O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia

O lago de Como proporciona uma das vistas mais bonitas da Lombardia. O cenário é absolutamente deslumbrante: um lago cristalino com muitos tons de azul, rodeado por montanhas e florestas, que abriga dezenas de cidadezinhas, vilas históricas, igrejas centenárias, castelos medievais e casas coloridas. Sem falar na beleza das flores e na infinidade de cores, é indescritível.

Um pouquinho de informação: O lago de Como é o terceiro maior lago da Itália, depois do lago de Garda e do lago Maggiore. Trata-se de um lago glacial, ou seja, é formado pelas depressões das geleiras derretidas. É um dos lagos mais profundos da Europa, perto de Argegno atinge os 414 metros de profundidade.

Como ir de Milão a Como

Você pode ir de Milão a Como de carro ou de trem. De carro, basta pegar a estrada A9 Milano-Como-Chiasso que, depois de meia hora, 50 quilômetros e 4 euros muito bem gastos com pedágio, você estará em Como, aí é só colocar o carro no estacionamento ou nas áreas onde é permitido estacionar (há uma linha azul pintada no chão, se a linha for amarela não estacione, essas vagas são destinadas aos moradores de Como) e comprar o bilhete da zona azul na máquina (€ 2 a hora).

O trem para Como sai da estação Cadorna e da estação central, a passagem custa aproximadamente € 10 (ida e volta), o trajeto dura em torno de 1 hora e você desembarcará em frente ao lago (estação Como Nord Lago).

A companhia de trem que opera no lago de Como é a Trenord, a passagem pode ser comprada por internet, nas máquinas que estão dentro das estações de trem ou nos guichês. O preço é sempre o mesmo, comprando com antecedência ou diretamente no caixa.
Passeio de barco pelo lago de Como

São duas as opções de transporte pelo lago: os barcos particulares e os barcos públicos.
Os barcos particulares custam € 300 a hora e levam, em média, 12 passageiros. O preço é o mesmo, independente do barco que você escolher e da quantidade de pessoas que estiverem a bordo. Ou seja, se você estiver com um grupo de 4 pessoas, pagará € 300, se estiver com mais 1 pessoa, também pagará € 300.

Os barcos públicos percorrem as 40 cidadezinhas ao redor do lago e o preço das passagens varia entre € 1,30 e € 14,80, dependendo do trajeto escolhido e da época do ano. Os destinos sugeridos são a ilha Comacina, Bellagio, Laglio, Tremezzo e Varenna.

O passeio de barco de Como a Varenna tem a duração de, aproximadamente, 2 horas com o barco lento e de 1 hora com o barco rápido. De Varenna a Bellagio leva menos de 20 minutos. De Bellagio a Como são em torno de 2 horas com o barco lento (€ 10,40) e de 1 hora com o barco rápido (€ 14,80).

Fique atento à rota e aos horários dos barcos, embora saiam do mesmo local, os destinos e a duração dos passeios variam.

O bilhete do barco rápido é mais caro que o do barco lento.

O preço dos bilhetes e o horário dos barcos mudam de acordo com a época do ano.

Dica: se você quiser visitar mais de uma cidade, compre o bilhete de circulação livre (biglietto di libera circolazione), que custa € 25,8, é válido por todo o dia e o número de viagens é ilimitado.

Que cidades visitar no lago de Como

Bellagio – conhecida como a pérola do lago, é uma das cidadezinhas mais bonitas e mais românticas do lago de Como. As principais atrações são a Villa Serbelloni e o lindo jardim da Villa Melzi.
Como – com pouco mais de 90.000 habitantes, é a maior cidade do lago. Os principais pontos turísticos são as igrejas, a vila Olmo e o templo em homenagem ao cientista Alessandro Volta.

Qual é a melhor época para visitar o lago de Como: final de março ao final outubro, ou seja, primavera, verão e começo do outono. Alguns pontos turísticos como a ilha de Comacina, a vila Carlotta, a vila Melzi, a vila Monastero e o castelo de Vezio fecham nos primeiros dias de novembro e só reabrem no final de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *