Dente escurecido. Conheça algumas soluções para tornar o seu sorriso mais branco, bonito e sem manchas.

O surgimento de um dente escurecido sempre é motivo de grande preocupação. Esse problema pode ser resultante de fatores como: uso de antibióticos, placa bacteriana, tratamento de canal, tabagismo e, até mesmo, traumas causados por um acidente ou queda, por exemplo.

Além da questão estética, outro problema é a autoestima do paciente, que fica afetada com o escurecimento dos dentes. Afinal, um sorriso bonito é importante tanto para a vida pessoal como para a profissional.

Dente escurecido. Conheça algumas soluções para tornar o seu sorriso mais branco,

Mas o que fazer? Independentemente da causa do dente escurecido, a Odontologia tem diversos tipos de tratamentos possíveis para tornar o seu sorriso mais branco, bonito e sem manchas. Confira!

 

Restauração com facetas laminadas para dente escurecido

Em caso de tratamento de canal que escureceu o dente, traumas ou uso de antibióticos, o dentista pode fazer o clareamento seguido da aplicação de facetas laminadas

Entretanto, se eles estiverem tortos, o indicado é a correção ortodôntica prévia para prevenir grandes desgastes e ter um tratamento mais conservador, mas, se há alguma objeção ao uso do aparelho fixo, leia sobre a alternativa praticamente invisível, confortável e higiênica do alinhador ortodôntico.

 

Lentes de contato dental

Trata-se se uma excelente opção para quem deseja corrigir as imperfeições na coloração dos dentes. Quando indicado e feito por um dentista competente, pode disfarçar manchas e descolorações, oferecendo um aspecto mais bonito e harmônico ao sorriso.

Os dentes escurecidos pelo tempo ou com excesso de restaurações podem ser muito beneficiados pelas lentes de contato. O tom de branco pode ser escolhido diretamente no consultório, após a avaliação do dentista que será responsável pelo tratamento.

 

Coroas dentárias

A coroa dentária de cerâmica também é indicada para o dente escurecido, desde que a parte “lingual” do dente tenha alguma restauração ou já esteja danificada.

Esse tipo de procedimento é bastante interessante. Contudo, deve ser criteriosamente avaliado pelo dentista, para que seja verificada a viabilidade do uso da coroa dentária para o seu caso.

Peças de design colecionáveis da 6ª edição MADE

A 6ª edição da MADE (Mercado.Arte.Design), a primeira e maior feira de design colecionável da América Latina trouxe muitas novidades. A edição deste ano reuniu mais de 100 expositores, nacionais e internacionais, até o dia 1o de julho no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Os sócios Waldick Jatobá, Elcio Gozzo e Bruno Simões são os idealizadores do evento.

Todos os anos, a iniciativa tem como base um tema relacionado ao universo criativo do design. Em 2018, o mote é Machine Art after Philip Johnson, inspirado na exposição de 1934 do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA, que, na época, trouxe pela primeira vez o design industrial para dentro de um museu, elevando os utensílios ao status de escultura.

Simultaneamente à feira, a programação também contou com talks, exposições, espaço gastronômico (com curadoria de pequenos produtores) e premiação.

Designers como os brasileiros Carol Gay e Zanini de Zanine exporam suas peças ao longo dos cinco dias do evento.

Carrinho Nelson Pequi, de Zanini de Zanine

Feito em madeira pequi, ipê e peroba de demolição, a peça faz parte da série Brinquedos Brasileiros do designer Zanini de Zanine para a Herança Cultural. A série resgata, por meio das memórias de infância do designer, o universo lúdico dos brinquedos artesanais em madeira. Com referências na cultura brasileira, uma seleção de jogos e objetos são apresentados e produzidos graças à carpintaria, utilizando madeira de reaproveitamento.

Mesa de Jantar Registro, de Leo Capote

Na mesa de Jantar Registro, o designer Leo Capote aposta na junção de aço, vidro e madeira, transitando entre momentos em que a utilização dos materiais rústicos apresentam uma elegância em formatos geométricos e novos dentro do nosso universo.

