5 doenças bucais mais comuns na melhor idade

O processo de envelhecimento traz grandes mudanças no corpo, na mente e claro, o sorriso. Sim, os dentes também envelhecem e como o restante do corpo, eles  precisam de cuidados redobrados com o avançar da idade. Caso contrário, além de exibir um sorriso feio, o idoso ainda corre o risco de perder alguns ou todos os dentes na boca.

doenças bucais mais comuns em pessoas idosas

 

 

Conheças as cinco doenças bucais mais comuns em pessoas idosas

Aliás, a perda dentária é muitas vezes, associada ao avanço da idade. Mas, as coisas não são bem assim, pois é perfeitamente possível chegar à velhice com todos os dentes na boca. Basta tomar os cuidados necessários.

  1. Lesões da mucosa bucal

Com o avanço da idade, é mais comum que apareçam lesões na boca. Isso acontece devido ao uso de próteses mal adaptadas. O consumo de álcool e o hábito de fumar também contribuem com o problema. Para verificar a presença de alguma lesão, olhe-se no espelho e procure por feridas nas gengivas, bochechas e palato.

Caso identifique alguma anormalidade, procure o dentista imediatamente. O autoexame deve ser feito todo mês.

  1. Cáries

Com o avanço da idade, a higienização bucal também se torna mais complicada. Além disso, as pessoas tendem a se descuidarem quando vão ficando mais velhas. Por isso, o surgimento de cáries em pessoas idosas também é muito comum.

As cáries provocam dores, amarelamento nos dentes e mau hálito.

doenças bucais mais comuns em pessoas idosas

  1. Xerostomia

Conhecida também como “boca seca”, a xerostomia é outro problema de saúde bucal comum em pessoas idosas. O problema consiste na redução de saliva, que pode ser causada por uso de alguns medicamentos ou por tratamentos como radioterapia, por exemplo.

Apesar de não ser bem uma doença, a xerostomia contribui com o aparecimento de outras patologias na boca. Isso porque a produção de saliva é importante para manter a boca livre de bactérias que causam mau hálito, cáries e doenças na gengiva.

cinco doenças bucais mais comuns em pessoas idosas

  1. Periodontite

A periodontite é uma doença muito comum em idosos. Ela é o agravamento da gengivite — que é caracterizada por inchaço e sangramento nas gengivas ao escovar os dentes. Quando a periodontite não é tratada, ela pode evoluir e causar a destruição do ossos e tecidos, provocando a perda dentária.

As doenças nas gengivas podem ser causadas por má higiene bucal, tabagismo, problemas sistêmicos como diabetes e câncer ou ainda pode ocasionada por problemas genéticos.

  1. Câncer de boca

O câncer bucal está entre as doenças bucais mais comuns em idosos. A doença pode atingir os lábios, gengiva, língua, ossos maxilares e outras estruturas dentro da cavidade oral. Suas causas estão relacionadas ao tabagismo, ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, à predisposição genética e à exposição ao sol, especialmente em casos de câncer nos lábios.

O câncer bucal tem cura, mas é essencial que o diagnóstico seja realizado precocemente.

cinco doenças bucais mais comuns em pessoas idosas

Como manter uma boa saúde bucal na terceira idade?

Cuidar de sua saúde bucal não só preserva a beleza de seu sorriso até a velhice, mas também, deixa sua boca livre de doenças. Então, mantenha uma boa higiene e escove os dentes no mínimo duas vezes ao dia e não se esqueça do fio dental. Abandonar hábitos nocivos como fumar e consumir bebidas alcoólicas em excesso.

E o mais importante de tudo: visite seu dentista regularmente. O acompanhamento profissional é essencial para a prevenção de doenças e diagnóstico precoce de doenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *