Saiba mais sobre o abcesso dentário e suas causas

Tipos de abcesso dentário e suas causas

Entre as doenças periodontais, a gengivite é claramente a mais conhecida. Mas, na verdade, ela representa apenas o estágio inicial de uma infecção na gengiva. Isso porque, caso não seja tratada a tempo, essa gengivite pode evoluir para uma periodontite, ou ainda pior, gerar um abcesso dentário.

Tipos de abcesso dentário e suas causas

Na verdade, existem dois tipos de abcesso dentário. O abcesso periodontal é o acúmulo de pus justamente na gengiva decorrente de uma infecção bacteriana. Já o abcesso periapical acontece quando a infecção ocorre na raiz do dente.

Enquanto o primeiro tipo é causado por doenças periodontais avançadas, o abcesso periapical pode ser causado por casos avançados de cárie ou também por infecções ocorridas após a quebra ou ruptura de um dente.

Tipos de abcesso dentário e suas causas

O grande problema é que a formação de abcessos, tanto no dente quanto na gengiva, indica que a infecção já está em um estágio avançado, podendo evoluir para problemas maiores ainda, como a formação de abcessos em outros dentes ou até em outras regiões da face.

Sintomas de um abcesso dentário

Existem diversos sintomas de que uma pessoa pode ter um abcesso dentário. Alguns deles são o mau hálito e o gosto amargo e ruim na boca, ambos causados pelo pus, que nada mais é do que um acúmulo de bactérias infectadas. Os abcessos também podem causar dor, motivada pela forte infecção, o inchaço que provém dela e o pus.

Um aumento considerável na sensibilidade ao consumir alimentos muito quentes ou frios e ao mastigar também pode ser detectado, já que o abcesso também cria uma brecha entre a gengiva e o dente, expondo uma parte da dentina e deixando mais vulneráveis as terminações nervosas do dente.

Casos mais graves de abcesso dentário podem desencadear também os mesmo sintomas que infecções graves, como febre, enjoos, diarreia e calafrios.

Como é o Tratamento de um abcesso dentário

forma ideal de tratar um abcesso só pode ser definida por um dentista, já que se tratam de infecções em estágio já mais avançado e para as quais podem ser necessários tratamentos mais complexos, como o uso de medicamentos antibióticos para combater as bactérias, a drenagem e raspagem da região no caso de abcessos periodontais, ou tratamentos de canal em casos de abcessos nos dentes ou até a extração do dente em casos mais graves.

No entanto, é possível minimizar a dor e o avanço da infecção fazendo bochechos com água morna com sal depois das refeições, por exemplo.

O mais importante no entanto é prevenir que infecções e cáries cheguem a esse estado, o que pode ser feito, na maioria dos casos, através de uma boa escovação e do uso de fio dental diariamente.

Um sanduíche de espinafre e geleia orgânica de morango

Para quem procura praticidade e sabor de forma saudável e natural, o sanduíche de espinafre com queijo prato light e geleia orgânica de morango é a melhor opção para o seu dia a dia. Seja para completar um lanchinho no meio da tarde ou para fazer parte da última refeição do dia, essa simples receita é uma maneira saborosa para ingerirmos bons nutrientes em pouquíssimo tempo de preparo.

Sim, pouquíssimo tempo mesmo. Tudo o que você vai precisar são de 40 minutinhos do seu dia para preparar essa delícia saudável. Além disso, a combinação dos ingredientes principais desse sanduíche – o espinafre, o queijo prato light e a geleia de morango – é capaz de potencializar os valores nutricionais da refeição. Uns desses principais aumentos nutricionais são das fibras alimentares, substâncias responsáveis pelo bem-estar do organismo, favorecendo o trânsito intestinal, a digestão e a melhor sensação de saciedade.

