O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia

O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia. O cenário é absolutamente deslumbrante: um lago cristalino com muitos tons de azul, rodeado por montanhas e florestas, que abriga dezenas de cidadezinhas, vilas históricas, igrejas centenárias, castelos medievais e casas coloridas. Sem falar na beleza das flores e na infinidade de cores, é indescritível.

Um pouquinho de informação: O lago de Como é o terceiro maior lago da Itália, depois do lago de Garda e do lago Maggiore. Trata-se de um lago glacial, ou seja, é formado pelas depressões das geleiras derretidas. É um dos lagos mais profundos da Europa, perto de Argegno atinge os 414 metros de profundidade.

Como ir de Milão a Como

Você pode ir de Milão a Como de carro ou de trem. De carro, basta pegar a estrada A9 Milano-Como-Chiasso que, depois de meia hora, 50 quilômetros e 4 euros muito bem gastos com pedágio, você estará em Como, aí é só colocar o carro no estacionamento ou nas áreas onde é permitido estacionar (há uma linha azul pintada no chão, se a linha for amarela não estacione, essas vagas são destinadas aos moradores de Como) e comprar o bilhete da zona azul na máquina (€ 2 a hora).

O trem para Como sai da estação Cadorna e da estação central, a passagem custa aproximadamente € 10 (ida e volta), o trajeto dura em torno de 1 hora e você desembarcará em frente ao lago (estação Como Nord Lago).

A companhia de trem que opera no lago de Como é a Trenord, a passagem pode ser comprada por internet, nas máquinas que estão dentro das estações de trem ou nos guichês. O preço é sempre o mesmo, comprando com antecedência ou diretamente no caixa.
Passeio de barco pelo lago de Como

São duas as opções de transporte pelo lago: os barcos particulares e os barcos públicos.
Os barcos particulares custam € 300 a hora e levam, em média, 12 passageiros. O preço é o mesmo, independente do barco que você escolher e da quantidade de pessoas que estiverem a bordo. Ou seja, se você estiver com um grupo de 4 pessoas, pagará € 300, se estiver com mais 1 pessoa, também pagará € 300.

Os barcos públicos percorrem as 40 cidadezinhas ao redor do lago e o preço das passagens varia entre € 1,30 e € 14,80, dependendo do trajeto escolhido e da época do ano. Os destinos sugeridos são a ilha Comacina, Bellagio, Laglio, Tremezzo e Varenna.

O passeio de barco de Como a Varenna tem a duração de, aproximadamente, 2 horas com o barco lento e de 1 hora com o barco rápido. De Varenna a Bellagio leva menos de 20 minutos. De Bellagio a Como são em torno de 2 horas com o barco lento (€ 10,40) e de 1 hora com o barco rápido (€ 14,80).

Fique atento à rota e aos horários dos barcos, embora saiam do mesmo local, os destinos e a duração dos passeios variam.

O bilhete do barco rápido é mais caro que o do barco lento.

O preço dos bilhetes e o horário dos barcos mudam de acordo com a época do ano.

Dica: se você quiser visitar mais de uma cidade, compre o bilhete de circulação livre (biglietto di libera circolazione), que custa € 25,8, é válido por todo o dia e o número de viagens é ilimitado.

Que cidades visitar no lago de Como

Bellagio – conhecida como a pérola do lago, é uma das cidadezinhas mais bonitas e mais românticas do lago de Como. As principais atrações são a Villa Serbelloni e o lindo jardim da Villa Melzi.
Como – com pouco mais de 90.000 habitantes, é a maior cidade do lago. Os principais pontos turísticos são as igrejas, a vila Olmo e o templo em homenagem ao cientista Alessandro Volta.

Qual é a melhor época para visitar o lago de Como: final de março ao final outubro, ou seja, primavera, verão e começo do outono. Alguns pontos turísticos como a ilha de Comacina, a vila Carlotta, a vila Melzi, a vila Monastero e o castelo de Vezio fecham nos primeiros dias de novembro e só reabrem no final de março.

Personalidades mundiais ensinam seus rituais matinais

Se a sua manhã consiste em acordar atrasado, levantar com pressa e sair de casa o mais rápido possível, é hora de mudar. Ter um ritual matinal saudável é importante para conduzir um bom dia, além de ajudar a recuperar as energias, trabalhar o foco e eliminar o estresse causado por uma manhã caótica.

Algumas das pessoas mais influentes do mundo cultivam hábitos saudáveis para iniciar um dia produtivo de forma positiva. O ex-presidente Barack Obama, por exemplo, pratica atividades físicas todas as manhãs, enquanto Arianna Huffington medita e a celebridade mais rica dos EUA, Oprah Winfrey, não abre mão de um café da manhã nutritivo.