Coleção Tangível, de Fabiana Queiroga

Natural de Goiânia, Fabiana Queiroga é formada em Artes Visuais, com habilitação em design gráfico e pós-graduada em Arte Contemporânea pela Faculdade de Artes Visuais (FAV-UFG). Professora e pesquisadora, Fabiana atua ainda como artista plástica, designer de comunicação e moda, emprestando aos vários espaços que ocupa à multiplicidade de conhecimentos que acumula.

S.O.M., de Carol Gay

Elaborada em mármore, vidro e LED. A ideia de criar um amplificador de som surgiu por meio de experimentações e percepção do som no encontro do vidro. Uma peça de aço foi usada para criar a deformação na superfície do vidro que serve de apoio para o emissor de som. Através dessa deformação também é difundida a luz pela peça. A base em mármore é uma composição de formas geométricas usada em contraste com a forma orgânica do vidro.

Porva, de Inês Schertel

A peça Porva, desenvolvida manualmente pela designer Inês Schertel, leva várias camadas de lã crua feltradas manualmente pelo processo de slow design. Com tiragem limitada, foi desenvolvida especialmente para o evento.

Motivos para visitar o Alasca nesta temporada

O Panhandle do Alasca, também chamado de sudeste do Alasca, é mais visitado no verão (de junho a setembro no hemisfério norte), quando as temperaturas são mais amenas e a desova dos salmões atrai animais selvagens para a costa. Dada a solidão dessa parte do estado, é melhor visitá-la de barco, mas não de cruzeiro. Em vez disso, opte por um navio de expedição, no qual você poderá entrar em áreas que não são acessíveis para embarcações gigantescas e mergulhar na magia que a região tem a oferecer. Líder nesse tipo de experiência, a Lindblad Expeditions leva apenas 62 pessoas a bordo do navio, criando uma vivência muito mais íntima e memorável.

A empresa se uniu à National Geographic em 2004, oferecendo aos viajantes a oportunidade de atravessar as águas com fotógrafos, pesquisadores e naturalistas profissionais. É um plano que resulta em aventuras enriquecedoras de exploração e educativas. E como todos a bordo procuram por esses momentos genuinamente significativos e autênticos, há uma camaradagem comum que é contagiante, tornando a viagem ainda mais incrível. Além disso, as práticas ambientalmente conscientes da companhia, como não usar plástico descartável, são admiráveis.

Para começar, o desembarque é em Juneau, a capital do estado. Pode ter neblina, e o clima provavelmente será um pouco chuvoso, mas o ar frio e fresco é revigorante. Respire fundo, observe toda a bela vegetação a sua volta e prepare sua capa de chuva e botas impermeáveis, pois será uma viagem única.

1. Vida selvagem em seu habitat natural

Se você só viu animais em ambientes controlados, terá uma grande surpresa. Não há nada que se compare a presenciar um urso caçando salmões, lontras marinhas à deriva ou águias em pleno vôo. Mas uma coisa que você realmente precisa ficar de olho são as baleias jubarte. Se você tiver a sorte de encontrar essas criaturas magníficas, poderá vê-las se alimentando por meio de uma técnica conhecida como “cortina de bolhas”, na qual mergulham sincronizadamente sob os cardumes e eliminam o ar quando submersas, formando uma espécie de paredão de bolhas que cerca e prende o cardume de krill ou de pequenos peixes. Logo em seguida, elas sobem em direção à superfície entre as bolhas com a boca aberta e as pregas ventrais expandidas, preenchendo a cavidade bucal com alimento e água. Em situações como essa, você ficará feliz por ter optado por um fornecedor que faz uma parada para contemplar a cena em vez de ter que seguir um cronograma rigoroso.