Sanduíche de espinafre com queijo prato light e geleia orgânica de morango

Ingredientes

  • 1 pacote de pão integral com Chia com Macadâmia
  • 1 pacote de espinafre picado congelado
  • 1 colher (sopa) de azeite extravirgem
  • 1 cebola orgânica
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 colher (chá) de curcuma
  • 150g de ricota passada na peneira
  • 2 colheres (sopa) de requeijão light com fibras
  • Geleia de morango zero
  • 300g de queijo prato light

Fonte : www.conquistesuavida.com.br

Por que visitar as Antilhas Francesas

Muita gente tem necessidade de fugir durante o inverno. Então, que tal um pouco de cultura francesa e clima tropical? Há um pedaço do paraíso que, por enquanto, continua sendo um pouco secreto.

Esse destino é a Martinica, um lugar deslumbrante ainda não descoberto nas Américas. Nos mares orientais do arquipélago caribenho, ao norte de Santa Lúcia e ao sul de Dominica, fica o pequeno território francês. Faz parte do conjunto de ilhas das Antilhas Francesas, ao lado do arquipélago de Guadalupe, St. Barth e St. Martin.

O local representa uma fuga menos conhecida para algumas celebridades e viajantes perspicazes que focam na Europa e, muitas vezes, se referem a ele como a “pequena Paris das Índias Ocidentais”.

Cobrindo uma extensão de 684 quilômetros quadrados, a Martinica é o lar de um ecossistema tropical diversificado, praias deslumbrantes e uma mistura eclética de herança cultural crioula, africana, francesa e indiana – mas há mais do que isso. Você vai encontrar o coração da cultura crioula, que irá lhe agitar uma parte sua que está ansioso por algo diferente e desconhecido em torno das vastas águas azuis.

. Caminhe em um vulcão

Com dois terços da ilha sendo um parque protegido e 30% floresta tropical, a Martinica é um paraíso para os amantes da natureza, com o Monte Pelee sendo um dos destinos mais famosos. O vulcão opressivo e escultural, que entrou em erupção em 1902 causando a morte de aproximadamente 30 mil habitantes e destruindo a cidade de St. Pierre, permanece ativo até hoje.

Se você gostaria de seguir os passos das mulheres portuguesas que navegavam pelas encostas íngremes, desfiladeiros e densa vegetação para trocar seus produtos, recomenda-se fazer uma caminhada matinal, já que as nuvens geralmente ocultam as vistas de tirar o fôlego do cume. Você deve planejar o horário de preparação antes do amanhecer e garantir que o tempo esteja claro. Outras experiências memoráveis ​​ao ar livre incluem uma viagem para Les Gorges de la Falaise e suas magníficas cachoeiras e os jardins paradisíacos no Jardin de Balata.

Aproveite as praias

Com uma localização tão invejável, a Martinica é cercada pelo Oceano Atlântico e pelo Mar do Caribe. Se você está procurando por praias de areia branca perfeitas, então Les Salines e Plage du Coin Le Carbet, com o famoso restaurante de frutos do mar Le Petibonum, são algumas das alternativas mais populares. Já Anse Bonneville, na Península Caravelle, ao norte da ilha, e Basse Pointe, são ideais para surfistas.

 

Conheça a capital, a Riviera Francesa do Caribe

Apesar de ser a maior cidade das Índias Ocidentais Francesas e de ser moderna, Fort-de-France (a capital da Martinica) é um destino turístico elegante e discreto, que conseguiu manter o seu encanto “je ne sai quoi”. Boutiques chiques ao estilo parisiense na Rue Victor Hugo, restaurantes de luxo e o sedutor mercado Grande Marche, que vende uma grande variedade de delícias gastronômicas inspiradas no francês e no crioulo, misturam-se sem esforço ao lado de impressionantes marcos históricos.

A Cathédrale St-Louis, o Palais de Justice, a Bibliothèque Schoelcher e a base naval ativa do Forte St-Louis são excelentes exemplos da arquitetura colonial, art noveau, neo-gótica e romanesca-bizantina. O museu arqueológico pré-colombiano e pré-histórico da Martinica apresenta uma variedade de antiguidades indígenas e caribenhas.

Experimente o Agricole Rhum

Reconhecido internacionalmente por seu estilo único não industrial, o Agricole Rhum é uma delícia. Uma viagem à Martinica não estaria completa sem uma visita a uma de suas famosas destilarias. A St. James, por exemplo, abriga um dos únicos museus de rum do Caribe. O Habitation Clement é uma das plantações mais antigas e divide espaço com um museu de arte contemporânea e exuberantes jardins botânicos. A Rhum Depaz está situada no Monte Pelee, enquanto a Habitation Saint-Etienne está liderando o caminho em direção ao pioneirismo artesão, finalizando seu rum em barris.

