O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia

O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia. O cenário é absolutamente deslumbrante: um lago cristalino com muitos tons de azul, rodeado por montanhas e florestas, que abriga dezenas de cidadezinhas, vilas históricas, igrejas centenárias, castelos medievais e casas coloridas. Sem falar na beleza das flores e na infinidade de cores, é indescritível.

Um pouquinho de informação: O lago de Como é o terceiro maior lago da Itália, depois do lago de Garda e do lago Maggiore. Trata-se de um lago glacial, ou seja, é formado pelas depressões das geleiras derretidas. É um dos lagos mais profundos da Europa, perto de Argegno atinge os 414 metros de profundidade.

Como ir de Milão a Como

Você pode ir de Milão a Como de carro ou de trem. De carro, basta pegar a estrada A9 Milano-Como-Chiasso que, depois de meia hora, 50 quilômetros e 4 euros muito bem gastos com pedágio, você estará em Como, aí é só colocar o carro no estacionamento ou nas áreas onde é permitido estacionar (há uma linha azul pintada no chão, se a linha for amarela não estacione, essas vagas são destinadas aos moradores de Como) e comprar o bilhete da zona azul na máquina (€ 2 a hora).

O trem para Como sai da estação Cadorna e da estação central, a passagem custa aproximadamente € 10 (ida e volta), o trajeto dura em torno de 1 hora e você desembarcará em frente ao lago (estação Como Nord Lago).

A companhia de trem que opera no lago de Como é a Trenord, a passagem pode ser comprada por internet, nas máquinas que estão dentro das estações de trem ou nos guichês. O preço é sempre o mesmo, comprando com antecedência ou diretamente no caixa.
Passeio de barco pelo lago de Como

São duas as opções de transporte pelo lago: os barcos particulares e os barcos públicos.
Os barcos particulares custam € 300 a hora e levam, em média, 12 passageiros. O preço é o mesmo, independente do barco que você escolher e da quantidade de pessoas que estiverem a bordo. Ou seja, se você estiver com um grupo de 4 pessoas, pagará € 300, se estiver com mais 1 pessoa, também pagará € 300.

Os barcos públicos percorrem as 40 cidadezinhas ao redor do lago e o preço das passagens varia entre € 1,30 e € 14,80, dependendo do trajeto escolhido e da época do ano. Os destinos sugeridos são a ilha Comacina, Bellagio, Laglio, Tremezzo e Varenna.

O passeio de barco de Como a Varenna tem a duração de, aproximadamente, 2 horas com o barco lento e de 1 hora com o barco rápido. De Varenna a Bellagio leva menos de 20 minutos. De Bellagio a Como são em torno de 2 horas com o barco lento (€ 10,40) e de 1 hora com o barco rápido (€ 14,80).

Fique atento à rota e aos horários dos barcos, embora saiam do mesmo local, os destinos e a duração dos passeios variam.

O bilhete do barco rápido é mais caro que o do barco lento.

O preço dos bilhetes e o horário dos barcos mudam de acordo com a época do ano.

Dica: se você quiser visitar mais de uma cidade, compre o bilhete de circulação livre (biglietto di libera circolazione), que custa € 25,8, é válido por todo o dia e o número de viagens é ilimitado.

Que cidades visitar no lago de Como

Bellagio – conhecida como a pérola do lago, é uma das cidadezinhas mais bonitas e mais românticas do lago de Como. As principais atrações são a Villa Serbelloni e o lindo jardim da Villa Melzi.
Como – com pouco mais de 90.000 habitantes, é a maior cidade do lago. Os principais pontos turísticos são as igrejas, a vila Olmo e o templo em homenagem ao cientista Alessandro Volta.

Qual é a melhor época para visitar o lago de Como: final de março ao final outubro, ou seja, primavera, verão e começo do outono. Alguns pontos turísticos como a ilha de Comacina, a vila Carlotta, a vila Melzi, a vila Monastero e o castelo de Vezio fecham nos primeiros dias de novembro e só reabrem no final de março.

Peças de design colecionáveis da 6ª edição MADE

A 6ª edição da MADE (Mercado.Arte.Design), a primeira e maior feira de design colecionável da América Latina trouxe muitas novidades. A edição deste ano reuniu mais de 100 expositores, nacionais e internacionais, até o dia 1o de julho no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Os sócios Waldick Jatobá, Elcio Gozzo e Bruno Simões são os idealizadores do evento.

