Como escolher um bom dentista para fazer implante dentário?

Se você está pensando em fazer implante dentário, deve estar naquela situação repleta de dúvidas sobre o assunto, não é verdade?

Mesmo com toda a ajuda que a internet pode oferecer, um ponto está entre os mais importantes: a escolha de um bom dentista para realizar o procedimento.

Para saber que considerações escolher e que tipo de pontos deve analisar antes de tomar essa decisão tão importante, você está no lugar certo. Levantamos nesta postagem alguns aspectos que devem ser ponderados nesse momento. Vamos lá?

escolher um bom dentista para fazer implante dentário

O verdadeiro diferencial: um dentista qualificado

Para passar por esse tipo de procedimento com mais tranquilidade, nada melhor que procurar um profissional preparado. O ideal é fechar negócio com um cirurgião-dentista que conheça todos os procedimentos necessários para um implante dentário porque, como você deve imaginar, essa não é uma tarefa fácil.

Dr. Laércio Vasconcelos Formado em odontologia pela Faculdade de Odontologia da Universidade de Bauru-SP. Especialista em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro-RJ. Doutor em implantodontia pela Universidade Estadual Paulista – Araçatuba-SP.

O dentista deve ser um profissional experiente e com todas as qualificações para fazer implantes dentários, como especializações e pós-graduações. Se você acha que isso é bobagem, pense que essas simples medidas o tornam mais apto e preparado. Por isso, não perca a oportunidade de conversar um pouco com ele antes do procedimento e ficar mais seguro sobre a técnica a ser adotada.

Aproveite e peça evidências das suas qualificações e sobre outros casos em que ele tenha atuado. Essa é uma boa hora para acompanhar as transformações e avaliar a forma como ele tem atendido os demais clientes.

Fique mais seguro sobre o procedimento na hora de realizar o implante dentário

Se você fecha esse tipo de procedimento com um profissional especializado, é natural que fique mais tranquilo e seguro. Afinal de contas, percebe logo que está em boas mãos e que o profissional sabe o que está fazendo.

Nesse momento, por mais apreensivo que possa estar, você acaba tranquilizado, pois sabe que terá um bom resultado. Convenhamos: quem fecha com profissionais que não têm uma boa entrega acaba ficando apreensivo e temeroso.

Pergunte e peça todas as explicações

Se ainda está inseguro com alguma coisa, não deixe de perguntar ao dentista que o atende e esclarecer tudo. Ficar com dúvida pode levá-lo a ainda maior insegurança, e você acaba não tomando a decisão mais acertada.

Seja o tipo de pessoa que toma a iniciativa e regula as rédeas da sua própria vida. Portanto, nesse papel de protagonista, tire todas as suas dúvidas sobre o procedimento, recuperação, eventuais problemas e o que mais quiser saber.

Essa é uma maneira eficiente de se sentir mais confiante e perceber se a clínica está mesmo preparada para isso. Se ainda não está convencido sobre esses pontos, talvez seja a hora de procurar outro lugar.

Analise se recebe as recomendações para não ter os mesmos problemas

Um bom dentista vai se preocupar sempre com a sua saúde bucal, mesmo que isso signifique que ele tenha menos trabalho. Durante esse tempo, perceba também que ele deve ensiná-lo a cuidar do dente, a evitar problemas futuros, a se preocupar com a manutenção de um bom sorriso e dos seus dentes.

Isso demonstra que ele não está apenas interessado em ganhar dinheiro e lucrar em cima dos pacientes, mas em educá-los para que sejam cada vez mais cuidadosos.

A qualidade da clínica: outro ponto a considerar

Ninguém quer se submeter a um tratamento como um implante dentário em qualquer lugar, não é mesmo? Caso seja possível escolher, é muito melhor que seja feito em uma clínica adequada e com todo o suporte necessário.

 

Portanto, antes de fechar qualquer negócio, fique de olho nas instalações dos consultórios que você visitar, além de pesquisar sobre as clínicas em que está mais interessado. Essa é uma forma de obter o melhor tratamento e, claro, garantir bons resultados.

Além disso, preocupe-se com questões como higienização, descarte de materiais, coleta seletiva e outros pontos que podem ser um diferencial entre as clínicas comuns para outros modelos mais excepcionais.

Considere o custo-benefício

A maioria de nós sempre quer o melhor tipo de tratamento, mas precisamos desmistificar a ideia de que ele sempre será consideravelmente mais caro que os modelos mais tradicionais. Esse é um pensamento ultrapassado e que você deve deixar para trás de uma vez por todas!

Hoje existem alternativas viáveis, com bons resultados e preços mais acessíveis. Para não pagar mais que o necessário, aproveite e pesquise bastante sobre todo o custo do procedimento, entendendo que ele envolve uma cirurgia e pode ter preços um pouco mais altos.

Procure um dentista qualificado (sempre), mas que caiba no seu orçamento. Assim você consegue ficar verdadeiramente satisfeito.

Analise todo o atendimento

Seja criterioso e entenda que todos os pontos devem ser considerados nesse momento. Uma clínica bem organizada inclui boas recepcionistas e organização em tudo no interior do consultório, assim como os pontos de higienização que mencionamos.

Fique bem atento quanto a máscaras e agulhas descartáveis, além do uso de luvas, gorros e outros objetos. Como você deve imaginar, muitas doenças podem ser transmitidas em um consultório odontológico, então é bom dar a atenção que esse ponto merece.

As indicações de amigos

Quer coisa melhor que conhecer alguém que já experimentou determinado produto ou serviço? Eles falam com mais propriedade a respeito justamente porque já vivenciaram na própria pele.

Se você conhece alguém que já perdeu um dente e fez um implante, pergunte-lhe como foi a experiência, o relacionamento com o dentista e o que ele indica ou não. Essa é uma maneira eficiente de saber melhor (e com embasamento) se um dentista é ou não uma boa opção.

Além disso, também é uma boa forma de não cair em propaganda enganosa e acabar frustrado. Você está conhecendo o resultado do trabalho.

Agora que você entende melhor que pontos considerar antes de fazer implante dentário — e como um bom dentista é fundamental nesse processo —, não deixe de ponderar tudo com bastante calma. Aposte em uma clínica qualificada e deslumbre-se com os resultados no seu sorriso.

LENTES DE CONTATO PARA O DENTE GARANTEM UM SORRISO BONITO E UNIFORME

Você já ouviu falar de lentes de contato para os dentes? Sim, você leu certo. As lentes de contato para os dentes existem e já viraram febre para quem busca um sorriso bonito, uniforme e saudável

A técnica consiste na aplicação de finas lâminas feitas de porcelana – com espessura de 0,2 mm a 0,4 mm -, sobre os dentes, cobrindo-os total ou parcialmente. As facetas podem ser usadas para corrigir pequenas imperfeições dentais, reparar fraturas e recuperar dentes desalinhados ou desgastados. Além disso, cumprem a função estética de alongar ou dar mais volume aos dentes.

As lentes de contato para os dentes tem indicações específicas e a indicação da técnica precisa ser analisada por um profissional habilitado. O dente que irá receber a lente precisa estar saudável, ou seja, cáries e problemas periodontais tem que ser tratados previamente, ou podem comprometer o tratamento.

Em algumas situações as lentes de contato para os dentes são contra-indicadas como por exemplo, pacientes com bruxismo, com dentes severamente mal posicionados e/ou projetados, e, também, dentes com alterações de cor intensa.

O processo de fabricação das lentes e sua aplicação são processos minuciosos. Antes da aplicação realizamos, se necessário, pequenas correções ou preparos nas superfície do dentes. Aqui na Vasconcelos Odontologia escolhemos a cor do material adesivo de fixação, preparamos todas as superfícies e, finalmente, colamos as lentes

Apesar de ser um processo que exige cuidado, as lentes de contato para os dentes estrelam a lista de tratamentos pouquíssimos invasivos e podem, muitas vezes, ser aplicadas em uma úncia sessão.

Bruxismo. A Reabilitação Oral trata este problema

Bruxismo é uma condição bastante frequente que, além de incomodar, pode causar graves prejuízos à saúde. Saiba tudo sobre ele:

O que é o bruxismo?

É o ranger ou o apertar dos dentes durante o sono (quando acontece de dia, recebe o nome de briquismo).

Tipos

Para início de conversa, existem dois tipos de bruxismo: um é crônico – ocorre sempre – e outro esporádico – acontece quando a pessoa passa por momentos de tensão e estresse.

Causas

Fato é, em nosso mundo com mil exigências, quem não passa por estresse, nem que seja por períodos de tempo, não é mesmo? Por isso, o bruxismo está cada vez mais frequente.