Steve Jobs: Aumentar a motivação

Steve Jobs, cofundador da Apple, tinha uma rotina matinal simples e profunda. Todos as manhãs ele se olhava no espelho e perguntava: “Se hoje fosse o último dia da minha vida, eu gostaria de fazer o que tenho planejado para hoje?”. Ele explicou que, se a resposta fosse “não” por dias seguidos, significava que ele precisava mudar alguma coisa. Dessa mesma forma, Benjamin Franklin iniciava seu dia com a pergunta: “O que devo fazer de bom hoje?”. O cultivo desse simples hábito pode ajudar qualquer pessoa a manter a motivação e a seguir seus objetivos ao iniciar o dia de forma positiva e com um propósito.

A odontologia estética permite transformar o sorriso, realizando sua harmonização com as características faciais, rejuvenescendo e ampliando sua beleza e expressão.  Agende sua consulta

Barack Obama: Prática de exercícios físicos

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama começa todas as suas manhãs com exercícios físicos – musculação e aeróbico. De forma similar, o ritual matinal de Jack Dorsey, CEO do Twitter, envolve um treino de sete minutos, com três repetições. Tornar a atividade física parte regular da sua rotina é uma excelente forma de se energizar, melhorar a circulação sanguínea e queimar gordura. O hábito também acelera o metabolismo e melhora suas habilidades cognitivas.

Oprah Winfrey: Alimentar-se de forma saudável

Oprah Winfrey sempre conclui sua rotina matinal com um café da manhã nutritivo. “Não sou especialista em motores, mas sei de uma coisa: eles não funcionam sem combustível”, diz ela. “Nossos corpos são iguais, por isso me importo tanto com o café da manhã”, conta a apresentadora e estrela do novo filme “Uma Dobra no Tempo”. A refeição de Oprah consiste no equilíbrio de proteínas, gorduras e carboidratos complexos.

Cara Delevingne: Escrever

A atriz e modelo britânica Cara Delevingne inicia seu dia com uma rotina batizada de Morning Pages. A técnica está relacionada ao ato de escrever, pelo menos, três páginas, de forma consciente, assim que acorda. Essa é uma forma efetiva de controlar a desordem mental, aumentar o foco e desbloquear a criatividade

 

 

QUAL A RELAÇÃO ENTRE AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES E A SAÚDE BUCAL?

 

Especialistas em periodontia e cardiologia revisaram mais de 120 estudos médicos publicados e outros dados sobre o potencial associação entre  as doenças cardiovasculares e a saúde dental. Os resultados relataram o seguinte: a doença periodontal é um fator de risco para doença arterial coronariana, doenças dos vasos sanguíneos e artérias, além de oferecerem um risco maior para acidentes vasculares cerebrais e doenças obstrutivas dos membros inferiores.

Uma das hipóteses elaboradas pelos pesquisadores é que, talvez, os resquícios da parede celular das bactérias ao caírem na corrente sanguínea acabam provocando inflamações nos vasos sanguíneos, o que os deixa mais pré-dispostos a doenças obstrutivas, também causadas por processos inflamatórios.

 

PREPARAMOS UM EXPLICATIVO SOBRE CUIDADOS A CARDIOPATAS . LEIA MAIS 

Em relação aos problemas do coração propriamente ditos, a principal condição é a endocardite bacteriana.

Ela acomete principalmente as válvulas do coração, onde as bactérias se instalam e formam uma “vegetação” local, que acumula também glóbulos brancos, restos celulares e fibrinas.

Se não tratada a tempo, a endocardite irá destruir a válvula, que é essencial para o bombeamento do sangue. Ocorrerá, então, um quadro de insuficiência cardíaca aguda e grave. Atualmente, a mortalidade dessa doença está na faixa dos 30%.

QUAIS SÃO AS PRECAUÇÕES PARA UMA BOCA SAUDÁVEL?

  • Escove os dentes e passe fio dental regularmente: para remover as bactérias formadoras de placas, escove durante pelo menos dois minutos, duas vezes por dia, e não pule a hora do fio dental;
  • Escolha uma dieta saudável e rica em nutrientes essenciais (especialmente vitaminas A e C);
  • Reduza ou elimine o açúcar e os amidos;
  • Evite cigarros e tabaco: mesmo o tabaco sem fumo pode destruir suas gengivas e aumentar suas chances de doenças cardíacas;
  • Visite o dentista para limpezas regulares e exames: ele poderá identificar sinais de doenças sistêmicas e gengivais desde o início. Sempre diga a ele seu histórico médico, as condições atuais de saúde e qualquer medicação que você está tomando.

Portanto, a saúde bucal não é mera questão estética. Ela tem uma relação direta com a saúde de todo o seu corpo, principalmente, o coração. Ela está ligada ainda a outras doenças, como a glomerulonefrite nos rins. Então, se sua gengiva está dolorida ou sangrando com facilidade, é hora de procurar o seu dentista e começar uma rotina de higiene bucal adequada!

Alimentos que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares

Com a correria do dia a dia, é normal trocar um almoço equilibrado por fast food ou um sanduíche. E deixar a academia de lado e cair no sedentarismo, então, nem se fala, não é?

Se esses maus hábitos se tornam uma rotina, aumentam os fatores de risco para desenvolver doenças cardiovasculares – assim como ingestão de bebidas alcoólicas em excesso, obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes.

 

O consumo de muita gordura de origem animal, frituras, alimentos industrializados feitos com gorduras trans e de carboidratos refinados, predispõe ao acúmulo de placas de gorduras nas artérias dificultando a passagem do sangue, e aumentando assim, a pressão arterial e o risco de infartos e AVC .

LEIA TAMBÉM: Como uma boa alimentação pode ajudar na sua saúde bucal

Sementes como chia e linhaça, ricas em ômega 3, auxiliam na prevenção dessas doenças. Por conterem ômega 3, as sementes atuam na prevenção de doenças cardiovasculares, pois ajudam a diminuir o colesterol e a pressão arterial.

Uma alimentação balanceada rica em fibras, antioxidantes, com baixo teor de sódio, gorduras trans e saturadas, associada à prática de atividades físicas, o combate ao estresse e ao tabagismo, são medidas fundamentais para a saúde do coração.

Laranja

A laranja é rica em um tipo de fibra solúvel, a pectina. Essa fibra reduz a absorção do colesterol ingerido na dieta e diminui seu acúmulo nas veias e artérias. Também é boa fonte de potássio, mineral importante no controle da pressão arterial.

2. Couve

A couve é rica em antioxidantes, vitaminas A e E, além de magnésio e fibras. Esses antioxidantes diminuem a oxidação da gordura e a formação de placas de colesterol. O magnésio melhora a elasticidade das artérias e, consequentemente, a circulação, ajudando no controle da pressão arterial.

LEIA SOBRE CUIDADOS A CARDIOPADAS

3. Alho

O alho tem potente ação no controle da pressão arterial. Pesquisas mostram que o alho inibe uma enzima chamada angiotensina que tem papel vasoconstrictor. Com essa enzima inibida, os vasos são mais relaxados e o sangue circula melhor. As cápsulas de óleo de alho também tem esse efeito.

4. Vinho tinto e suco de uva

As uvas escuras são ricas em polifenóis, que melhoram a elasticidade dos vasos e ajudam e diminuir a formação de placas de colesterol.

cuidados com o coração

5. Chocolate amargo ou cacau

O cacau é rico em flavonoides, antioxidantes que diminuem a formação de placas de colesterol, ao mesmo tempo em que melhoram a flexibilidade dos vasos. Seu consumo está relacionado à redução da pressão arterial e também ao menor risco de infarto. Utilize 30g de chocolate amargo ao dia ou o cacau em pó na preparação de bebidas ou frutas.

6. Peixes de água marinha e profunda

O ômega 3, presente no salmão, atum ou sardinha, é fundamental para a saúde cardiovascular. Além de ser anti-inflamatório, esse tipo de gordura do bem diminui os níveis de triglicérides, aumenta os níveis de HDL e diminui o risco de arritmias. Para os que não comem peixe, a chia e a semente de linhaça são boas fontes de ômega 3.

7. Lentilhas

Estudos relacionam o consumo de leguminosas, com destaque para a lentilha, ao menor risco de doenças cardiovasculares devido ao alto teor de fibras, magnésio, potássio e ácido fólico, nutrientes relacionados ao controle da pressão arterial.

lentilhas - ajudam no combate a doenças cardíacas

8. Amêndoas

Amêndoas são fontes de gorduras insaturadas, um tipo de gordura que no fígado não é transformada em colesterol. Também tem fitoesteróis, que diminuem a absorção do colesterol da dieta.

9. Romã

Pesquisa feita em Israel mostrou que o consumo de suco de romã, devido aos seus antioxidantes, não só controlou a formação de placas de colesterol, mas também reduziu o entupimento das artérias. A sugestão de consumo é de 250ml do suco ao dia.

romas só ótimas no combate a doenças cardíacas

Trufas: joias preciosas dos amantes da boa cozinha

Entre as iguarias do mundo gastronômico, elas carregam uma posição de enorme destaque: sim, falamos das trufas, a joia preciosa dos amantes da boa cozinha. Não me canso de falar delas.

Elas se dividem entre as brancas e as negras. As brancas guardam uma personalidade selvagem – seu cultivo ainda não é possível, e isso a torna rara e cara: as mais famosas são as de Alba, na Itália, e podem custar até US$ 15 mil o quilo. Mas hoje vamos nos ater às negras, já que sua temporada no Brasil se aproxima, e podemos aguçar o paladar para sua chegada triunfal.

As Tuber melanosporum são características do norte da Europa, como as célebres regiões de Périgord, na França, e Nórcia, na Itália. Como seu cultivo é possível, elas são mais acessíveis – ainda que seu custo também seja um pouco alto, entre US$ 700 e US$ 2 mil o quilo.

No passado, as trufas foram consideradas afrodisíacas e também “coisa do diabo” e “comida de bruxa”

Além de seu terroir de origem, já há produções espalhadas por vários cantos do globo, casos de Austrália,
Nova Zelândia e aqui na América do Sul, no Chile.

As trufas negras são mais resistentes, têm superfície mais rugosa, podem ser lavadas e, no tamanho, variam de uma noz até uma batata grande. A colheita vai de novembro a março e, devido aos trâmites de importação, só agora começam a chegar por aqui.

E, no que interessa ao nosso paladar, as “pérolas” ou “diamantes negros”, como também são conhecidas, têm sabor e aroma mais intensos – e, por suportarem melhor o calor do fogo, ganham ainda mais pontos nesses quesitos. Para tirar melhor proveito da iguaria e desfrutar toda sua potencialidade, são elas que devem brilhar na receita. Esqueça excentricidades ou qualquer outro ingrediente que possa atrapalhar seu protagonismo no prato. Leve a simplicidade ao pé da letra. Isso significa um ovo frito de gema mole, batatas ou aspargos. Outro casamento perfeito é dispor lâminas de trufas raladas na hora em massas preparadas na manteiga, risotos e polentas – sempre dos mais neutros, do tipo “só com um queijo”. O que deve sobressair, sempre, é o aspecto trufado da composição. Para os que não dispensam a carne, a pedida é apostar em bem talhadas fatias de carpaccio ou em um filé alto do tipo tornedor.

Produtos trufados, como azeites, manteigas e cremes, também são uma ótima maneira de ter sempre à mão, o ano todo e por um custo acessível, um pouco dessa joia da natureza.

Você sabia?

As trufas já foram consideradas afrodisíacas na Antiguidade e viraram “coisa do diabo” e “comida de bruxa” na Idade Média. Segundo registros históricos, o mito caiu por terra e o consumo só voltou ao normal graças ao rei Luís XIV, que era um amante da iguaria.

E não é lenda: cães e porcos são os melhores caçadores desses fungos que nascem nas raízes de determinadas árvores, como carvalho, salgueiro e tília. Você pode participar de uma caçada quando estiver na Europa. Na Itália, por exemplo, há empresas que organizam tours em regiões famosas por suas trufas, como Umbria, Piemonte e Toscana.

Se você tiver que cuidar de uma, por uma semana que seja, procure manuseá-la o mínimo possível até que a feliz data de levá-la à boca chegue. É importante mantê-la segura contra a ação do tempo em um recipiente fechado e sobre uma camada de grãos de arroz – isso ajuda no controle da umidade. Por fim, dica de ordem: limpar e ralar, só na hora que for usar.

O 5 melhores museus de automóveis da Alemanha

Além de ver os carros em exposição, você vai conhecer prédios futuristas e até mesmo dirigir um Porsche! Apertem os cintos e confira!

Os carros alemães são conhecidos mundialmente pela sua qualidade e tecnologia. O país é um dos maiores produtores de carros do mundo. E uma das maneiras que as grandes montadoras fazem para fortalecer sua marca é proporcionar uma experiência única ao consumidor através de seus museus. A começar pela arquitetura arrojada e moderna.

Vamos mostrar os 5 principais museus de carro espalhados pela Alemanha. Para os amantes da velocidade, dá para encaixar no roteiro uma esticadinha de 2 horas de Berlim ou Munique.

1) A fábrica transparente da VW

Localizada em Dresden, no leste da Alemanha e a 2 horas de Berlim, essa fábrica chama a atenção por dois motivos. Primeiro pela sua arquitetura, onde as paredes são de vidro. Segundo porque fabrica apenas três modelos (Phaeton, Touareg e CC) onde junta alta tecnologia com um toque artesanal. Diz-se que cada veículo produzido ali é único. Além disso, os compradores desses carros podem optar por retirar o carro direto da fábrica!