Depois de aprender sobre como este tradicional rum de suco de cana fermentado é feito, você terá a oportunidade de degustá-lo, experimentando algumas de suas versões, muitas vezes infundidas com uma pitada de mel, manga e lima. Também são alternativas a Distillerie Clement Le Françoise, Depaz St Pierre e Trois Rivieres St Luce.

Viva como um nativo

Embora existam vários hotéis na ilha, que vão de resorts de luxo a chalés ecológicos, se preferir manter sua liberdade e privacidade reserve uma vivenda de luxo privada através de uma empresa especializada e absorva o ambiente em grande estilo. A Villa Courbaril foi a minha escolha, localizada na cidade de Marin, no lado sul da ilha, perto das praias da intocada costa caribenha. A villa fica no alto de uma encosta com vista para o mar do pátio dos fundos, onde há uma piscina infinita. Os belos sons dos pássaros e a brisa morna em Courbaril ofereceram o retiro perfeito.

Próteses dentárias: quais são os tipos e como funcionam

As próteses dentárias são soluções feitas nas medidas para aquelas pessoas que tiveram algum problema e precisam repor algum dente que foi extraído, que não tenha nascido ou até tenha se quebrado. Para isso, existem diferentes tipos de prótese dentária que se adaptam às necessidades específicas de cada paciente.

Próteses dentárias: quais são os tipos e como funcionam

Próteses dentárias: quais são os tipos e como funcionam

A prótese dentária total removível

Conhecida popularmente como dentadura, a prótese total removível é recomendada para casos em que houve perda de todos os dentes. Ela é feita a partir de moldagens que reproduzem a anatomia da arcada superior (maxilar) e da arcada inferior (mandíbula) do paciente. A solução tem estrutura removível e dentes de resina mais resistentes e ganhou tecnologia com o passar dos anos. Hoje é cada vez mais elaborada, buscando inclusive reproduzir cor, formato e tamanho dos dentes naturais como também a cor da gengiva.

Depois de pronta, a prótese fica apoiada sobre a mucosa, ou seja, na gengiva, o que facilita a colocação e a retirada da boca. Contudo, algumas pessoas ficam inseguras com a possibilidade de má fixação, problema que pode ser contornado com o uso de bons cremes fixadores. A higienização das próteses também demanda cuidados. Há inclusive pastas de dente específicas e a complementação da limpeza pode ser feita com produtos efervescentes disponíveis no mercado.

Próteses dentárias em são Paulo

A prótese dentária parcial removível

Esse tipo de prótese dentária pode ser utilizado por indivíduos que possuem um número razoável de dentes remanescentes. Não há necessidade de extrair ou desgastar os dentes que ainda estão na boca. No entanto, a saúde desses dentes precisa ser levada em conta, pois eles servirão de apoio para a estrutura metálica da prótese, que, na maioria das vezes, será confeccionada com ligas de cobalto e cromo.

A manutenção não é complexa, já que a prótese é retirada com facilidade da boca. Mas vale ressaltar que é preciso realizar a limpeza após todas as refeições.

A prótese parcial fixa

Popularmente conhecida como “ponte” ou “coroa”, a prótese parcial fixa é indicada normalmente para pessoas que perderam um número pequeno de dentes naturais e que apresentam pelo menos dois elementos dentários que possam ser utilizados como suporte (um posterior e um anterior) ao local em que a prótese será instalada. Nesse caso, os dentes naturais precisam ser desgastados, processo que pode comprometer sua estrutura.