Nosso corpo produz hormônios que devem ser gastos. Por exemplo: levamos uma fechada de carro e a adrenalina fica a mil. Quando não a dispensamos, ela fica acumulada no organismo. Então, às vezes, à noite a pessoa range os dentes para gastar este hormônio e compensar seu organismo. Ela está tão tensa e inconsciente sobre seu estado que, muitas vezes, nem se dá conta disso.

Sinais e sintomas

Por vezes, o paciente range os dentes de tal forma que dormir ao seu lado se torna uma tarefa praticamente impossível.

E para quem sofre deste mal, dores de cabeça são bastante comuns e o sono nunca é reparador; ao contrário, acorda-se bastante cansado.

Prejuízos

Mudanças nos dentes

Os mais prejudicados com o bruxismo são os dentes posteriores. Sempre digo aos pacientes que o dente deve ter pontinhas para quebrar as fibras dos alimentos durante a mastigação. Ou seja, o alimento deve ser triturado e não amassado. Só assim a digestão ocorre de maneira equilibrada.

Quando a pessoa tem o bruxismo, no entanto, os dentes ficam retos. Neste caso, a pessoa está amassando o alimento e não o triturando como se deve.

Falta de nutrientes

Por vezes, a pessoa vai ao médico com fraqueza e se detecta a falta de vitaminas ou minerais já que, devido ao bruxismo e à mastigação incorreta, não consegue absorver direito os componentes dos alimentos. Percebe como um problema leva ao outro?

Envelhecimento

O que o corre também é que os ossos da cabeça vão se retraindo mais do que o natural e, com o passar dos anos, a pessoa aparenta ser muito mais velha do que realmente é. Por que acelerar os efeitos do envelhecimento se podemos procurar ajuda?

Tratamentos para o bruxismo

O ideal é procurar um profissional para investigar as causas do bruxismo e laçar mão do melhor tratamento.

Esporádico

Se a condição for esporádica, causada pelo estresse, a prática de atividades físicas ou mesmo Yoga e meditação são indicadas. Além disso, vale sempre procurar levar uma vida equilibrada, entre atividades de trabalho e lazer.

Crônico

Porém, se o bruxismo for crônico, é possível que a situação seja tal que o organismo tente reorganizar a mastigação, em uma atitude de autodefesa, causando a oclusão e piorando o problema.

A partir do diagnóstico correto, pode-se optar por um aparelho ortodôntico, mesmo que muitas vezes os dentes pareçam estar certinhos.

Placa vale a pena?

Por fim, gostaria de falar sobre aquela famosa placa para dormir. Todos comentam e muitos pacientes solicitam achando que é a solução para todos os males. Pois saiba que ela é apenas um paliativo para períodos curtos de tempo. Você vai ficar a vida inteira usando a placa? Não recomendo de forma alguma.

O que o dentista tem de tratar é a causa do problema. A placa é para ser usada emergencialmente e temporariamente. Não dá para ser uma muleta para o resto da vida.

Apneia do sono – aquela assustadora interrupção da respiração quando a pessoa está dormindo – é outro mal,bastante grave que pode ocorrer devido ao Bruximo. Uma coisa leva à outra. Para dizer a verdade, por vezes, não sabemos se o bruxismo vem antes ou a apneia.

De todo modo, sempre é tempo para mudar seus hábitos e ser mais saudável. Cuide da alimentação, mantenha o peso adequado, faça uma atividade física, cultive bons pensamentos e espiritualidade, bem como procure um profissional de confiança.

Implante dentário: tire suas dúvidas

É comum receber aqui na clínica diversas dúvidas das pessoas que estão pensando em colocar implantes dentários. Por ser um procedimento bastante procurado criamos este  para tentar responder dúvidas de mais pessoas ainda.

1) Dói colocar implante?

Não há dor no procedimento de implante dentário, mas alguns fatores precisam ser levados em consideração:

  • Tomar os remédios prescritos corretamente;
  • Seguir os cuidados pré e pós operatórios;
  • Escolher um profissional especialista, experiente e, de preferência, com as tão valorizadas “mãos leves”. Este é um fator muito importante.

2) Quanto tempo demora para colocar um implante?

O tempo cirúrgico para colocação de um implante, quando realizado por um profissional experiente e utilizando-se de sistemas mais sofisticados, é extremamente rápido.

Já o processo final de cicatrização leva em média de 3 a 4 meses, período em que ocorre a chamada “osseointegração” e, então, os implantes ficam prontos para receberem as coroas ou a parte dentária destinada a mastigação e sorriso.

É importante lembrar que durante todo o tratamento o paciente utiliza uma prótese provisória, portanto, não fica sem dentes.