O Tour (em inglês) custa 7 euros por pessoa. Criança menor que 7 anos não paga. Recomenda-se agendar pelo site com antecedência.

Mais informações no site (em inglês) – estão reformulando o tour, pois a produção do modelo Phaeton será encerrada no final de Março de 2016.

http://www.glaesernemanufaktur.de/en/home

LEIA TAMBÉM: O Brasil está entre os 10 locais do mundo com maior procura para a realização de tratamento odontológico.

2) Autostadt – A cidade do Automóvel

Já que começamos a falar da VW, vamos conhecer agora a Autostadt, que em livre tradução significa “A cidade do automóvel”. Ela fica a 2 horas de carro de Berlim, em Wolfsburg, no norte da Alemanha, onde está localizada a sede da empresa. Além de um museu, ela é o maior centro de entrega de veículos do mundo. Quando se compra um carro da Volkswagen na Alemanha, pode-se escolher se quer retirar na concessionária ou na própria Autostadt.

Como eles mesmo dizem, “uma visita à cidade dos automóveis é uma viagem ao mundo da mobilidade”. Tem atividade para tudo quanto é gosto! Com o ingresso para um dia, você tem acesso ao museu do automóvel. São mais de 60 marcas diferentes que marcaram época espalhadas por 5 andares. O complexo inclui pavilhões com arquiteturas diferentes que representam a marca que dão o nome (por exemplo, pavilhão Porsche). Além disso, pode-se visitar a fábrica, mas depende da disponibilidade (tente reservar um lugar assim que chegar lá). Custa 15 euros por pessoa. Crianças de 6-17 anos pagam 6 euros. Abaixo de 6 anos a entrada é gratuita. Se comprar online ganha 5% de desconto. Pode-se pegar gratuitamente um carrinho de bebe (mediante a um calção).

VO Experience. Nesta modalidade você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos. AGENDE SUA CONSULTA

Um dos ícones desse complexo são as duas torres de vidro onde os carros são entregues aos clientes através de um sistema automatizado. Você pode andar no elevador e ver de perto esse sistema que impressiona. Custa 8 euros por pessoa. Crianças de 6-17 pagam 4 euros. Abaixo disso não pagam, mas tem que ter pelo menos 1 metro de altura. Para ter acesso às torres, tem que ter o ingresso para um dia.

Por último, você pode dirigir uma SUV na pista que simula todos os tipos de terrenos e obstáculos. Custa 25 euros para dirigir um Tiguan ou Yeti (Skoda) e 35 euros para pilotar uma Touareg ou Amarok. Não esqueça sua carteira de motorista!

Para maiores informações, acesse o site do museu (em inglês)

http://www.autostadt.de/en/explore-theautostadt/

3) Museu da Mercedes-Benz

Inaugurado em 2006 em Stuttgart, no sul da Alemanha, é o único museu do mundo que documenta os mais de 125 anos da história do automóvel em uma linha do tempo. Com seu formato circular, você é levado ao último andar onde desce por uma rampa em espiral até o térreo. Em aproximadamente 2 horas você consegue ver tudo. Custa 8 euros por pessoa. Crianças até 15 anos não pagam. Pode-se emprestar carrinho de bebe (deixa-se 20 euros como calção).

Atenção: o museu fecha às segundas feiras.

Para mais detalhes, acesse o site do museu (em inglês)

https://www.mercedes-benz.com/en/mercedes-benz/classic/museum/visitor-information/

 

4) Museu do Porsche

Tem algum carro alemão mais icônico que o Porsche? Nesse museu você vai fazer uma viagem ao tempo e conhecer a história dessa marca – dos carros mais antigos aos novos lançamentos! Você também pode combinar com uma visita à fábrica. Está incluída na entrada do museu, mas precisa ser agendada com antecedência por telefone ou email.

Pode-se até agendar para dirigir um Porsche por 1 hora! A partir de 69 euros, você pilota um dos modelos premiados. A entrada do museu custa 8 euros por pessoa. Crianças abaixo de 14 anos não pagam. Localização: Stuttgart

Atenção: o museu fecha às segundas-feiras.

Para agendamentos e mais detalhes, acesse o site (em inglês)

http://www.porsche.com/museum/en/

Não tem planos para ir pra Stuttgart tão cedo? Que tal fazer um tour virtual? Acesse o link abaixo!

http://www.porsche.com/all/transitional/museum/kugelpanoramen/Tour_Porsche_high_res/Museumstour_hr_en.html

5) BMW Welt – O Mundo BMW

 

Localizado em Munique, cidade sede da empresa, o “Mundo BMW” (em tradução livre) oferece uma gama de experiências. Se você gosta de arquitetura, pode começar com um tour para conhecer um pouco mais sobre a construção do prédio, o que seu design significa e até mesmo um pouco da complexa logística de entregar carros para o mundo inteiro. A entrada é gratuita, mas o tour custa 7,5 euros e dura aproximadamente 1 hora.