Tradicionalmente confeccionadas em metal com porcelana, tiveram uma grande evolução tecnológica. Com a descoberta de novos materiais estéticos, em alguns casos, é possível confeccioná-las com estruturas não metálicas, caso da zircônia. Sua durabilidade está ligada diretamente à técnica correta de confecção, mas depende de maneira significativa dos hábitos de higiene. A limpeza deve ser criteriosa e precisa alcançar a estrutura do suporte de maneira efetiva, para que restos de alimentos não se acumulem ali.

prótese dentária flexível

A prótese flexível

São reconhecidas principalmente como alternativas às próteses parciais removíveis e produzidas em resina flexível, o que tira a necessidade da utilização de grampos e estruturas presentes nas próteses tradicionais. A tendência é que o resultado tenha aparência mais natural.

A utilização dessa modalidade é mais comum em idosos, como prótese provisória em casos de reabilitação ou mantenedores de espaço entre os dentes naturais.

prótese dentária sobre implantes

A prótese dentária sobre implantes

Instalados diretamente sobre o osso da maxila ou da mandíbula, os implantes osseointegrados funcionam como substitutos das raízes naturais dos dentes e servem como suporte para a prótese, que pode ser parafusada ou encaixada em cima deles. A colocação é feita em duas fases.

A primeira é a cirurgia, quando os implantes de titânio na forma de parafusos são fixados no osso do paciente. Na segunda fase, chamada de etapa protética, poderá ser instalada uma prótese fixa, parafusada nos implantes ou cimentada sobre uma estrutura metálica parafusada nos implantes, ou uma prótese removível, que deve se encaixar sobre retentores parafusados aos implantes.

Apesar de ser a alternativa que mais se assemelha aos dentes naturais e oferece mais segurança aos pacientes, quem sofre de doenças sistêmicas deve ter cuidado redobrado durante o tratamento. Males como a diabetes, o HIV, a osteoporose e a hipertensão podem prejudicar processos de coagulação e de cicatrização e deixam o corpo mais exposto a infecções.

Cada um é cada um

Lembre-se: qualquer tipo de tratamento para a colocação de uma prótese dentária deve ser feito sob orientação de um cirurgião-dentista. A avaliação do profissional conseguirá definir qual prótese deverá ser adotada, para que tanto os resultados estéticos quanto os ganhos na saúde bucal sejam efetivos.

Quando a plástica gengival é indicada?

 

Quando se pensa na harmonia do sorriso, muitas pessoas pensam imediatamente em problemas como o alinhamento dos dentes e se eles estão branquinhos ou não. Embora esses aspectos sejam essenciais para um sorriso mais bonito, muitas pessoas acabam se esquecendo do papel das gengivas nesse processo.

Quando o tamanho, espessura ou recorte dessa estrutura não é adequado, ela pode causar grande desconforto no sorriso, além de outros problemas como a sensibilidade.

Quando a plástica gengival é indicada?

Gengivas muito grandes, por exemplo, podem causar a impressão de que os dentes são pequenos, enquanto o oposto deixa visível a raiz dos dentes, causando um impacto estético bastante negativo.

É para combater esses problemas que surgiu a cirurgia plástica gengival, um procedimento relativamente simples e que pode recuperar a beleza do sorriso em apenas uma sessão.

A plástica gengival, também conhecida como gengivoplastia, é um procedimento cirúrgico odontológico que trata uma condição anatômica presente em algumas pessoas que, muitas vezes, afeta a sua auto estima. Essa condição é definida como um excesso de gengiva sobre a coroa (parte do dente exposta na boca) dos dentes, fazendo com que eles pareçam mais curtos do que na verdade são.

O fato de a gengiva cobrir boa parte dos dentes não causa nenhum problema de saúde. No entanto, alguns pacientes que apresentam o “sorriso gengival” se sentem desconfortáveis com a situação e procuram métodos para obter um sorriso mais bonito.

Quando a plástica gengival é indicada?

Quando a plástica gengival é indicada?

Malformações gengivais

Sejam elas crônicas ou então causadas por algum problema na saúde bucal, qualquer deformação nessa área pode comprometer totalmente a busca por um sorriso mais bonito.

Um problema comum é a forma irregular da gengiva, que causa uma desarmonia nos dentes, que parecem não estar totalmente iguais e do mesmo tamanho. Essa condição pode ser facilmente resolvida com um recorte simples nesse tecido, ajustando o contorno que ele faz nos dentes. O procedimento é conhecido como gengivoplastia.

Um outro caso que pode demandar a cirurgia plástica gengival é quando a espessura da gengiva é muito fina, podendo expor manchas indesejadas na região e causando um prejuízo estético.

Quando a plástica gengival é indicada

Hipertrofia gengival

A hipertrofia gengival é uma das principais causas do chamado sorriso gengival, que é quando a gengiva aparece de maneira excessiva no sorriso. Essa condição pode fazer parecer que os dentes são menores do que realmente são, além de comprometer o sorriso.

As causas para esse problema podem ser desde genéticas quanto decorrentes de alguns problemas, como a gengivite, alterações hormonais e até mesmo reação medicamentosa. Para reverter isso é feito um procedimento chamado gengivectomia, que é a retirada do tecido que está em excesso e o recobrimento da parte considerável do dente.

Retração gengival

A retração gengival ocorre quando a porção recoberta por esse tecido é pequena, podendo expor a raiz dos dentes e causando dores e sensibilidade, além do comprometimento estético.

Alguns fatores como a má escovação podem causar ou agravar o problema, que é um pouco mais difícil de ser solucionado. No procedimento corretivo ocorre a retirada de tecido do próprio paciente, normalmente do palato (céu da boca), e é feito um enxerto, recobrindo a área afetada.

Quando a plástica gengival é indicada

Há contraindicações do procedimento?

Um pré-requisito para a realização da cirurgia plástica gengival é a saúde bucal estar em dia. Caso contrário, o procedimento não deve ser feito, pois pode apresentar resultados indesejados e até mesmo agravar os problemas existentes.

Condições como cáries, gengivites, periodontites e outras doenças bucais devem ser tratadas antes de iniciado o tratamento.

Algumas outras contraindicações incluem gravidez, problemas na coagulação sanguínea, diabetes não controlada e hipertensão. Por isso, somente o dentista poderá avaliar o seu caso e indicar se essa opção é adequada ou não para você.

Agora você já sabe mais sobre o que é a cirurgia plástica gengival e para quem ela é indicada. Entre em contato conosco se quiser saber mais sobre o assunto ou marcar uma consulta para tratar o problema.

Chefs renomados descem a serra para arraial do bem no Litoral Norte

O VII Arraial Gastronômico do Projeto Buscapé já tem data para acontecer. Nos próximos dias 20, 21 e 22 de julho, a Praia de Boiçucanga, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, receberá um time de chefs estrelados para servir pratos variados durante os três dias de festa. As barraquinhas serão comandadas por Janaina Rueda, do bar da Dona Onça, Rodrigo Oliveira, do Mocotó, Marcelo Corrêa Bastos, do Jiquitaia e Vista Ibirapuera, Bel Coelho, do Clandestino, Carlos Bertolazzi, do Zena Caffé, além do confeiteiro Igor Arantes do SoulDoce

36225867_1720462098067232_5488718241486340096_n

A curadoria do evento é assinada por Eudes Assis, vice-presidente e coordenador de gastronomia do Buscapé, projeto que há dez anos promove atividades culturais, esportivas e culinárias para mais de 170 crianças carentes que moram na região.

download (3)

Todos os pratos custarão entre R$5 e R$ 20 e a arrecadação irá para a manutenção da sede que conta com instalações como cozinha para até 60 crianças, salas para artes marciais e uma área ao ar livre para atividades como yoga e artes plásticas.

 

Arraial Gastronômico do Projeto Buscapé
Entre os dias 20, 21 e 22 de julho – 19h às 0h
Praça do Pôr do Sol – Praia de Boiçucanga – São Sebastião – SP
Entrada Grátis

Facetas laminadas deixa seu sorriso mais bonito

Facetas laminadas deixa seu sorriso mais bonito

Ter um sorriso digno de atriz de novela é o sonho de muitas pessoas. Para alcançar dentes brancos e alinhados, vários procedimentos podem ser realizados, dentre eles, o clareamento é um dos mais famosos. Porém, nem todos podem realizar o clareamento dental. Esse tipo de procedimento não é recomendado se você tem restaurações da própria cor dos dentes, coroas ou facetas, pois o clareador não alterará a cor desses materiais, que ficarão aparentes no seu novo sorriso clareado. Nestes casos, o indicado é buscar outras opções.

As facetas têm sido febre entre os que buscam um sorriso cada vez mais perfeito. Facetas laminadas são camadas finas de porcelana ou de plástico coladas na face frontal dos dentes. Para dentes com problemas de coloração, lascados ou disformes, proporcionam um sorriso durável e agradável. Facetas laminadas são difíceis de serem manchadas, tornando-se cada vez mais populares.

Facetas laminadas deixa seu sorriso mais bonito em São Paulo

Facetas laminadas deixa seu sorriso mais bonito

Existem dois tipos de facetas laminadas:

•As facetas laminadas de porcelana (indireta), devem ser primeiramente produzidas em um laboratório, para depois serem ajustadas aos dentes, sendo necessárias no mínimo duas visitas ao dentista. Facetas laminadas têm duração de dez a quinze anos ou mais.

•As facetas laminadas compostas (diretas), são feitas em resina diretamente nos dentes, o que pode ser feito em apenas uma visita. Facetas laminadas de resina duram entre cinco a sete anos.

Facetas laminadas deixa seu sorriso mais bonito

Resinas: utiliza-se resinas compostas para a restauração de dentes lascados ou quebrados, para o preenchimento de espaços e remodelar ou colorir o sorriso. Após aplicar uma solução levemente corrosiva que desgasta ligeiramente a superfície dos dentes, o dentista aplica a resina e a esculpe, dando-lhe cor e forma para produzir o resultado satisfatório.

•Muitas pessoas escolhem restaurações de resinas ao invés de amálgama, porque a resina tem uma aparência mais natural, podendo ser alterada para igualar-se à cor do dente.

•Em comparação às restaurações em amálgama a desvantagem das restaurações em resina é o custo mais elevado.

Seu dentista pode lhe dizer se você é um bom candidato para facetas laminadas ou uso de resinas. Agende sua consulta aqui

Gengivas vermelhas e inchadas: os problemas podem estar relacionados à gengivite

Sintomas de gengivite

Estar atento à saúde bucal e visitar periodicamente o dentista vai muito além de garantir o benefício de ter um sorriso mais bonito. É a melhor maneira de prevenir complicações, entre elas a gengivite ou doença periodontal, que atinge severamente os tecidos de suporte e sustentação dos dentes.

Segundo o Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, a doença periodontal é uma das complicações orais mais prevalentes no mundo, e estima-se que em torno de 25% da população adulta seja afetada. Ficou curioso para saber quais são as causas? Acompanhe as informações que separamos!

Causas

Tudo começa com o acúmulo de placa bacteriana nos dentes. Quanto mais tempo a placa permanecer na boca, mais prejudicial é para a saúde dos dentes. As bactérias geram inflamação nas gengivas, deixando-as vermelhas, inchadas, podendo sangrar facilmente. Essa complicação é chamada de gengivite. 

A gengivite não gera perda de osso e tecido e pode ser revertida com escovação adequada, uso de fio dental diário e limpeza feita por um dentista. No entanto, quando a gengivite não é tratada, ela pode evoluir para a periodontite, caracterizada pela retração da gengiva, deixando a raiz dos dentes mais aparente. Sem o tratamento adequado, os ossos, as gengivas e o tecido que suporta os dentes ficam comprometidos.

gengivite ou doença periodontal,

Sintomas

Qualquer um dos sintomas abaixo pode sinalizar uma complicação séria, por isso é essencial conversar com o seu dentista para identificar se o problema está relacionado à gengivite ou outro fator:

  • mau hálito frequente;
  • gengivas vermelhas e inchadas;
  • sangramento das gengivas;
  • mastigação dolorosa;
  • dentes soltos;
  • dentes sensíveis;
  • retração gengival.

Tratamento de gengivite em Santos

Tratamento

O objetivo principal do tratamento é controlar a infecção e tratar as causas subjacentes, e pode variar de acordo com a extensão da doença periodontal.