 

3) É possível colocar prótese fixa na parte inferior?

Sim. A prótese fixa ou a prótese protocolo podem ser realizadas tanto na parte de cima quanto na parte de baixo.

Existem variações de técnicas que permitem a colocação dos dentes em apenas 3 dias.

4) Quem usa dentadura ou prótese móvel há muitos anos pode colocar implante?

Sim. Não importa há quanto tempo você utiliza dentadura ou prótese removível (as famosas pontes).

Muitas vezes pacientes com 80 anos de idade, que já usam dentaduras há mais de 60 anos, conseguem fazer seus implantes.

Em alguns casos, quando já houver atrofia óssea, impossibilitando a colocação dos implantes, é necessário fazer algum tipo de enxerto para a preparação inicial.

 

 

5) Como saber se minha boca pode receber implantes dentários?

À princípio não existe contra indicação absoluta para implantes. Porém, é necessário fazer uma avaliação com um especialista para determinar o plano de tratamento.

Não existe contra indicação absoluta para implantes dentários.

Durante uma consulta, o especialista avalia as condições de saúde e também as condições bucais do paciente determinando se há a necessidade de enxertos ósseos, por exemplo, ou se possui alguma doença que precisa ser tratada ou controlada.

Pessoas diabéticas muitas vezes acham que não podem se submeter a um tratamento com implantes, no entanto, basta estarem com o devido controle e sob acompanhamento médico. Dessa forma não haverá problemas.

 

6) Qual o preço dos implantes dentários?

A respostas para essa pergunta envolve dois aspectos principais: a variação dos tipos de implante e a uma lei do Conselho Federal de Odontologia.

O preço de implantes varia de acordo com marcas, tipos de materiais dos dentes, laboratórios, sistemas protéticos, profissionais e etc. São infinitas variações e, para cada pessoa, existirão diversas opções. Alguns sites na internet divulgam preços de implantes mostrando variação de valores de R$ 900 até R$ 4000 em média.

A lei do Conselho Federal de Odontologia, não permite a divulgação de valores de tratamentos, incluindo o de implantes.

Por esses dois fatores, é necessário agendar uma consulta para que o seu caso possa ser avaliado de maneira individual e para que você receba uma proposta de acordo com a sua necessidade.

Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas para repaginar o seu visual

Sabe aquele sorriso com os dentes espaçados, irregulares e que te incomodam? Pois é, você acha que vai ter que conviver com eles assim por toda a sua vida. Engano seu. Graças aos tratamentos estéticos queridinhos do momento isso vai mudar, eles corrigem de uma forma bem simples as (manchinhas e as imperfeições dos dentes). Já ouvi falar nas Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas? A técnica já é a mais procurada pelos famosos para repaginar o visual. Quer saber quais os benefícios dessas técnicas? Abaixo listamos o porque de a técnica ser tão querida.

Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas para repaginar o seu visual

 LENTES DE CONTATO DENTAL

  •  Melhora a Estética do Sorriso
 Um sorriso bonito conta muito na hora da conquista ou no momento de passar naquela entrevista de emprego que tanto você quer. Elas melhoram o visual dos dentes, além de deixar o sorriso branco outra vez.
  •  Preserva a Estrutura Natural do Dente
 O desgaste é mínimo que o profissional realiza nos dentes, graças à fina estrutura do material. Dependendo do caso, nenhum reparo precisa ser feito, preservando, assim, toda a estrutura natural do dente
Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas para repaginar o seu visual Restabelece a Função e Resistência dos Dentes
 Assim como os dentes naturais, a Lente de Contato é uma solução simples que recupera a funcionalidade dos dentes em pouco tempo, porém quem adota essa técnica precisa prestar atenção na hora de praticar alguns hábitos, principalmente durante as refeições. A Lente é resistente, mas se não tiver os cuidados necessários, como não morder alimentos duros, pois esses alimentos podem fraturar a lente.
  •  As Lentes de Contato são mais Resistentes às manchas
 As lentes não mancham com a ingestão de alimentos como vinho, açaí e café, pois não são muito porosas. Mas lembramos que abaixo delas estão os seus dentes naturais e para mantê-los sempre em bom estado, é essencial evitar alguns alimentos ácidos e permanecer com a higiene oral na sua rotina.
Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas para repaginar o seu visual