Todos os anos, a iniciativa tem como base um tema relacionado ao universo criativo do design. Em 2018, o mote é Machine Art after Philip Johnson, inspirado na exposição de 1934 do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA, que, na época, trouxe pela primeira vez o design industrial para dentro de um museu, elevando os utensílios ao status de escultura.

Simultaneamente à feira, a programação também contou com talks, exposições, espaço gastronômico (com curadoria de pequenos produtores) e premiação.

Designers como os brasileiros Carol Gay e Zanini de Zanine exporam suas peças ao longo dos cinco dias do evento.

Carrinho Nelson Pequi, de Zanini de Zanine

Feito em madeira pequi, ipê e peroba de demolição, a peça faz parte da série Brinquedos Brasileiros do designer Zanini de Zanine para a Herança Cultural. A série resgata, por meio das memórias de infância do designer, o universo lúdico dos brinquedos artesanais em madeira. Com referências na cultura brasileira, uma seleção de jogos e objetos são apresentados e produzidos graças à carpintaria, utilizando madeira de reaproveitamento.

Mesa de Jantar Registro, de Leo Capote

Na mesa de Jantar Registro, o designer Leo Capote aposta na junção de aço, vidro e madeira, transitando entre momentos em que a utilização dos materiais rústicos apresentam uma elegância em formatos geométricos e novos dentro do nosso universo.

Coleção Tangível, de Fabiana Queiroga

Natural de Goiânia, Fabiana Queiroga é formada em Artes Visuais, com habilitação em design gráfico e pós-graduada em Arte Contemporânea pela Faculdade de Artes Visuais (FAV-UFG). Professora e pesquisadora, Fabiana atua ainda como artista plástica, designer de comunicação e moda, emprestando aos vários espaços que ocupa à multiplicidade de conhecimentos que acumula.

S.O.M., de Carol Gay

Elaborada em mármore, vidro e LED. A ideia de criar um amplificador de som surgiu por meio de experimentações e percepção do som no encontro do vidro. Uma peça de aço foi usada para criar a deformação na superfície do vidro que serve de apoio para o emissor de som. Através dessa deformação também é difundida a luz pela peça. A base em mármore é uma composição de formas geométricas usada em contraste com a forma orgânica do vidro.

Porva, de Inês Schertel

A peça Porva, desenvolvida manualmente pela designer Inês Schertel, leva várias camadas de lã crua feltradas manualmente pelo processo de slow design. Com tiragem limitada, foi desenvolvida especialmente para o evento.

Motivos para visitar o Alasca nesta temporada

O Panhandle do Alasca, também chamado de sudeste do Alasca, é mais visitado no verão (de junho a setembro no hemisfério norte), quando as temperaturas são mais amenas e a desova dos salmões atrai animais selvagens para a costa. Dada a solidão dessa parte do estado, é melhor visitá-la de barco, mas não de cruzeiro. Em vez disso, opte por um navio de expedição, no qual você poderá entrar em áreas que não são acessíveis para embarcações gigantescas e mergulhar na magia que a região tem a oferecer. Líder nesse tipo de experiência, a Lindblad Expeditions leva apenas 62 pessoas a bordo do navio, criando uma vivência muito mais íntima e memorável.

A empresa se uniu à National Geographic em 2004, oferecendo aos viajantes a oportunidade de atravessar as águas com fotógrafos, pesquisadores e naturalistas profissionais. É um plano que resulta em aventuras enriquecedoras de exploração e educativas. E como todos a bordo procuram por esses momentos genuinamente significativos e autênticos, há uma camaradagem comum que é contagiante, tornando a viagem ainda mais incrível. Além disso, as práticas ambientalmente conscientes da companhia, como não usar plástico descartável, são admiráveis.

Para começar, o desembarque é em Juneau, a capital do estado. Pode ter neblina, e o clima provavelmente será um pouco chuvoso, mas o ar frio e fresco é revigorante. Respire fundo, observe toda a bela vegetação a sua volta e prepare sua capa de chuva e botas impermeáveis, pois será uma viagem única.