Limpeza profunda

Neste procedimento a placa bacteriana é removida por meio de um método chamado de aplainamento de raiz e dimensionamento de profundidade, o qual permite eliminar focos difíceis de tártaro na raiz dos dentes.

Medicamentos

Eles podem ser recomendados para reduzir a inflamação das gengivas e do tecido circundante.

Tratamento de gengivite

Enxertos de ossos e tecidos

Estas cirurgias podem ser necessárias caso a inflamação e as bolsas profundas permanecerem mesmo após o tratamento com limpeza e medicamentos. No caso do enxerto de osso, o osso natural ou sintético é colocado na área da perda óssea para ajudar a promover o crescimento ósseo. Nas áreas em que o tecido gengival se perdeu, pode ser necessário um enxerto de tecido mole.

Os resultados de cada um dos tratamentos para doença periodontal podem variar, pois dependem de muitos fatores, entre eles o estágio em que a doença se encontra e o quão bem o paciente continuou o tratamento bucal em casa. Somente o periodontista é capaz de avaliar qual dos tratamentos pode apresentar um resultado mais eficaz, de acordo com cada caso.

Atitudes preventivas, como a correta higienização bucal, são fatores primordiais para minimizar os riscos de desenvolver a doença periodontal.

Protetor bucal ao praticar atividade física é importante?

Protetor bucal para praticar esporte

Antes de praticar qualquer esporte ou atividade física, é preciso pensar na segurança. E não estamos falando somente de joelheiras ou capacetes, mas da importância do protetor bucal.

Atletas profissionais, amadores, adultos e até crianças devem utilizar o protetor bucal. Mas por que é importante usar? Como ele funciona? Quais os tipos?

Protetor bucal para praticar esporte

Por que devo usar o protetor bucal para me exercitar?

Todo mundo sabe dos benefícios do esporte e das atividades físicas para a saúde. Porém, pouca gente se preocupa com os riscos para a saúde bucal associados a essas práticas.

Dependendo da modalidade, há riscos de acidentes como pancadas e fraturas no rosto, o que pode afetar os dentes, língua e maxilar. Dentes quebrados, por exemplo, precisam passar por restauração e, muitas vezes, por tratamento de canal.

Outro problema que esses impactos podem ocasionar é a reabsorção da raiz do dente, situação que demora para ser descoberta. Um trauma na boca pode fazer com que essa raiz se retraia, chegando a um ponto de não conseguir mais sustentar o dente.

Também pode ocorrer escurecimento do dente mesmo muito tempo depois da ocorrência de algum impacto.

Por isso, a necessidade de usar o protetor bucal, um dispositivo intraoral removível, que se encaixa nos dentes e oferece proteção contra impactos.

protetor bucal para ciclista

 

Para qualquer esporte

É comum pensar que a precaução só vale para esportes como boxe, MMA e outros de combate. Negativo! É importante usar o protetor bucal para qualquer esporte ou atividade, como ciclismo, ginástica, musculação, corrida, futebol, basquete, skate, entre outros.

Ao se exercitar, a nossa tendência é de forçar a mandíbula e travar os dentes, o que pode causar desgastes em sua superfície, nas restaurações e, até mesmo, nos implantes e próteses.

Isso pode levar ao bruxismo e à DTM (disfunção temporomandibular), situação que pode trazer vários problemas, como as fortes dores de cabeça. Com o uso do protetor, você evita todas essas complicações.

Protetor bucal para crianças

 

Crianças

Para as crianças, o protetor pode ser usado na prática de esportes e até nas brincadeiras em grupo. Vai evitar dentes quebrados que, mesmo de leite, podem prejudicar o desenvolvimento dos permanentes.

Como o protetor bucal funciona?

O protetor é desenvolvido para absorver o impacto de choques com objetos, pancadas e quedas, que podem acontecer facilmente nos esportes e atividades físicas.

Seu uso proporciona proteção da mandíbula e estruturas da boca, como dentes, lábios, língua, bochechas e ossos. Previne ainda fraturas no queixo, quedas e desgastes nos dentes, problemas na ATM (articulação temporomandibular) e até lesões cerebrais.