FACETAS ESTÉTICAS

  •  Maior durabilidade e resistência às manchas, forças mecânicas e mastigação
 As Facetas Estéticas não se desgastam facilmente e são mais fáceis de serem higienizadas, além de serem mais resistentes. Porém, isso vai depender dos cuidados que a pessoa vai ter, por exemplo: fumar, ingerir bebidas e alimentos com alto grau de pigmentação ou acidez com frequência são hábitos que irão diminuir a vida útil das facetas.
  •  Maior estabilidade de cor, brilho
 Justamente por não sofrerem com tanto desgaste e por resistirem às manchas, as Facetas conseguem manter a sua cor e sua aparência natural por mais tempo, pois são uma versão similar ao dente natural. O brilho superficial de uma Facetas também não é perdido facilmente.
Lentes de Contato Dental e Facetas Estéticas para repaginar o seu visual
  •  É o tratamento mais procurado pelas celebridades
As Facetas Estéticas ficaram bastante famosas e se tornaram o método mais preciso e o mais usado pelas celebridades no Brasil e de Hollywood.
  •  Resultado Garantido
 Com o planejamento prévio do sorriso, os resultados são garantidos, com a transformação da aparência da forma como se desejou, incluindo a cor, brilho e outros detalhes que são importantes para cada paciente.
  •  Sem dor
 Se você tem medo de sentir dor e foge dos dentistas, as Facetas é o tratamento ideal, pois é indolor.

Como desenvolver sua inteligência emocional

Em algum momento da vida, você já deve ter recebido um e-mail grosseiro, seja de um funcionário indignado ou até de um cliente. Pode ser que você tenha sentido raiva ou frustração, mas é importante gerenciar suas emoções para que seja possível responder de maneira calma, sensata e coletiva. Uma reação intempestiva pode impedi-lo de tomar decisões racionais.

1. Considere a ideia de que você não sabe de tudo

Digamos que você está tendo uma conversa complicada com alguém da sua equipe e a reação dele parece exaltada, deixando-o desconfortável ou causando uma tensão desnecessária. Quando se sentir assim, pare e lembre-se de que você não sabe o que aquela pessoa está passando. Acredito que a marca de um grande líder seja saber lidar com todos os tipos de pessoas, além de promover o bom comportamento em situações complicadas e transformar momentos negativos em grandes vitórias.

Comece fazendo as seguintes perguntas:

• Seu colega de trabalho acredita que falhou?

• Ele sente vergonha de seu próprio comportamento ou desempenho?

• Será que ele está assim por conta de algo que eu ainda não sei, como problemas familiares?

Tente oferecer o benefício da dúvida em vez de massacrar seus sentimentos em um momento em que ele se sente frustrado. Essas perguntas podem oferecer uma perspectiva, além de diminuir a sua raiva. Se você se sentir inseguro, é essencial dar um passo atrás. É dessa forma que grandes relacionamentos são construídos no trabalho.

2. Faça com que a frustração se transforme em uma oportunidade de ensino

Ao meu ver, alguns líderes podem ficam chateados quando um membro da equipe desencadeia um grande problema interno. Por exemplo: é possível ficar inquieto quando um cliente está atrasado ou quando um funcionário perde um prazo. Você pode ficar decepcionado, mas planeje uma conversa calma com essa pessoa sobre possíveis soluções. Ficar com raiva não vai mudar nada.

Então, se você se sentir ofendido, escolha agir com tranquilidade em vez de ficar com raiva. Fale com a pessoa sem ser rude, dando-lhe a chance de aprender com o erro.

Você pode, ainda, fazer perguntas que permitam um feedback:

• O que você acredita fazer bem?

• O que você pensa sobre o seu progresso na empresa?

• Em que você acha que pode mudar ou melhorar?

Ao conversar, diferente de destacar um problema, seu funcionário não se sentirá atacado. Ele poderá aprender com o erro e evitar que aconteça novamente.

3. Aceite e aprenda com feedbacks

Se um integrante da sua equipe se aproximar de você para ajudar – acreditando que você está agindo errado -, não leve a situação como um insulto ou crítica. Em vez disso, volte para a primeira dica e coloque-se no lugar dele.

Para algumas pessoas, receber e responder às críticas pode ser difícil. Mas acredito que quanto mais você trabalha nisso, mais fácil se torna gerenciar situações difíceis.

Uma das maneiras mais fáceis de treinar líderes para ajudá-los a lidar com as críticas é fazendo com que eles percebam que não é pessoal. As críticas ajudam a melhorar o desempenho e a alcançar progresso. Você também pode deixar isso explícito quando estiver dando um feedback.

Aprender a agir rapidamente em situações difíceis, e com empatia, é algo crucial para os negócios. A inteligência emocional oferece uma resposta que também é vista como intuitiva. Como líder, é essencial evitar situações frustrantes. Com prática e paciência, você pode ter conversas abertas, honestas e calmas com todos os membros da sua equipe.

3. Aceite e aprenda com feedbacks

Se um integrante da sua equipe se aproximar de você para ajudar – acreditando que você está agindo errado -, não leve a situação como um insulto ou crítica. Em vez disso, volte para a primeira dica e coloque-se no lugar dele.

Para algumas pessoas, receber e responder às críticas pode ser difícil. Mas acredito que quanto mais você trabalha nisso, mais fácil se torna gerenciar situações difíceis.

Uma das maneiras mais fáceis de treinar líderes para ajudá-los a lidar com as críticas é fazendo com que eles percebam que não é pessoal. As críticas ajudam a melhorar o desempenho e a alcançar progresso. Você também pode deixar isso explícito quando estiver dando um feedback.

Aprender a agir rapidamente em situações difíceis, e com empatia, é algo crucial para os negócios. A inteligência emocional oferece uma resposta que também é vista como intuitiva. Como líder, é essencial evitar situações frustrantes. Com prática e paciência, você pode ter conversas abertas, honestas e calmas com todos os membros da sua equipe.

Manutenção preventiva preserva a saúde bucal

Como todos nós sabemos a profilaxia e manutenção preventiva (limpeza dos dentes), devem ser feitas corretamente, pois a limpeza que fazemos em nossas casas, não são suficientes para que os dentes estejam realmente limpos, por isso, para se evitar problemas, a ida ao dentista deve ser feita regularmente.

Conheça os benefícios de fazer a profilaxia e manutenção preventiva com o dentista.

BAIXE O E-BOOK AGORA

Como a manutenção preventiva preserva a saúde bucal:

O dentista limpa dente por dente, retirando o acúmulo de placa para nenhuma bactéria se instalar, evitando assim doenças e infecções. Deve-se fazer a limpeza regularmente, para manter a saúde bucal e conservar a integridade dos dentes.

Evitar os Tratamentos de Canal:

Com a limpeza, fica mais difícil o aparecimento de novas cáries, ou seja, com a limpeza bucal em dia e uma higiene correta todos os dias, você corre um menor risco de precisar fazer um tratamento de canal.

Diminui as Doenças Dentárias:

Muitas doenças como cárie, gengivite e outras, podem ser evitadas, por isso, é importante fazer a limpeza dos dentes com uma frequência de 6 em 6 meses.

Evita Perda do Dentes:

Fazendo a limpeza dos dentes semestralmente pode reduzir as chances de perda dos dentes. Pois a perda dos dentes está associada a cáries, falta de higiene, entre outros fatores. Por isso, visite o seu dentista a cada seis meses pelo menos. Cuide do seu sorriso, com ele você ganha oportunidades e conquista novos momentos a cada dia.

Os benefícios do uso de aparelhos ortodônticos vão além da saúde bucal.

A ortodontia é a especialidade da odontologia responsável pelo cuidado do crescimento, desenvolvimento e alinhamento correto os dentes com suas bases ósseas (maxila e mandíbula).

Os benefícios do uso de aparelhos ortodônticos vão além da saúde bucal.

Os benefícios do uso de aparelhos ortodônticos vão além da saúde bucal.

Conheça alguns dos benefícios do uso de aparelhos ortodônticos:

Um sorriso harmônico:o uso do aparelho proporciona ao paciente um sorriso alinhado, harmônico e com ótima apresentação, fazendo com que o paciente tenha uma autoestima elevada.

Boa Higienização:Dentes alinhados proporcionam uma correta higienização, prevenindo de cáries e doenças gengivais.

benefícios do uso de aparelhos ortodônticos

Benefícios psicológicos:dentes alinhados devolvem ao paciente a autoestima e a vontade de sorrir, auxiliando na vida social e profissional.

Prevenção de dores de cabeça:As dores de cabeça em muitos casos são devido à tensão muscular ou funcionamento inadequado do sistema mastigatório (encaixe incorreto dos dentes) que pode ser corrigido com uso de aparelhos ortodônticos.

Os benefícios do uso de aparelhos ortodônticos vão além da saúde bucal.

Prevenção de problemas gástricos: Com o alinhamento dos dentes (encaixe correto),os alimentos são mastigados com maior eficiência, melhorando a digestão e reduzindo a possibilidade de aparecimento de problemas gástricos.