2. Paisagem extraordinária

Ao entrar no fiorde de Tracy Arm, você ficará impressionado com as falésias que pairam a mais de 900 metros de altura e as inúmeras cachoeiras. É inevitável parar em uma das duas geleiras conhecidas como Sawyer e South Sawyer Glacier. No entanto, os icebergs azuis estão se perdendo, por isso é melhor ver essas formações logo. Depois, há o Glacier Bay National Park e o Preserve, onde há o que parece ser quilômetros infinitos de neve e gelo. Quando parar em Haines, reserve uma excursão com a Mountain Flying Service – que pertence e é operada por um casal – e se maravilhe com o deserto do Alasco a bordo de um avião. Há uma boa chance de ver algumas cabras montesas pelo caminho. Por último, cruze os dedos para conseguir ver a aurora boreal.

3. Aprenda sobre a cultura indígena

Ao longo do rio Chilkat, perto de Haines, encontra-se Klukwan, a antiga casa da tribo Tlingit, a única comunidade no sudeste do Alasca a ser governada por seu próprio conselho tribal. Faça uma visita à vila e conheça o Centro do Patrimônio Cultural de Jilkaat Kwaan para aprender sobre esses nativos do Alasca, sua história e o que eles estão fazendo para preservar sua terra de origem.

4. Exercícios físicos

Se você tem procurado motivação para se exercitar novamente, o local certamente servirá como motivação. Embora as atividades não sejam extenuantes, elas o deixarão animado e ativo. São diversas caminhadas por trilha, além de caiaque, stand-up paddle e ciclismo.

5. Desconexão e conexão

O wifi é escasso neste destino remoto. Muitas vezes, o sinal estará indisponível, o que é uma ótima desculpa para desconectar-se completamente e se relacionar com seus novos amigos de viagem. Se você estiver levando as crianças, deixe os dispositivos de jogos portáteis para trás. Não se esqueça de conversar com as pessoas que participam das excursões com você e das refeições. Com certeza você ouvirá histórias inacreditáveis.

Viagem – Saindo do comum, mas com luxo

Uma das maiores tendências no turismo de luxo é fazer diferente e apostar tanto em novos destinos quanto em experiências inusitadas. Bons exemplos disso são: Conhecer restaurantes subqaquáticos, se hospedar em hotéis de gelo ou até em iglus, hotéis com serviços personalizados para cada hóspede, viajar pra o Alasca ou passar alguns dias em um castelo de verdade pela Europa.

A preferência da vez é pelo frio!

Destinos com o clima frio tem sido a escolha principal dos viajantes de luxo. Unindo a tendência de sair do comum, os Cruzeiros para o Alasca têm feito muito sucesso, Islândia também é um dos lugares mais cobiçados da vez, Canadá no inverno e até a Antártica está ganhando vez. Sem contar nas inúmeras estações de ski pelo mundo como Vail, Valle Nevado, Aspen e Chamonix por exemplo.

Não focar só nos pontos turísticos

Visitar os pontos turísticos de um lugar, principalmente quando ele é desconhecido, é mais do que comum e deve ser feito com toda certeza. Porém, a tendência maior para 2018 é fazer novas descobertas em seu destino e fazer um caminho diferente do que guias e sites de viagens indicam, ou seja, tentar sair um pouco da visão de viajante e entrar um pouco no dia a dia dos nativos. Conhecer restaurantes frequentados por locais, degustar vinhos da região, provar a gastronomia rotineira, aprender o idioma e se aprofundar na vida tradicional de moradores são ótimos exemplos para isso. Adoro fazer isso, viver como uma local!

Vá para a África!

Além da África do Sul, um destino muito procurado em 2017 também, o continente africano em geral será explorado mais esse ano. Isso por quê esse é um roteiro que também abrange muito a tendência “saindo do comum”. Por lá as experiências são inusitadas em diversos países, como por exemplo: Se hospedar em hotéis à céu aberto em desertos – O Resort Tsawalu Kalahari na África do Sul é uma ótima sugestão para isso -, interagir com animais selvagens nos inúmeros safarias que a região oferece, conhecer um dos diversos resorts no deserto como o Wolwedans Dunes Lodgee na Namíbia e até ir de encontro com gorilas em um trekking feito no Parque Nacional de Virunga em Ruanda.