Já no museu da BMW, você pode ver de perto os carros, motos e motores que fizeram essa marca tão conhecida. Se preferir saber os detalhes, faça um tour guiado de aproximadamente 1 hora. Um expert contará as histórias dos modelos.

O Tour custa 13 euros por pessoa (já incluída a entrada do museu). Apenas o ticket do museu custa 10 euros por pessoa. Crianças de 6-18 anos pagam 7 euros. A entrada é gratuita para menores de 6 anos.

Atenção: o museu fecha às segundas-feiras.

Se você quiser ver os bastidores da construção de um BMW, pode-se fazer um tour pela fábrica. Visite todos os processos de produção, das prensas à linha de montagem. Diariamente são produzidos +950 carros e +3000 motores nessa fábrica. Devido à alta procura, é extremamente recomendável agendar seu tour na fábrica com 3 meses de antecedência. Custa 8 euros e dura aproximadamente 2,5 horas.

Atenção: A fábrica não está aberta à visitação durante os finais de semana.

Para mais informações, acesse o site (em inglês)

http://www.bmw-welt.com/en/visitor_information/index.html

Ter um sono tranquilo pode garantir um dia produtivo

Sono tranquilo 2017

Brian Rashid, especialista em comunicação e promoção da imagem de grandes marcas, costumava enxergar o sono como um fardo. Ele sempre soube que era algo que ele precisava, mas não imaginava o quanto a falta dele diminuía sua produtividade.

 

Com o tempo, Rashid foi percebendo que boas horas de sono melhoravam o seu desempenho. Entretanto, o modo como ele consegue dormir de seis a oito horas não segue sempre um padrão.

LEIA TAMBÉM: Meditação ajuda a evitar o adiamento das tarefas

O especialista conta que não tem um horário estabelecido para dormir. Existem muitas coisas em seu dia que acabam impedindo a definição de uma rotina regrada. Porém, ele encontrou um método que considera eficiente para garantir sua produtividade.

1. É tudo uma questão de gerenciamento

Pense no seu sono como um banco. Você tem uma certa quantia que precisa para sobreviver e estar confortável, mas entrar no negativo seria muito prejudicial. Todo mundo sabe que são necessárias entre seis e oito horas de sono, mas ninguém falou que elas precisavam ocorrer durante a noite. Na verdade, muita gente dorme em outros horários.

2. Estabeleça uma rotina relativa

Rashid usa o termo “rotina relativa” porque, atualmente, é quase impossível ter uma rotina no dia a dia. Entretanto, até uma agenda mais flexível precisa acomodar uma quantidade razoável de expectativas. Para ele, é vital ter, pelo menos, entre quatro e seis horas de sono seguidas. O ciclo dos sonos REM (“movimento rápido dos olhos”) dá ao cérebro um tempo para descansar, o que é crucial para otimizar a produtividade. Mas como, às vezes, sua ida à cama é adiada, Rashid costuma ajustar seu dia seguinte para encaixar pelo menos uma ou duas horas de descanso. Pense um ou dois dias adiante para se planejar.

As facetas laminadas e lentes de contato têm um altíssimo
poder de transformação: quando cimentadas sobre os dentes
naturais, modificam sua cor, formato, textura e brilho,
trazendo uma aparência completamente renovada. Leia mais 

Rashid diz que mesmo sendo mais flexível com seu cronograma de sono, é importante estabelecer certas restrições. Mudanças drásticas podem fazer você perder a produtividade ao mesmo tempo em que seu corpo perde a noção de que está cansado. Além disso, você pode se despedir de finais de semana em que dorme o dia inteiro, já que isso pode desregular todo o seu relógio biológico.

Outra sugestão é que você, constantemente, tente reduzir o tempo que leva para conseguir ficar confortável o suficiente para adormecer. Rashid percebeu que levava de duas a três horas só para conseguir isso. Para diminuir esse tempo, ele se dedicou a desenvolver a mesma rotina noturna diariamente.

Faça uma lista de músicas relaxantes, prepare um chá ou qualquer outra coisa que ajude a encontrar o seu ritmo noturno. Uma vez que conseguir, você irá ganhar de volta horas preciosas durante a noite.