1. Vida selvagem em seu habitat natural

Se você só viu animais em ambientes controlados, terá uma grande surpresa. Não há nada que se compare a presenciar um urso caçando salmões, lontras marinhas à deriva ou águias em pleno vôo. Mas uma coisa que você realmente precisa ficar de olho são as baleias jubarte. Se você tiver a sorte de encontrar essas criaturas magníficas, poderá vê-las se alimentando por meio de uma técnica conhecida como “cortina de bolhas”, na qual mergulham sincronizadamente sob os cardumes e eliminam o ar quando submersas, formando uma espécie de paredão de bolhas que cerca e prende o cardume de krill ou de pequenos peixes. Logo em seguida, elas sobem em direção à superfície entre as bolhas com a boca aberta e as pregas ventrais expandidas, preenchendo a cavidade bucal com alimento e água. Em situações como essa, você ficará feliz por ter optado por um fornecedor que faz uma parada para contemplar a cena em vez de ter que seguir um cronograma rigoroso.

2. Paisagem extraordinária

Ao entrar no fiorde de Tracy Arm, você ficará impressionado com as falésias que pairam a mais de 900 metros de altura e as inúmeras cachoeiras. É inevitável parar em uma das duas geleiras conhecidas como Sawyer e South Sawyer Glacier. No entanto, os icebergs azuis estão se perdendo, por isso é melhor ver essas formações logo. Depois, há o Glacier Bay National Park e o Preserve, onde há o que parece ser quilômetros infinitos de neve e gelo. Quando parar em Haines, reserve uma excursão com a Mountain Flying Service – que pertence e é operada por um casal – e se maravilhe com o deserto do Alasco a bordo de um avião. Há uma boa chance de ver algumas cabras montesas pelo caminho. Por último, cruze os dedos para conseguir ver a aurora boreal.

3. Aprenda sobre a cultura indígena

Ao longo do rio Chilkat, perto de Haines, encontra-se Klukwan, a antiga casa da tribo Tlingit, a única comunidade no sudeste do Alasca a ser governada por seu próprio conselho tribal. Faça uma visita à vila e conheça o Centro do Patrimônio Cultural de Jilkaat Kwaan para aprender sobre esses nativos do Alasca, sua história e o que eles estão fazendo para preservar sua terra de origem.

4. Exercícios físicos

Se você tem procurado motivação para se exercitar novamente, o local certamente servirá como motivação. Embora as atividades não sejam extenuantes, elas o deixarão animado e ativo. São diversas caminhadas por trilha, além de caiaque, stand-up paddle e ciclismo.

5. Desconexão e conexão

O wifi é escasso neste destino remoto. Muitas vezes, o sinal estará indisponível, o que é uma ótima desculpa para desconectar-se completamente e se relacionar com seus novos amigos de viagem. Se você estiver levando as crianças, deixe os dispositivos de jogos portáteis para trás. Não se esqueça de conversar com as pessoas que participam das excursões com você e das refeições. Com certeza você ouvirá histórias inacreditáveis.

QUAL A RELAÇÃO ENTRE AS DOENÇAS CARDIOVASCULARES E A SAÚDE BUCAL?

 

Especialistas em periodontia e cardiologia revisaram mais de 120 estudos médicos publicados e outros dados sobre o potencial associação entre  as doenças cardiovasculares e a saúde dental. Os resultados relataram o seguinte: a doença periodontal é um fator de risco para doença arterial coronariana, doenças dos vasos sanguíneos e artérias, além de oferecerem um risco maior para acidentes vasculares cerebrais e doenças obstrutivas dos membros inferiores.

Uma das hipóteses elaboradas pelos pesquisadores é que, talvez, os resquícios da parede celular das bactérias ao caírem na corrente sanguínea acabam provocando inflamações nos vasos sanguíneos, o que os deixa mais pré-dispostos a doenças obstrutivas, também causadas por processos inflamatórios.

 

PREPARAMOS UM EXPLICATIVO SOBRE CUIDADOS A CARDIOPATAS . LEIA MAIS 

Em relação aos problemas do coração propriamente ditos, a principal condição é a endocardite bacteriana.

Ela acomete principalmente as válvulas do coração, onde as bactérias se instalam e formam uma “vegetação” local, que acumula também glóbulos brancos, restos celulares e fibrinas.

Se não tratada a tempo, a endocardite irá destruir a válvula, que é essencial para o bombeamento do sangue. Ocorrerá, então, um quadro de insuficiência cardíaca aguda e grave. Atualmente, a mortalidade dessa doença está na faixa dos 30%.

QUAIS SÃO AS PRECAUÇÕES PARA UMA BOCA SAUDÁVEL?

  • Escove os dentes e passe fio dental regularmente: para remover as bactérias formadoras de placas, escove durante pelo menos dois minutos, duas vezes por dia, e não pule a hora do fio dental;
  • Escolha uma dieta saudável e rica em nutrientes essenciais (especialmente vitaminas A e C);
  • Reduza ou elimine o açúcar e os amidos;
  • Evite cigarros e tabaco: mesmo o tabaco sem fumo pode destruir suas gengivas e aumentar suas chances de doenças cardíacas;
  • Visite o dentista para limpezas regulares e exames: ele poderá identificar sinais de doenças sistêmicas e gengivais desde o início. Sempre diga a ele seu histórico médico, as condições atuais de saúde e qualquer medicação que você está tomando.

Portanto, a saúde bucal não é mera questão estética. Ela tem uma relação direta com a saúde de todo o seu corpo, principalmente, o coração. Ela está ligada ainda a outras doenças, como a glomerulonefrite nos rins. Então, se sua gengiva está dolorida ou sangrando com facilidade, é hora de procurar o seu dentista e começar uma rotina de higiene bucal adequada!

Que tal investir no seu sorriso no inicio desse ano?

Existem diferentes formas de investir no seu sorriso. A primeira é cuidar da higiene e manter uma alimentação equilibrada, garantindo sua saúde bucal. Além disso, existem também muitas técnicas da odontologia estética, que podem deixá-los ainda mais bonitos!

Se antes a odontologia se restringia a trabalhar a parte de dentro da boca, hoje em dia isso já mudou. Atualmente, a odontologia passa por grande processo de evolução, onde o cirurgião dentista olha o seu paciente de uma maneira diferente de muito tempo atrás. Além de examinar a boca, o profissional também avalia a face do paciente como um todo. Não adianta devolver um sorriso bonito e bem cuidado, com os lábios sem volume, sem contorno, a face flácida e caída. Portanto, tudo isso é levado em consideração, para que além de dentes bonitos também se possa conquistar uma face harmônica.

O cirurgião dentista é o profissional que mais está habilitado para isto, pois estuda durante toda a sua formação os músculos e as estruturas da face, além de dentes e afins.

VOCÊ PODE INVESTIR EM SEU SORRISO COM DIVERSOS TRATAMENTOS ODONTOLÓGICOS

Os tratamentos realizados por essa área da odontologia são inúmeros e vão dos mais básicos aos mais complexos. Para deixar os dentes mais brancos, o mais procurado é o famoso clareamento dental. Já para corrigir desgastes e também a cor dos dentes, existem as facetas de porcelanas  ou e as lentes de contato dentais. Corrigir os dentes tortos ou mal posicionados também é uma questão importante!

LEIA TAMBÉM Lentes de contato dental: Para que servem e quais as vantagens?

Atualmente existem aparelhos ultra modernos e bem discretos com resultados rápidos que trazem grande satisfação para o paciente.

Para quem perde um dente, implantes e próteses dentárias  são a solução. A falta dos dentes é o maior problema dos brasileiros e hoje é possível fazer uma reabilitação completa em pouco tempo. Mas as técnicas não se restringem aos dentes.

INVISTA EM SEU SORRISO. CLÍNICA ODONTOLÓGICA EM SANTOS ESPECIALIZADA EM IMPLANTES DENTÁRIOS

O encurtamento ou alongamento da gengiva é muito procurado por pacientes com sorrisos gengivais e também é possível ser feita uma correção das estruturas ósseas do rosto, com a cirurgia ortognática. A bichectomia é escolhida por quem tem muita bochecha e morde a parte interna dela. Os fios de PDO, por sua vez, são usados nos tecidos da face ptosados, além de induzirem a produção de colágeno.

OS BENEFÍCIOS DESSES PROCEDIMENTOS VÃO ALÉM DA ESTÉTICA

Esses procedimentos são indicados para quem quer promover uma saúde bucal, aumentando também a autoestima e a confiança do paciente. Entre os benefícios ela destaca: A recuperação da função perdida, pois não há estética sem função, uma está relacionada com a outra, e a total satisfação do paciente diante do resultado, deixando-o mais sociável e muitas vezes mais sorridente.

SAIBA MAIS SOBRE A ODONTOLOGIA ESTÉTICA

Conheça o novo Aston Martin Vantage

Com chassi em alumínio, o novo Aston Martin Vantage é uma máquina leve. São 1.530 kg que ajudam o veículo a ir de 0 a 100km/h em apenas 3,6 segundos.

Visualmente não há muitas mudanças. A frente permanece quase a mesma da edição anterior, enquanto a traseira traz novidades: vincos mais agressivos e novas lanternas.

Quem quiser botar as mãos em um terá que viajar. No Reino Unido o carro será vendido a partir de 2018 por 120.900 libras. No Brasil pode ser mais difícil encontrar um; infelizmente não existe previsão para essa máquina desembarcar por aqui.

Os APPs para iPhone mais baixados em 2017

Nada melhor do que um app para te trazer mais segurança para começar nossa lista. O 1Password serve para salvar e gerenciar todas as suas senhas e outras informações privadas, como o número de seus cartões de crédito, seus detalhes bancários e outros dados importantes.

O app é muito simples de usar e considerado um dos mais seguros do iOS, além de ter ótimas recomendações de seus usuários. Você pode conferir por si próprio ao baixá-lo neste link.

2. Todoist

O Todoist é outro app bem conhecido tanto pelos usuários do iPhone como pelos de Android por sua ótima qualidade. Este é certamente um dos melhores aplicativos para iPhone 7 voltados a quem quer melhorar sua produtividade e gerenciar suas tarefas e projetos com facilidade.

O interessante é que você pode classificar tudo com ordem de prioridade e adicionar arquivos e lembretes sempre que precisar. Outro recurso legal é que o app possui notificações inteligentes e usa o seu local atual para te lembrar de fazer certas coisas. Clique aqui para baixar o todoist.

3. SwiftKey

Considerando a popularidade do SwiftKey, é bem provável que você já tenha ouvido falar dele. Este é, sem dúvidas, um dos melhores teclados que você poderia encontrar e colocar no iPhone 7, já que é simples de usar, possui diversos recursos úteis e é muito versátil.

O melhor é que o SwiftKey ainda aprende o jeito e as coisas que você escreve para oferecer sugestões melhores durante seu uso diário. Como ele é totalmente gratuito, você  pode baixá-lo através deste link!

CLÍNICA ODONTOLÓGICA EM SÃO PAULO E SANTOS. AGENDE SUA CONSULTA

4. Shazam

iphone-7-ios

O Shazam também é um aplicativo extremamente conhecido e utilizado pelos usuários do iOS há anos, até porque foi um dos primeiros a serem inclusos na App Store ainda em 2008. Ele serve basicamente para reconhecer músicas que estejam tocando, o que é muito útil para qualquer um.

O interessante é que além de descobrir qual é a música, o app ainda dá diversas informações sobre ela e diz onde você pode comprá-la ou ouvi-la gratuitamente. Clique aqui para baixá-lo.

5. Scanner Pro

Hoje em dia é bem normal acabar precisando de um jeito para escanear documentos fora de casa, algo que o Scanner Pro pode fazer tranquilamente. Ele basicamente transforma seu iPhone 7 em um digitalizador portátil, podendo ser usado a qualquer momento.

O app por si só já consegue resultados de ótima qualidade, o que só deve melhorar com a câmera atual do iPhone 7. Você ainda pode salvar os arquivos como documentos em PDF e enviá-los por email para quem precisar. O Scanner Pro pode ser baixado neste link.

O 5 melhores museus de automóveis da Alemanha

Além de ver os carros em exposição, você vai conhecer prédios futuristas e até mesmo dirigir um Porsche! Apertem os cintos e confira!

Os carros alemães são conhecidos mundialmente pela sua qualidade e tecnologia. O país é um dos maiores produtores de carros do mundo. E uma das maneiras que as grandes montadoras fazem para fortalecer sua marca é proporcionar uma experiência única ao consumidor através de seus museus. A começar pela arquitetura arrojada e moderna.

Vamos mostrar os 5 principais museus de carro espalhados pela Alemanha. Para os amantes da velocidade, dá para encaixar no roteiro uma esticadinha de 2 horas de Berlim ou Munique.

1) A fábrica transparente da VW

Localizada em Dresden, no leste da Alemanha e a 2 horas de Berlim, essa fábrica chama a atenção por dois motivos. Primeiro pela sua arquitetura, onde as paredes são de vidro. Segundo porque fabrica apenas três modelos (Phaeton, Touareg e CC) onde junta alta tecnologia com um toque artesanal. Diz-se que cada veículo produzido ali é único. Além disso, os compradores desses carros podem optar por retirar o carro direto da fábrica!

O Tour (em inglês) custa 7 euros por pessoa. Criança menor que 7 anos não paga. Recomenda-se agendar pelo site com antecedência.

Mais informações no site (em inglês) – estão reformulando o tour, pois a produção do modelo Phaeton será encerrada no final de Março de 2016.

http://www.glaesernemanufaktur.de/en/home

LEIA TAMBÉM: O Brasil está entre os 10 locais do mundo com maior procura para a realização de tratamento odontológico.

2) Autostadt – A cidade do Automóvel

Já que começamos a falar da VW, vamos conhecer agora a Autostadt, que em livre tradução significa “A cidade do automóvel”. Ela fica a 2 horas de carro de Berlim, em Wolfsburg, no norte da Alemanha, onde está localizada a sede da empresa. Além de um museu, ela é o maior centro de entrega de veículos do mundo. Quando se compra um carro da Volkswagen na Alemanha, pode-se escolher se quer retirar na concessionária ou na própria Autostadt.

Como eles mesmo dizem, “uma visita à cidade dos automóveis é uma viagem ao mundo da mobilidade”. Tem atividade para tudo quanto é gosto! Com o ingresso para um dia, você tem acesso ao museu do automóvel. São mais de 60 marcas diferentes que marcaram época espalhadas por 5 andares. O complexo inclui pavilhões com arquiteturas diferentes que representam a marca que dão o nome (por exemplo, pavilhão Porsche). Além disso, pode-se visitar a fábrica, mas depende da disponibilidade (tente reservar um lugar assim que chegar lá). Custa 15 euros por pessoa. Crianças de 6-17 anos pagam 6 euros. Abaixo de 6 anos a entrada é gratuita. Se comprar online ganha 5% de desconto. Pode-se pegar gratuitamente um carrinho de bebe (mediante a um calção).

VO Experience. Nesta modalidade você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos. AGENDE SUA CONSULTA

Um dos ícones desse complexo são as duas torres de vidro onde os carros são entregues aos clientes através de um sistema automatizado. Você pode andar no elevador e ver de perto esse sistema que impressiona. Custa 8 euros por pessoa. Crianças de 6-17 pagam 4 euros. Abaixo disso não pagam, mas tem que ter pelo menos 1 metro de altura. Para ter acesso às torres, tem que ter o ingresso para um dia.

Por último, você pode dirigir uma SUV na pista que simula todos os tipos de terrenos e obstáculos. Custa 25 euros para dirigir um Tiguan ou Yeti (Skoda) e 35 euros para pilotar uma Touareg ou Amarok. Não esqueça sua carteira de motorista!

Para maiores informações, acesse o site do museu (em inglês)

http://www.autostadt.de/en/explore-theautostadt/

3) Museu da Mercedes-Benz

Inaugurado em 2006 em Stuttgart, no sul da Alemanha, é o único museu do mundo que documenta os mais de 125 anos da história do automóvel em uma linha do tempo. Com seu formato circular, você é levado ao último andar onde desce por uma rampa em espiral até o térreo. Em aproximadamente 2 horas você consegue ver tudo. Custa 8 euros por pessoa. Crianças até 15 anos não pagam. Pode-se emprestar carrinho de bebe (deixa-se 20 euros como calção).

Atenção: o museu fecha às segundas feiras.

Para mais detalhes, acesse o site do museu (em inglês)

https://www.mercedes-benz.com/en/mercedes-benz/classic/museum/visitor-information/

 

4) Museu do Porsche

Tem algum carro alemão mais icônico que o Porsche? Nesse museu você vai fazer uma viagem ao tempo e conhecer a história dessa marca – dos carros mais antigos aos novos lançamentos! Você também pode combinar com uma visita à fábrica. Está incluída na entrada do museu, mas precisa ser agendada com antecedência por telefone ou email.

Pode-se até agendar para dirigir um Porsche por 1 hora! A partir de 69 euros, você pilota um dos modelos premiados. A entrada do museu custa 8 euros por pessoa. Crianças abaixo de 14 anos não pagam. Localização: Stuttgart

Atenção: o museu fecha às segundas-feiras.

Para agendamentos e mais detalhes, acesse o site (em inglês)

http://www.porsche.com/museum/en/

Não tem planos para ir pra Stuttgart tão cedo? Que tal fazer um tour virtual? Acesse o link abaixo!

http://www.porsche.com/all/transitional/museum/kugelpanoramen/Tour_Porsche_high_res/Museumstour_hr_en.html

5) BMW Welt – O Mundo BMW

 

Localizado em Munique, cidade sede da empresa, o “Mundo BMW” (em tradução livre) oferece uma gama de experiências. Se você gosta de arquitetura, pode começar com um tour para conhecer um pouco mais sobre a construção do prédio, o que seu design significa e até mesmo um pouco da complexa logística de entregar carros para o mundo inteiro. A entrada é gratuita, mas o tour custa 7,5 euros e dura aproximadamente 1 hora.

Já no museu da BMW, você pode ver de perto os carros, motos e motores que fizeram essa marca tão conhecida. Se preferir saber os detalhes, faça um tour guiado de aproximadamente 1 hora. Um expert contará as histórias dos modelos.

O Tour custa 13 euros por pessoa (já incluída a entrada do museu). Apenas o ticket do museu custa 10 euros por pessoa. Crianças de 6-18 anos pagam 7 euros. A entrada é gratuita para menores de 6 anos.

Atenção: o museu fecha às segundas-feiras.

Se você quiser ver os bastidores da construção de um BMW, pode-se fazer um tour pela fábrica. Visite todos os processos de produção, das prensas à linha de montagem. Diariamente são produzidos +950 carros e +3000 motores nessa fábrica. Devido à alta procura, é extremamente recomendável agendar seu tour na fábrica com 3 meses de antecedência. Custa 8 euros e dura aproximadamente 2,5 horas.

Atenção: A fábrica não está aberta à visitação durante os finais de semana.

Para mais informações, acesse o site (em inglês)

http://www.bmw-welt.com/en/visitor_information/index.html

Ter um sono tranquilo pode garantir um dia produtivo

Sono tranquilo 2017

Brian Rashid, especialista em comunicação e promoção da imagem de grandes marcas, costumava enxergar o sono como um fardo. Ele sempre soube que era algo que ele precisava, mas não imaginava o quanto a falta dele diminuía sua produtividade.

 

Com o tempo, Rashid foi percebendo que boas horas de sono melhoravam o seu desempenho. Entretanto, o modo como ele consegue dormir de seis a oito horas não segue sempre um padrão.

LEIA TAMBÉM: Meditação ajuda a evitar o adiamento das tarefas

O especialista conta que não tem um horário estabelecido para dormir. Existem muitas coisas em seu dia que acabam impedindo a definição de uma rotina regrada. Porém, ele encontrou um método que considera eficiente para garantir sua produtividade.

1. É tudo uma questão de gerenciamento

Pense no seu sono como um banco. Você tem uma certa quantia que precisa para sobreviver e estar confortável, mas entrar no negativo seria muito prejudicial. Todo mundo sabe que são necessárias entre seis e oito horas de sono, mas ninguém falou que elas precisavam ocorrer durante a noite. Na verdade, muita gente dorme em outros horários.

2. Estabeleça uma rotina relativa

Rashid usa o termo “rotina relativa” porque, atualmente, é quase impossível ter uma rotina no dia a dia. Entretanto, até uma agenda mais flexível precisa acomodar uma quantidade razoável de expectativas. Para ele, é vital ter, pelo menos, entre quatro e seis horas de sono seguidas. O ciclo dos sonos REM (“movimento rápido dos olhos”) dá ao cérebro um tempo para descansar, o que é crucial para otimizar a produtividade. Mas como, às vezes, sua ida à cama é adiada, Rashid costuma ajustar seu dia seguinte para encaixar pelo menos uma ou duas horas de descanso. Pense um ou dois dias adiante para se planejar.

As facetas laminadas e lentes de contato têm um altíssimo
poder de transformação: quando cimentadas sobre os dentes
naturais, modificam sua cor, formato, textura e brilho,
trazendo uma aparência completamente renovada. Leia mais 

Rashid diz que mesmo sendo mais flexível com seu cronograma de sono, é importante estabelecer certas restrições. Mudanças drásticas podem fazer você perder a produtividade ao mesmo tempo em que seu corpo perde a noção de que está cansado. Além disso, você pode se despedir de finais de semana em que dorme o dia inteiro, já que isso pode desregular todo o seu relógio biológico.