Viagem em família

Reunir a família toda será uma das grandes tendências de viagens de luxo em 2018, tanto que até ganhou um nome para esse nicho: Turismo Multigeracional – Quando diversas gerações da mesma família se reúnem para embarcar em uma experiência juntos. Exemplos disso são: os cruzeiros de luxo, alugar casas em vilas da Europa ou até reunir todos para passar uma temporada em uma ilha exclusiva como em Zanzibar, na Tanzânia por exemplo.

BMW R80 – Essa moto é o futuro em duas rodas

Quando você pensa em motocicletas do futuro já imagina aquelas estilo Akira, certo? Bom, a empresa francesa Barbara Custom quis fazer algo mais factível e deu um tapa na BMW R80 com o conceito futurista “Black Mamba”.

A moto feita por eles mantém uma série de elementos característicos da Série R, como o motor de cabeçote duplo e carburadores distintivos – além de uma série de novos ajustes. Entre eles, um braço oscilante RnineT e garfos dianteiros USD, que foram adicionados ao chassi e ao motor R80 existentes.

20

O protótipo também apresenta um design radical de peça única, juntando assento, tanque e farol em uma única peça. O futuro em duas rodas.

Check-up com o seu dentista antes das férias pode evitar grandes prejuízos

As férias do meio do ano estão chegando. Então, que tal um Check-up com o seu dentista antes das férias pode evitar grandes prejuízos?

Muita gente escolhe essa época para espairecer e conhecer outras paisagens, outras regiões, outros países. Tudo o que menos se deseja durante uma viagem é sentir um dente incomodando. Além de ser estraga-prazeres, essa dor pode sair muito cara para ser resolvida em atendimento emergencial, fora de casa, ainda mais se for à noite e com profissional que você não conhece.

Porque realizar um Check-up com o seu dentista antes das férias de julho

Antes de viajar, não é só o carro que precisa passar por revisão. É importante dar uma passada no dentista e fazer um check-up da saúde bucal. Mas lembre-se mesmo que não vá viajar, sempre é bom, de tempos em tempos, conferir se a saúde da boca está ok.

Check-up com o seu dentista antes das férias

Tecnologias aliadas à sua saúde bucal

Na cadeira de um bom dentista, o paciente que anda afastado dos consultórios logo vai perceber que aquele espelhinho prosaico, que o profissional usa para verificar os dentes, virou coadjuvante. Hoje, as personagens principais das boas consultas são câmeras microprocessadoras que ampliam em até 65 vezes a imagem do dente. O profissional tem condições de avaliar se os dentes têm infiltrações, trincas ou cáries.

Em um monitor, dentista e paciente são capazes de verificar, com extrema precisão, qualquer problema que haja na dentição e até mesmo lesões cancerígenas.

Tecnologias aliadas à sua saúde bucal

O check-up digital é uma das formas mais modernas de prevenção oral. Quando o paciente sente dor, já é tarde. Sinal de que uma infecção ou inflamação está instalada. O ideal é prevenir antes que a dor aconteça. Não se espera ter um enfarte para tomar medidas preventivas.

A nova tecnologia, previne e trata as cáries, permite avaliação estética (se há necessidade de clareamento dos dentes) e, o que é melhor, tem preço acessível. Especialmente porque permite que você parcele tratamento e se organize financeiramente. Coisa bem diferente de uma emergência que venha a ocorrer por esse mundão afora.

Os restaurantes de Nova York para quem aprecia uma boa experiência gastrônomica

 

A única coisa que esteve mais em alta, em 2017, do que as ações das grandes empresas de tecnologia foi a cena dos restaurantes de Nova York, com inúmeros estabelecimentos – alguns incrivelmente criativos – sendo inaugurados e outros já consagrados atingindo novos níveis de excelência.