Os benefícios do uso de aparelhos ortodônticos vão além da saúde bucal.

Melhora na dicção e respiração:a alteração nos dentes e bases ósseas (maxila e mandíbula) pode causar uma alteração na dicção e respiração que podem ser corrigidos precocemente com o uso dos aparelhos e quando associados a tratamento multidisciplinar atingem resultados ainda melhores.

Estética:dentes alinhados além de proporcionar um belo sorriso, favorecem a correta sustentação dos músculos faciais, proporcionando uma harmonia facial.

Como vivem os moradores dos lugares com o maior número de centenários

Enquanto a ciência e a tecnologia quebram a cabeça na incessante luta para controlar o tempo e retardar o inevitável, cinco pequenas aldeias, sem sinal de wi-fi e longe de estarem em seus últimos dias, provam que velhos e bons costumes ainda são o melhor remédio para uma vida senão mais feliz, muito mais duradoura. Batizadas “blue zones” pelo astrofísico belga Michel Poulain e pelo médico italiano Gianni Pes, elas não são exatamente um “achado”, mas a redescoberta de hábitos que perdemos no meio do caminho entre a universidade e o sonho de conquistar o mundo. Não tem mistério, nem segredo, difícil mesmo é levar, na prática, a mesma vida dos vovôs e vovós azuis.

Durante 10 anos, em parceria com o jornalista americano Dan Buettner, a dupla de estudiosos acompanhou o dia a dia de moradores da província de Nuoro, na Sardenha; das ilhas de Icária, na Grécia, e Okinawa, no Japão; da península de Nicoya, na Costa Rica; e da vila de Lomo Linda, no sul da Califórnia. Em comum, elas apresentam uma taxa altíssima de centenários – 45% superior à média das nações mais longevas do mundo. E não é que eles vivem apenas mais, vivem muito melhor. A descoberta é a de que sua rotina é mais ou menos a que os nossos antepassados – quase os recolectores retratados no best-seller Sapiens: uma breve história da humanidade, de Yuval Noah Harari – tinham, e seguiam, sistematicamente.

Eles caminham, aram a terra e cuidam dos jardins, arrumam a casa, enfim, executam atividades que exigem um mínimo de movimento lento e constante. E todas as manhãs têm um ‘projeto’, como uma lista de afazeres. O que os okinawanos chamam de ‘ikigai’ e os nicoyanos de ‘plan de vida’.

Apenas por terem um motivo para acordar de manhã, já se tornam mais saudáveis, felizes e, de acordo com Gianni, especializado em geriatria, com sete anos de expectativa de vida extra. Outra: todos possuem ‘rituais’ antiestresse: na Sardenha, o happy hour é sagrado; a turma de Okinawa tira cochilos ao longo do dia e os adventistas de Loma Linda rezam – mais pelos outros do que por eles, sem distinção de cor, credo, raça ou religião. Claro que a alimentação é essencial para a saúde, mas não existe dieta calculada, restrição ou super food da moda: eles apenas comem pouco à noite e o suficiente durante o dia para se sentirem leves – já ouviram falar da regra 80? Parar de comer quando o estômago está a 80% de sua capacidade? É por aí… E no prato, muitos grãos e quase nada de carne – seja vermelha ou branca. E bebem vinho, lógico (mas nunca a sós).

Aliás, amizades são outro fator-chave para a longevidade deles, que mantém laços estreitos com vizinhos e familiares, levando a sério o senso de comunidade. E mais: não levam desaforo para casa, resolvem tudo no mesmo dia. Há até encontros para ‘brigas’ – em Okinawa, os mesmos velhinhos discutem a mesma questão há 40 anos e nunca chegam a um denominador comum. O Brasil tem potencial enorme para entrar no círculo de felicidade das blue zones, há cidades para isso e, mais ainda, há gente para isso – pessoas positivas e otimistas. Imaginem só se Alto Paraíso ou a região da Bocaina, até mesmo o Rio de Janeiro e aquelas estâncias hidrominerais em Minas Gerais não têm tudo para entrar na seleta lista?

