Myers.

A VO Experience é uma novidade da Clínica Vasconcelos. Nesta modalidade você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos. AGENDE SUA CONSULTA.

Segundo o CEO, isso mudou quando ele finalmente conseguiu contratar um verdadeiro diretor de tecnologia e deu a ele o poder para assumir o produto. Mais do que ditar características e exigências, ele passou seu tempo articulando e definindo a essência do que eles precisavam para cumprir a tarefa. O especialista conseguiu ter a mesma visão, ajustá-la de acordo com as necessidades e conduzir a execução.

A habilidade de inspirar os outros a tomarem uma atitude é rara, mas necessária se você espera se tornar um verdadeiro CEO.

Você assume a culpa, mas nunca o crédito

Myers afirma que costumava ser obcecado com a conquista dos créditos pelo sucesso da sua empresa. Ao olhar para o passado, ele percebe que seu desejo de agarrar o holofote era causado pela insegurança. “Eu sabia que não era um verdadeiro CEO e, portanto, precisava aproveitar todas as oportunidades possíveis para me provar para o mundo. Ao mesmo tempo, eu passava a culpa para os outros quando as coisas iam mal”, lembra.

Hoje, ele enxerga que verdadeiros CEOs dão créditos aos integrantes de suas equipes, mesmo quando eles próprios têm um papel significativo no sucesso da organização. De maneira semelhante, quando as coisas vão mal, eles são os primeiros a assumirem a culpa.

“O trabalho do CEO é convencer os membros de sua equipe de suas grandiosidades. O sucesso dele é o sucesso dessas pessoas. Quando algo vai mal dentro da organização, isso representa uma falha do líder”, diz Myers.

O empreendedor acredita que a verdadeira reviravolta na vida de qualquer líder é quando ele percebe que a questão não é ele. O trabalho do CEO é planejar para estimular e proteger as pessoas em seus cargos, para que eles possam crescer e ser produtivas. Então lembre-se: só porque seu cartão de apresentação diz “CEO”, não significa que você é um verdadeiro líder. Isso leva tempo, dedicação e um forte comprometimento com o sucesso alheio.

IMPLANTE DENTÁRIO – MITOS E VERDADES QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Se você já sofreu com a perda de dentes, é provável que o seu dentista tenha sugerido a realização de um implante dentário. O tratamento oferece benefícios não só para a estética do paciente, mas também para o bom desenvolvimento da mastigação e da fonética, deixando o paciente mais confortável na hora de sorrir, comer e falar.

Devido aos avanços odontológicos, não há mais motivos para sentir constrangimento ou limitações pela falta de um ou mais dentes.

LEIA TAMBÉM Implantes Dentários sob Sedação. Uma ótima opção para quem tem medo de dentista

Porém, circulam por aí muitos mitos e verdades sobre implantes dentários. É isso que vamos distinguir neste artigo, para que você possa realizar o tratamento com mais confiança e tranquilidade. Quer saber mais? Continue lendo e confira!

1. O IMPLANTE DENTÁRIO PODE SER FEITO EM QUALQUER PESSOA

Verdade. Mas antes disso, será necessária a realização de alguns exames de imagem, para verificar a estrutura óssea da boca do paciente, a fim de fazer a implantação correta.

Outra dúvida importante é em relação aos pacientes que possuem doenças cardíacas e diabetes. Eles também podem realizar o tratamento, desde que haja um controle da doença.

É relevante você saber também que o implante dentário é indicado para pessoas que já possuem o completo crescimento dos ossos, o que acontece entre a idade de 17 e 18 anos para mulheres e 18 e 19 anos para os homens.

2. O ORGANISMO PODE REJEITAR O IMPLANTE

Mito. Os implantes são feitos de titânio, o qual integra-se ao osso com facilidade, pois esse material é compatível com o tecido ósseo.

Os raros insucessos de um implante ocorrem devido a algum problema no pós-operatório ou em relação à qualidade óssea do paciente.

Esporadicamente acontecem problemas relacionados a infecções, mas isso pode ser evitado com a contratação de um profissional qualificado para a realização do implante dentário.

3. PACIENTES SEM OSSO PODEM RECEBER O IMPLANTE

Verdade. Eles podem realizar o implante dentário, mas antes é necessário que seja realizado um enxerto ósseo, o qual vai desenvolver a espessura do osso, a fim de possibilitar a implantação.


Vasconcelos Odontologia

CLÍNICA ESPECIALIZADA EM IMPLANTE DENTÁRIO EM SÃO PAULO E SANTOS .AGENDE SUA AVALIAÇÃO SE PREFERIR, AGENDE POR TELEFONE: 011 3059-9999 OU 013 3235-1642


Pode levar um tempo para que o enxerto se incorpore ao osso, mas é preciso respeitar esse período para que não haja complicações no tratamento.

4. O TRATAMENTO PODE SER FEITO COM A GENGIVA INFLAMADA

Mito. O tratamento não pode ser feito se a saúde bucal não estiver em dia. As inflamações na gengiva ocorrem principalmente devido à má higienização e às bactérias existentes na cavidade oral.

Se o procedimento for realizado sem a eliminação da inflamação, a doença pode se instalar no implante, fazendo com que o tratamento não alcance os resultados esperados.

5. QUANTO ANTES FIZER O IMPLANTE, MELHOR

Verdade. A espera para realizar o implante não pode acontecer, pois além de tornar o procedimento mais complexo, ele se torna mais oneroso também.

Isso porque quando o implante não é realizado logo no início da queda do dente, o osso perde a sua altura e espessura, sendo necessária a realização de um enxerto ósseo para que a instalação do implante não seja prejudicada.

6. O IMPLANTE DENTÁRIO É DOLOROSO

Mito. O implante dentário não é doloroso. No momento do procedimento o profissional aplicará anestesia no paciente, fazendo com que o mesmo passe por todo o tratamento sem nenhuma dor.

O que pode acontecer é que você sinta algum incômodo após o procedimento, mas não se preocupe, pois isso é normal e pode ser tratado com a utilização de anti-inflamatórios e analgésicos.

Quando você for realizar um procedimento como esse, muitas pessoas darão a sua opinião sem sequer ter passado pelo tratamento. Por isso, cuidado com as informações que você recebe de amigos ou familiares, fique atento ao que ensinamos aqui e realize o seu implante com tranquilidade.