É claro que nenhum setor está imune à destruição criativa, e diversas mecas gastronômicas desapareceram do firmamento. Nossa equipe estelar de degustadores exigentes – entre eles Randall Lane, editor da FORBES, Richard Nalley, colaborador, e Monie Begley, especialista da mídia – revela a seguir, sua lista dos lugares mais saborosos da cidade na categoria all-star

Aska O restaurante fica localizado no Brooklyn e serve pratos com inspiração na culinária nórdica.

Atera O local utiliza técnicas da culinária molecular combinadas a ingredientes excepcionais. Tem duas estrelas no Guia Michelin.

Bâtard Clássico bistrô francês localizado no descolado bairro Tribeca.

 

Blue Hill Jantar por lá é uma experiência, especialmente se você pedir o menu degustação, que traz ingredientes frescos e sazonais, produzidos na horta do chef Dan Barber.

Gramercy Tavern As comidas do estabelecimento são rústicas e contemporâneas. Para uma experiência completa, o local serve menu degustação no jantar.

Rolls-Royce antecipa novidades do Geneva Motor Show 2018

A 88ª edição do Geneva Motor Show trouxe várias novidades. No evento deste ano, a Rolls-Royce decidiu se adiantar e revelou vídeos das novidades que devem ganhar as ruas em breve: três versões exclusivas do Phantom e um novo Dawn Aero Cowling.

Já o The Whispered Muse tem o painel feito pela artista Helen Amy Murray, com uso de seda pura. A icônica The Spirit of Ecstasy (símbolo da Rolls-Royce, presente na extremidade do capô de todos os seus carros desde 1911) recebeu acabamento inédito em ouro rosa.
O novo Dawn Aero Cowling apresenta um grande diferencial: é possível transformar o conversível, que originalmente tem quatro lugares, em um veículo de apenas dois lugares. O carro desenvolve até 570 cavalos de potência. Os bancos na cor laranja, uma marca registrada da RR, garantem o toque esportivo característico do modelo.

Dicas para se recuperar depois de uma longa viagem

Se você já voou longas distância e passou por diferentes fusos horários, conhece o impacto que esse tipo de jornada causa ao organismo. O jet lag, termo em inglês que define essa sensação, costuma deixar as pessoas letárgicas nos dois dias subsequentes ao deslocamento. O tempo desperdiçado não pode ser recuperado e, no caso de uma viagem de negócios, pode comprometer seriamente o desempenho do profissional.

Superar o jet lag pode ser difícil, mas não é impossível. A manutenção de uma rotina que priorize o descanso em vez do estresse e contemple uma alimentação saudável já ajuda muito.

Mantenha-se ativo e procure a luz do sol

Durante a viagem, mantenha-se ativo entre os voos caminhando pelo terminal para o próximo portão, procurando algo para comer ou fazendo compras. Além disso, sente próximo a uma janela para absorver um pouco de luz solar. Ficar parado durante a escala pode te prejudicar tanto quanto não ter uma boa noite de descanso antes de voar.

No avião, procure caminhar periodicamente pelo corredor. Você também pode se alongar um pouco no próprio assento com exercícios adaptados para a ocasião.

Beba água e consuma alimentos nutritivos

A manutenção dos hábitos saudáveis durante um voo pode ser muito difícil, mas determinados alimentos e bebidas podem ajudar a superar o jet lag:

– Beba água em vez de ingerir produtos com cafeína, álcool ou açúcar;
– Consuma alimentos nutritivos, como frutas, vegetais e proteínas em vez de doces e carboidratos;
– Mantenha-se hidratado no dia anterior ao voo;
– Se você decidir ingerir cafeína ou álcool, faça isso de manhã ou no início da tarde. Essas bebidas, se ingeridas no final da tarde ou a noite, podem causar insônia e afetar qualquer ganho positivo que você tenha conquistado depois de decolar.