Buettner tem exportado o estilo de vida para outras comunidades no mundo com o objetivo de criar novos cinturões azuis. O primeiro foi em Albert Lea, no Minnesota, e os resultados foram encorajadores. Desde 2009, a expectativa de vida na pequena cidade aumentou em três anos. A teoria é a mais simples possível e muito mais eficaz do que qualquer curso de mindfulness ou retiro de yoga já praticado na Terra, a questão é muito mais se queremos, de fato, abrir mão de antigos vícios de comportamento que nos dão bem-estar imediato e a ilusão de que estamos no caminho certo por apenas seguir os mesmos rastros de nossos amigos bem-sucedidos. A contar pela originalidade, simplicidade e falta absoluta de ambição capital dos moradores azuis, acredita-se que a fonte da juventude ainda seja a troca, a divisão, a soma e o diálogo. É desta água que sempre beberemos.

Paraíso na Riviera Turca, Kaplankaya é onde o empresário Burak Öymen e a mulher, a ex-modelo tcheca Tereza Maxová, recebem amigos e hóspedes da geração “JOMO” (Joy Of Missing Out) a cada verão. Além de ser uma super eco-villa e hotel, desde o ano passado o lugar é palco do ‘Harvest’, primeira conferência sobre bem-estar no Oriente Médio. Na primeira edição, em outubro passado, gurus e nomes-chave do wellness deram alguns caminhos para a nova era: técnicas de respiração, conversas sobre ancestralidade, meditações para a vida prática, alimentação – temas mais do que nunca necessários na pauta mundial. Em maio acontece a segunda edição do evento, mais uma rodada com três dias de imersão profunda no coração do Egeu turco. A propósito, o lugar é forte concorrente ao selo azul. Seus habitantes em suas rotinas anacrônicas fazem visitantes pensarem que todos ali nasceram há dez mil anos atrás. Nada mais sensível e apropriado que voltar à cena onde antigas civilizações sabiam que beleza e paz de espírito valem mais que os bitcoins somados pelo seu amigo londrino.

Quais são os piores inimigos do dente ?

Manter os dentes saudáveis não é uma tarefa tão simples, requer cuidados que envolvem as escovações diárias de maneira adequada e eficiente e a utilização do fio dental como complemento regularmente. Porém, alguns hábitos alimentares podem prejudicar a higienização e se tornar verdadeiras ameaças a saúde bucal.

Os piores inimigos do dente e de um sorriso saudável são o açúcar e o tabaco.

Açúcar

O açúcar alimenta as muitas bactérias que vivem na nossa boca, e que produzem ácidos. Estes ácidos podem danificar os tecidos dos dentes e causar as cáries.

Essas bactérias podem causar a gengivite ou a periodontite, além de ocasionar muitas vezes processos inflamatórios que podem desencadear distúrbios cardiovasculares.

Os refrigerantes, bebidas açucaradas, doces ou balas de leite são grandes vilões para a saúde bucal e que podem contribuir para a desmineralização do esmalte do dente, além de se fixar à sua superfície dificultando a higienização.

Como proteger os dentes?

Para evitar os efeitos negativos nos seus dentes, diminua o consumo de açúcar. Escove os dentes após cada uma das refeições e evite os lanches com alimentos e bebidas que contenham açúcar durante os intervalos entre uma refeição e outra.

Tabaco (cigarros)

O fumo provoca a falta de saliva, contribui para o mau hálito, danifica as gengivas e os tecidos de suporte dos dentes, provoca manchas e dentes amarelados, entre inúmeros problemas bucais, pode ocasionar até a perda dos dentes em longo prazo ou aumentar os riscos de câncer oral.

O tabagismo ainda atrapalha e muito a cicatrização de feridas na boca e pode aumentar o risco de complicações após procedimentos mais delicados como implantes ou cirurgias na boca.

Como se proteger?

Não fume! Cuide da sua saúde bucal escovando os dentes após cada refeição e visite o seu dentista regularmente.

Alguns alimentos que também podem ser muito prejudiciais a saúde bucal:

Alimentos ácidos

Os alimentos ácidos são os responsáveis pelas erosões ácidas que resultam no desgaste dos dentes e de toda a área em volta da gengiva. Exemplo de frutos ácidos: limão, kiwi, laranja, ananás, entre outros. Você não precisa abolir esses alimentos da sua dieta, apenas consumi-los moderadamente e assim que terminar de ingeri-los procure escovar bem os dentes.

Alimentos ricos em amido

Alimentos como os pães, bolachas, biscoitos, batatas e massas se transformam rapidamente em açúcar, que é o alimento preferido das bactérias que provocam as cáries, além disso, eles costumam grudar nos dentes dificultando a higiene bucal.

Frutos secos

A consistência pegajosa, aliada ao açúcar que os frutos secos como, as nozes, amêndoas, amendoins ou avelãs possuem, tornam os resíduos desses