Outra sugestão é que você, constantemente, tente reduzir o tempo que leva para conseguir ficar confortável o suficiente para adormecer. Rashid percebeu que levava de duas a três horas só para conseguir isso. Para diminuir esse tempo, ele se dedicou a desenvolver a mesma rotina noturna diariamente.

Faça uma lista de músicas relaxantes, prepare um chá ou qualquer outra coisa que ajude a encontrar o seu ritmo noturno. Uma vez que conseguir, você irá ganhar de volta horas preciosas durante a noite.

3. Otimize as partes mais produtivas do seu dia

Vivemos em uma era na qual as pessoas experimentam seus auges em diferentes momentos do dia. Algumas delas são mais criativas à noite, enquanto outras conseguem dar o seu melhor no começo da manhã. Qualquer que seja o caso, utilize o tempo em que se sente melhor. Você não apenas vai notar um aumento no foco, criatividade e produtividade, como ainda vai se libertar da pressão de tentar realizar alguma coisa apenas porque é a “hora normal para fazer aquilo”. Não existe uma hora certa, mas sim a sua hora.

Outra boa sugestão é trabalhar nas coisas que você faz e que ajudam na sua produtividade. Algumas pessoas, por exemplo, sentem que trabalham melhor depois de malhar, mas só podem ir à academia durante a tarde. É normal adotar um método não-convencional, desde que ele produza resultados eficientes.

4. Invista em tornar o ambiente no qual dorme o melhor possível

Esta é uma dica realmente simples – e uma das partes vitais da regulagem do sono. Se você vai mudar a sua rotina, vai precisar de um ambiente sólido para fazer isso, então invista em coisas que vão te ajudar a dormir o mais rápido possível.

Werner afirma que tinha isso em mente quando criou a GhostBed. “Como um atleta, eu sou muito consciente das qualidades de um colchão que oferece um sono de qualidade. Nesta indústria há mais de 15 anos, eu criei e vendi colchões de todos os tipos. Entretanto, hoje eu acredito que o colchão ‘memory foam’ (feito de espuma viscoelástica) é o melhor. Ele consegue “respirar” e manter a pessoa com uma temperatura agradável a noite toda.”

Como anda a saúde da sua gengiva?

Ter uma gengiva bem rosada é sinal de saúde. Para alcançar esse objetivo é importante cuidar muito bem de todo a saúde bucal, incluindo dentes e língua. Tudo está interligado e se uma parte sofre um problema, as chances das outras serem atingidas são muito grandes. Praticar uma escovação suave e usar o fio dental, são alguns dos métodos mais simples e que dão super certo para uma boa saúde bucal. 

QUAIS OS PROBLEMAS MAIS COMUNS DE GENGIVA?

É essencial saber que toda complicação que surge na gengiva se inicia pela má escovação. Quando isso acontece, a placa bacteriana acumula e vai progredindo até que chegar a um ponto em que sua saúde bucal fica tomada por vários tipos de problemas gengivais. A primeira doença é a gengivite. A placa progride até alcançar a gengiva e inflama aquela região, causando sangramento e dor.

Se este primeiro estágio não for tratado, o paciente pode sofrer com a periodontite, que é um problema muito mais sério. Como a sujeira abaixo da gengiva não foi retirada, a inflamação começa a afetar o osso. Outro incômodo que acontece nessa região é a retração gengival em que uma das causas é a escovação bruta.

LEIA TAMBÉM GENGIVA A MOLDURA DO SORRISO

COMO EVITAR OS PROBLEMAS GENGIVAIS?

Manter a boca saudável e longe de problemas está longe de ser uma tarefa impossível. Todos podem com dedicação e carinho. Basta escovar os dentes, passar o fio dental e manter sempre sua boca limpa. Não esqueça que para surtir efeito, o mais importante é praticar a higiene bucal após as refeições, respeitando sempre aquele famoso intervalo de 30 minutos. Só o fio dental consegue tirar os resíduos daquelas regiões em que a escova não alcança”. E não deixe de trocar a escova de dente a cada três meses. Seguindo essas dicas, seu sorriso ficará muito mais poderoso.

AGENDE UMA CONSULTA EM UMA DE NOSSAS UNIDADES – SÃO PAULO E SANTOS