3. Otimize as partes mais produtivas do seu dia

Vivemos em uma era na qual as pessoas experimentam seus auges em diferentes momentos do dia. Algumas delas são mais criativas à noite, enquanto outras conseguem dar o seu melhor no começo da manhã. Qualquer que seja o caso, utilize o tempo em que se sente melhor. Você não apenas vai notar um aumento no foco, criatividade e produtividade, como ainda vai se libertar da pressão de tentar realizar alguma coisa apenas porque é a “hora normal para fazer aquilo”. Não existe uma hora certa, mas sim a sua hora.

Outra boa sugestão é trabalhar nas coisas que você faz e que ajudam na sua produtividade. Algumas pessoas, por exemplo, sentem que trabalham melhor depois de malhar, mas só podem ir à academia durante a tarde. É normal adotar um método não-convencional, desde que ele produza resultados eficientes.

4. Invista em tornar o ambiente no qual dorme o melhor possível

Esta é uma dica realmente simples – e uma das partes vitais da regulagem do sono. Se você vai mudar a sua rotina, vai precisar de um ambiente sólido para fazer isso, então invista em coisas que vão te ajudar a dormir o mais rápido possível.

Werner afirma que tinha isso em mente quando criou a GhostBed. “Como um atleta, eu sou muito consciente das qualidades de um colchão que oferece um sono de qualidade. Nesta indústria há mais de 15 anos, eu criei e vendi colchões de todos os tipos. Entretanto, hoje eu acredito que o colchão ‘memory foam’ (feito de espuma viscoelástica) é o melhor. Ele consegue “respirar” e manter a pessoa com uma temperatura agradável a noite toda.”

NO DIA MUNDIAL DO LIVRO NADA MELHOR QUE ALGUMAS DICAS DE LEITURA

Você é aquele leitor que faz uma lista de desejo para ter muitos livros para ler nos próximos meses? A gente entende, pois também gostamos muito de estar com um clássico livro nas mãos. Ou descobrir novos escritores e curtir as suas obras. Confira as dicas que preparamos para você

O Homem Mais Inteligente da História

Augusto Cury entre os melhores, mais uma vez!

Mais um livro de Augusto Cury entre os melhores de 2017! Nele, o psicólogo e pesquisador Marco Polo fez um estudo sobre mente e gestão da emoção. Depois de passar por uma perda pessoal, ele viaja a Jerusalém, e lá surge a pergunta: Jesus gerenciava sua própria mente? Marco, ateu, responde que religião e ciência não se misturam. Mas, curioso, decide estudar a inteligência de Cristo em relação às ciências humanas. Esse estudo foi bastante surpreendente, e suas próprias crenças passaram a ser questionadas.

Orgulho e Preconceito

Muito além de uma história de amor

A história de amor entre Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy torna-se muito mais envolvente graças à criatividade (e inteligência) da autora Jane Austen. Nesse livro, encontramos diálogos ágeis e, diversas vezes, até irônicos. Vale destacar que a obra faz uma divertida crítica aos costumes sociais da época. Não por acaso, é considerado um dos melhores livros até os dias de hoje.

Cem Anos de Solidão

Há muitos anos sendo um dos melhores livros

Finalizamos a nossa lista de melhores livros com uma das obras mais importantes da Literatura Latino-americana. Nesse livro, do escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez, conhecemos a família Buendía, e seus momentos de fracasso ou sucesso. Acontece que essas pessoas têm algo em comum: a solidão, mesmo vivendo em grupo. É um livro com muitos personagens, então vale ficar atento a cada um deles – e aproveitar a riqueza da obra!

A Garota Exemplar

Um livro de suspense que vai te prender do início ao fim

No quinto aniversário de casamento de Amy e Nick Dunne, algo estranho acontece. Amy desaparece da casa que fica à margem do rio Mississipi e, ao que tudo indica, seu marido é o principal suspeito do que aparenta ser um assassinato. Ao mesmo tempo que afirma inocência, Nick começa a desvendar mentiras e comportamentos estranhos que o rodeia. Afinal, se não foi Nick e não tinha mais ninguém com eles…. Onde está Amy?

Bebês sorriem para verem suas mães sorrindo de volta, segundo estudo.

bebês sorriem para ver maes sorrirem

Muitos bebês têm o hábito de sorriem quando alguém mexe com eles, e existe uma explicação para isso: ver a outra pessoa sorrindo em troca. De acordo com um estudo realizado por uma equipe de psicólogos do comportamento, cientistas de computação e especialistas em robótica dos Estados Unidos este sorriso não ocorre de forma espontânea, mas trata-se de uma artimanha do bebês.

Os pesquisadores analisaram o comportamento de 13 mães com seus bebês, com idades entre um e quatro meses, observando a frequência em que ambos sorriem. Após colherem os resultados, os cientistas utilizaram um programa específico para avaliar as expressões dos pequenos e detectou se havia algum objetivo ao sorrir. Eles descobriram que 11 bebês sorriram intencionalmente, à espera de outros sorrisos.

Além disso, eles construíram um bebê robô, nomeado de Diego-San, para se comportar igual aos bebês estudados e pediram para seus alunos de graduação interagirem com o robô. Os resultados mostram que o bebê-robô fez com que as pessoas sorrissem com muita frequência, embora o robô não tenha sorrido tanto.

ODONTOLOGIA DE ALTA PERFORMANCE EM SÃO PAULO E SANTOS. CONHEÇA A VASCONCELOS ODONTOLOGIA.
www.vasconcelosodontologia.com.br

O estudo, publicado na revista de publicações científicas Plos One, revelou que a tática dos bebês funcionam muito bem, eles sabem exatamente a hora de sorrir e por quanto tempo devem fazê-lo, para que possam atrair a atenção das mães por um longo período.

Embora a amostra tenha sido pequena, para os pesquisadores a descoberta pode ter benefícios futuramente.”Não é você que controla o bebê e faz com que ele sorria, é ele que te controla e faz você sorrir”, disse o pesquisador Javier Movellan, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

Fonte: Portal Minha Vida

Segundo novo estudo, tirar selfies pode ajudar a melhorar o seu humor

selfies melhoram o seu humor

Está se sentindo para baixo e quer melhorar seu humor? Experimente tirar uma selfie ou uma foto de algo que te deixe feliz. A sugestão é de um estudo publicado recentemente no periódico científico Psychology of Well-Being. De acordo com um relatório do Google, em 2014 foram postadas, em média, 93 milhões de fotos por dia em celulares com sistema operacional Android. Outro levantamento, do Centro de Pesquisa Pew, nos Estados Unidos, mostrou que mais de 91% dos adolescentes já publicaram uma foto online.

Ao contrário dos estudos anteriores, que associaram as amadas e ao mesmo tempo odiadas selfies a problemas de auto-estima, narcisismo e até a distúrbios psiquiátricos, a nova pesquisa sugere que elas podem ser aliadas do bem-estar.

CUIDE DO SEU SORRISO COM QUEM É EXCELÊNCIA EM TRATAMENTO HÁ MAIS DE 25 ANOS. CONHEÇA A VASCONCELOS ODONTOLOGIA.
www.vasconcelosodontologia.com.br

No novo estudo, pesquisadores da Universidade da Califórnia em Irvine, nos Estados Unidos, analisaram durante uma semana a rotina e o humor de 41 estudantes – 28 mulheres e 13 homens – que estavam em seu primeiro ano de graduação. Nesse período os participantes documentaram em um aplicativo seu humor e possíveis eventos que poderiam ter influenciado a forma como eles estavam se sentindo, três vezes por dia. Antes dessa fase os estudantes também responderam um questionário com diversas informações sobre sua vida e sua rotina.

Com o objetivo de compreender os efeitos do ato de tirar fotos sobre o bem-estar em três áreas: auto-percepção, auto-eficácia e pró-social, nas três semanas seguintes, os estudantes foram divididos em três grupos e, junto com o relato de como estavam se sentindo, os participantes deveriam tirar uma foto. A diferença entre os grupos era o ‘tipo’ de foto que deveria ser tirada: um deveria tirar selfies sempre sorrindo, o outro deveria tirar foto de algo que o deixa feliz e o terceiro deveria tirar foto de algo que faria alguém feliz e mandar essa imagem para a pessoa.

No final desse período, os pesquisadores tinham reunido quase 3.000 ‘status’ de humor dos participantes. Embora os resultados tenham mostrado uma melhora no humor de todos os grupos houve uma pequena diferença na forma como esse bem-estar se manifestou. Os participantes que foram designados a tirar selfies diárias se tornaram mais confiantes e confortáveis consigo mesmos. Já aqueles que deveriam tirar fotos de objetos que os deixavam felizes estavam mais reflexivos e apreciativos. Por fim, os estudantes que tiraram fotos de coisas que deixaram outras pessoas felizes ficaram mais calmos e disseram que a conexão com os amigos e a família ajudou a aliviar o stress.

“Você vê um monte de relatos na mídia sobre os impactos negativos do uso da tecnologia … mas na última década houve um grande esforço para estudar o que se chama de ‘computação positiva’, e eu acho que esse estudo mostra que ás vezes os nossos aparelhos eletrônicos podem oferecer benefícios aos usuários”, disse Gloria Mark, uma das autoras do estudo.

Fonte: Veja