 

 A VO Experience é uma modalidade onde você terá uma experiência em odontologia intensiva, podendo realizar o seu tratamento no menor tempo possível, a partir de um plano de tratamento otimizado e com uma equipe de profissionais trabalhando conjuntamente no seu caso de forma totalmente personalizada. É uma modalidade ideal para aqueles que fazem viagens constantes, são de outras cidades, Estados ou países – o que também é conhecido como turismo odontológico – ou, ainda, para aqueles pacientes que possuem quadros de grave ansiedade em relação aos tratamentos odontológicos. AGENDE SUA CONSULTA

Tire um cochilo no avião

Para a maioria das pessoas, a qualidade do sono em um avião é muito inferior quando comparada a uma cama comum. Isso pode ser diferente caso você voe na primeira classe ou na classe executiva, com assentos que reclinam completamente, ou tenha acesso a uma suíte privada.

Independente de qual seja o seu lugar, não tenha medo de cochilar, pois viajar pode ser difícil para o seu corpo, mesmo que você tenha dormido bem no dia anterior. A melhor oportunidade de tirar um cochilo pode ser durante a exibição de um filme ou quando o comissário de bordo já entregou a bebida e o lanche.

Qualquer sono é melhor do que nada, além de ser uma forma eficiente de passar o tempo e relaxar. Se você sofre com ansiedade ao voar, viajar com um cobertor pesado pode ser o ingrediente que falta para finalmente descansar durante a jornada.

Mantenha o nível de energia

O que você faz antes e durante o voo é muito importante para limitar os efeitos da viagem, mas o que você faz depois dela é igualmente essencial à medida que você adota o cronograma local.

Você deve continuar a seguir as dicas acima para manter os seus níveis de energia os mais altos possíveis nos primeiros dias. A letargia é uma sensação comum no primeiro dia, uma vez que você viajou por várias horas, atravessou fusos horários e sentou em um avião ou aeroporto em vez de estar ao ar livre.

Dormir pode até ser o seu primeiro desejo depois de deixar o avião, mas, a não ser que você chegue a noite e possa seguir direto para o hotel, continue acordado. Você pode visitar pontos turísticos da cidade, tomar um banho para se refrescar ou dar uma volta no parque ou praia. Não se esqueça de beber água e de ter uma refeição saudável com carboidratos complexos para manter a energia. Ir para a cama logo que chegar pode te levar a acordar de madrugada e estar exausto antes do café da manhã.

Lentes de contato dental: Para que servem e quais as vantagens?

Para que servem as lentes de contato dental e quais as vantagens?

Mais comumente utilizadas para recobrir os dentes da frente, as lentes podem ser úteis para corrigir esteticamente várias situações como:

  • Dentes descoloridos por causa de um tratamento de canal, manchas de tetraciclina ou outros medicamentos, excesso de flúor ou a presença de grandes preenchimentos de resina que causam a descoloração dos dentes;
  • Dentes desgastados;
  • Dentes lascados ou quebrados;
  • Dentes desalinhados, irregulares ou com forma irregular (por exemplo, têm buracos ou protuberâncias);
  • Dentes com espaços entre eles (para fechar o espaço entre estes dentes).

Facetas laminadas e lentes de contato
Dentes escurecidos, desalinhados ou com restaurações antigas podem ser corrigidos com facetas laminadas e lentes de contato dentais. O tratamento é eficaz e ágil, pois na maioria dos casos duas sessões são suficientes para transformar completamente o sorriso.

Facetas laminadas oferecem qualidade de vida ao paciente

As lentes de contato dental fornecem uma aparência natural para os dentes, pois, a cor das lentes imitam o branco do dente e são simples e rápidas de colocar. O tecido gengival tolera bem a porcelana, o que garante sucesso em sua colocação.

Lentes de contato dental. Quanto tempo duram e quais os cuidados?

As lentes de contatos dentais geralmente duram entre 8 e 10 anos. Assim como em qualquer outro procedimento dentário, você deve seguir as boas práticas de higiene bucal, incluindo escovação e uso do fio dental. Apesar das lentes resistirem a manchas, o seu dentista pode recomendar que você evite alimentos causadores de manchas e bebidas (por exemplo: café, chá, vinho tinto).