O mais interessante é que além de proporcionar a segurança para atletas, o protetor bucal garante ainda uma respiração adequada e estabilidade nos movimentos, visto que deixa mandíbula corretamente posicionada. Tudo isso traz aumento no rendimento!

Tipo de protetores bucais

  • Protetores de estoque ou universais: são feitos em tamanho padrão, por isso são mais desconfortáveis, porque não se encaixam perfeitamente na boca. Encontrados em lojas de material esportivo;
  • protetores pré-fabricados: são encontrados nos tamanhos pequeno, médio e grande. Sua durabilidade é baixa, não é muito confortável. Nessa linha, existem os termoplásticos, confeccionados em silicone. Sua aplicação é feita após o objeto ser fervido em água. Também são vendidos em lojas de material esportivo;
  • protetores customizados: feitos pelo dentista sob medida para cada pessoa, de acordo com sua arcada dentária. Apresenta um encaixe perfeito e espessura adequada, o que traz conforto e não prejudica a respiração e fala. É o mais indicado.

É importante destacar que o dentista especialista em disfunção temporomandibular é o profissional da Odontologia que possui o conhecimento e técnicas específicas para instalar e trabalhar com o protetor bucal.

Agora você já sabe da importância do protetor bucal para a sua segurança na prática de esportes e exercícios físicos. Traumas na boca podem causar, além de problemas estéticos, graves problemas em seus dentes e disfunções na ATM. Fique atento e exercite-se sem comprometer o seu sorriso!

Implante de dente: uma ótima solução estética e funcional

implante dentário em santos

Além da questão estética, a ausência de dentes compromete funções vitais do ser humano, como a mastigação e a fala. Nesse sentido, o implante de dente surge como uma tecnologia revolucionária para a manutenção de um sorriso bonito, saudável e funcional.

Para saber mais sobre as principais características e benefícios do implante dentário, continue a leitura!

Afinal, o que é um implante de dente?

Os implantes de dentes são pinos de titânio semelhantes a um parafuso, presos no osso maxilar ou mandibular, que sofrem o processo de osseointegração. Isto é, se unem ao osso do paciente, oferecendo assim um suporte estável. O implante ficará no lugar da raiz do dente que foi extraído ou quebrado e é nele que será instalado o dente artificial.

Os implantes representam uma verdadeira revolução na odontologia. Eles podem suportar a colocação de dentes artificiais da mesma forma que as raízes naturais, além de representarem uma ótima alternativa para as dentaduras. Estamos falando aqui do protocolo dentário, que é uma prótese fixa de todos os dentes instalada sobre implantes dentários. Saiba mais clicando aqui.

5 motivos para investir em um implante de dente

Devido aos inúmeros benefícios que oferece ao usuário, o implante dentário não é um gasto, mas sim um investimento. Abaixo, você vai explorar 5 motivos para investir no implante de dente:

1) Estética dental: atualmente, o implante de dente representa uma das melhores opções em estética dental, pois oferece maior naturalidade.

2) Funcionalidade: o implante dentário oferece ao usuário maior funcionalidade em atividades básicas do dia a dia, como a mastigação, a fala e, até mesmo, movimentos de abertura e fechamento da boca.

3) Higiene: a Implantodontia permite que a higienização feita pelos usuários torne-se mais fácil e eficaz.

4) Segurança: com o grande avanço tecnológico na área de Implantodontia, os tratamentos passaram a ser mais seguros e confortáveis para os pacientes. Atualmente, cirurgias sem incisões e sem pontos de sutura podem ser realizadas, desde que possuam um planejamento prévio e que sejam guiadas com o auxílio de diferentes tecnologias.

5) Rapidez: as novas técnicas e materiais do ramo da Implantodontia proporcionam ainda mais rapidez no processo. A técnica denominada Carga Imediata, por exemplo, permite a colocação da prótese dentária logo após a instalação do implante dentário.

A importância de uma clínica especializada para colocação do implante de dente

Por ser um procedimento que exige habilidades técnicas, é essencial que uma clínica especializada seja a responsável pela colocação do implante dentário. Uma cirurgia de implante de dente envolve diferentes etapas e cada uma delas é relevante para a garantia de um resultado final excelente.